27.2.07

Fui!

Tio Lukas parte hoje à noite para esse local aí.
Vou ficar sete dias fazendo um curso de MBA e um de Lato Sensu. Nesse período, pretendo também estudar um pouco mais para no ano que vem prestar vestibular.
O Casa volta na próxima quarta-feira. A gente se falamos

Tudo de novo

O governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), ainda não nomeou todo o secretariado do segundo mandato, mas a recondução de ao menos oito parentes em postos no Estado é considerada fato consumado. Os irmãos Maurício Requião e Eduardo Requião devem continuar na Secretaria da Educação e na Superintendência dos portos de Paranaguá e Antonina, respectivamente. A mulher, Maristela de Mello e Silva, é assessora especial por presidir o Museu Oscar Niemeyer.
Requião tem a irmã, um primo, uma cunhada e dois sobrinhos empregados no Estado. O deputado estadual Tadeu Veneri (PT) disse que reapresentará projeto de reforma constitucional para proibir o nepotismo. Requião diz que pauta as nomeações ""em critérios de competência e confiança".

Xarada Espetacular

Quem faz parte tem direito a veto.





26.2.07

Esse é o Buck

Trecho de Fabulário Geral do Delírio Cotidiano, do grande Charles Bukowski:

estou sentado perto da janela quando chega o caminhão do lixo. esvaziam as latas. escuto o barulho que faz a minha. lá vai ela: CRAXE TINQUEL CRAXE BLANQUE BLEXE!
um dos lixeiros vira pro outro:
-cara, quem mora aqui deve beber pra caralho!
ergo a garrafa e fico aguardando as novas conquistas dos vôos espaciais.

Cãimbras

Na falta do que escrever nesta segunda, mas tentando ajudar o noqueiro, tio Lukas dá uma forcinha praqueles que têm crises de cãimbras durante a noite. Eu me ferro direto, me espreguiço e a batata da perna e os pés travam legal. Você estica o pé, retesa, estica novamente, levanta da cama e pisa firme e a dor não pára. Não sabe o que fazer. Às vezes até geme de dor. Vai aí uma receita infalível pra quem sofre de crises noturnas de câimbras:
Pega meio copinho de Coca ou Pepsi-Cola, coloca uma pitadinha de sal, chacoalha, pra incorporar, e manda pra dentro. Não dá 20 segundos e as dores somem. É uma coisa incrível, e pra gente velha, como eu.

Carl Barks

Novidade para quem curte o trabalho do mestre dos quadrinhos Disney, Carl Barks. A Editora Abril acaba de lançar o número 25 da coleção "O Melhor da Disney - As Obras Completas de Carl Barks". Vendido por R$16,95, essa nova safra oferece material publicado entre 1948 e 1949 na revista Walt Disney´s Comics and Stories" - sendo que as histórias foram publicadas no Brasil originalmente no começo dos anos 50.
O volume 25 traz como destaque o pato Donald que, junto dos sobrinhos, precisa enfrentar as mais divertidas aventuras. Outro ponto positivo da série são os artigos publicados na revista que trazem informações históricas e curiosas sobre as histórias de Barks. A Abril deverá lançar uma revista por mês a partir deste número.
Pena que em Maringá, e em toda a região Sul, os álbuns estão sendo vendidos em poucas bancas e somente após três meses do lançamento na região sudeste. O negócio é esperar e depois comprar no fiadão, lá na banca do Tazima. Ele que se vire pra receber.

Dexy's

Uma turma despojada e sem muitas pretensões no show business, o Dexy's Midnight Runners gravou apenas três álbuns e deixou isso pra gente: Come on Ellie. Clica aí. Ao vivo e em um clip produzido. Maravilha.
http://www.youtube.com/watch?v=8ThWaMnlSZM
http://www.youtube.com/watch?v=7z9bPrUark4&mode=related&search=

Verão Vivo

O noqueiro não sabe da maior. Maringá vai ter mar! É verdade. Ouvi em uma rádio agora há pouco que domingo vai ter vôlei de praia na praça da Car Wash. Pro mar chegar é coisa de poucos dias. Vamos aguardar com nossas pranchas de surfe, nosso velho calção de banho e um dia pra vadiar.
(Prof.Firmino)

Cão suspeito


25.2.07

Veraozão coisa linda

Nesse momento tá caindo o maior toró aqui no bairro, com direito a um vento danado. Já enjoei de chuva e estou repensando seriamente nossa ida à Floripa na terça-feira. Já pensou viajar 750 km de ônibus, gastar dinheiro e ficar seis dias entocado por causa de chuva? Porque lá a coisa também tá feia.

Anos 80

Em 1981 eu era quebrado em três partes e uma delas tinha sumido havia muito. Não tinha rumo a tomar e achava que o fim estava próximo sem ao menos nada ter começado. Eram tempos duros. O Rigon era um quebrado e todo o mundo da minha idade que eu conhecia também estava quebrado e roendo beirada de penico. O Zé morava sozinho lá no baixadão da Vila Esperança, numa casinha de madeira (nada contra casa de madeira). Quase todos os dias eu descia, lá por volta das 9 da manhã, e ficava o dia inteiro ouvindo músicas da enorme discoteca que ele possuia. Não me lembro o que ele fazia nessa época, mas era um quebrado e estava galgando a profissão de jornalista. Eu ficava sozinho, ouvindo música.Tempo bom, apesar de tudo estar rolando ladeira abaixo. Eu devo ter gravado umas seis fitas com músicas de minha preferência lá no barraco dele. Uma foi essa, do Dexy's Midinight Runners.
Curta o clipe aí:
http://www.youtube.com/watch?v=5I2NUrUDsxY&search=dexys%20midnight%20runners#

24.2.07

Disney

Do site Animation-Animagic:
Um dos principais assuntos em blogs mais ligados à história da animação é o vídeo de um comercial produzido pela Disney em 1955 para promover o automóvel Nash. A peculiaridade do comercial é o estilo visual do Mickey Mouse. Com novo design criado por Tom Oreb, Mickey ganhou os famosos traços modernos muito comum na publicidade da década de 1950. Segundo o blog Cartoon Brew, Victor Haboush fez o design dos cenários e comentou uma história curiosa sobre o que aconteceu após o comercial ser exibido. Segundo Haboush, um garoto costumava escrever a Walt Disney para que ele se distanciasse da arte moderna porque ela seria Comunista.
Quando o comercial foi exibido, Walt recebeu outra carta do garoto, dizendo que ele estava desapontado argumentando o que teria acontecido com ele para permitir um comercial desse jeito. Walt ficou maluco e desde então proibiu o uso de qualquer personagem Disney em comerciais. A equipe no estúdio ficou desapontada porque isso significava o fim da unidade de produção, ainda mais numa época em que as empresas buscavam artistas de Hollywood para estrelar os comerciais, e também os personagens animados. É raro poder conferir esses comerciais da época, mas aqui está a chance de conhecer o Mickey "moderno" dos anos 50.
Veja também Camminata Disney" e a versão animada de "A Pequena Vendedora de Fósforos",

Gang 90

Banda de New Wave do ínício dos 80, a Gang 90 imitava o estilo do B-52's e foi uma das precursoras do rock brasileiro dessa época, ao lado da Blitz. Mas daí o filho da mãe do Júlio Barroso me vai e cai da janela do apartamento. A Gang gravou mais dois discos (Rosas e Tigres) em 85 e Pedra 90, em 87 .Depois disso os componentes desandaram.
A Gang 90 era uma Gang, literalmente. Olha só a formação: Júlio Barroso, Alice Pink Punk, Mae East, Lonita Renaux, Luíza Maria, Wanderley Taffo, Guilherme Arantes, Lee Marcucci, Gigante Brasil, Herman Torres, Otávio Fialho, Luiz Paulo Simas, Taciana Barros, Beto Firmino, Gilvan Gomes, Paulo Le Petit, Curt. (Ufa!)
O clip é rídiculo, mas vale pra matar saudades. Clipa aí:
http://www.youtube.com/watch?v=HaunNDIkDYw

Mídia

De leitor da Folha de Sampa deste sabadão:
A Folha de 20/2 noticia o assassinato do capixaba Acioli Paris Jr, 29 anos, encontrado morto num hotel de Londres, vítima de uma pancada na cabeça e de duas perfurações no abdômen. Acrescenta que a polícia londrina já prendeu um suspeito de 55 anos, mas não revelou seu nome e identidade. Lá é assim.
Não se dá (como cá) oportunidade à imprensa de fazer a apologia do crime nem de transformá-lo num seriado. A legislação inglesa veda a divulgação de nome e foto do criminoso. Por isso a negativa da revelação reclamada. O ladrão do trem pagador, Ronald Biggs, só ganhou notoriedade e fama homiziando-se no Brasil. Lá ele foi desprezado. O fato merece reflexão. Quem estará certo? Eles, menosprezando o delinqüente, ou nós que o colocamos na capa da revista, no horário nobre do 'Fantástico' e permitimos que se encha de vaidade, acrescentando detalhes, enriquecendo e valorizando a sua ação perniciosa?
No caso do capixaba, não se noticiará, em Londres, mais do que noticiado. Aqui, cada jornal descobrirá que a pancada na cabeça foi com um pau, um martelo, a coronha e sabe-se lá mais o quê. Surgirá o filme do cinegrafista anônimo e do policial que pediu para sua identidade ser preservada.
Teremos também os vários tipos de arma branca utilizada nas duas perfurações no abdômen, se não descobrirem outras perfurações. Enfim, todos os detalhes que se possam imaginar, porque o 'filme' haveria de ser completo, como quer a curiosidade popular."

Horário de verão

Hoje é dia de eu virar lobisomem duas vezes.

23.2.07

Sexta-feira

Hoje eu estava no bar do Tuti por volta de 11 da manhã, lá no Borba, tomando uma latinha e lendo um livro sobre Mao Tse-Tung. Não tinha ninguém no boteco. Aí chega um coletor de lixo, todo suado e me cumprimenta : "Oi"... "Oi tudo bom?"... "Tudo jóia", diz ele, Vai ao balcão e pede uma faca. O Tuti nem pensa muito, já conhece o ritual. Cata o litrão e espera o rapaz pegar um limão rosa do bolso, cortar e espremer no copo. O Tuti enche o copo, ele vira de uma vez, me olha e dá uma tchau amigo. Foi de grátis. Sai correndo pelas ruas, procurando nossos sacos plásticos cheios de papel higiênico, cascas de bananas e laranjas, Mods e camisinhas usadas, filtros de café e tudo aquilo que a gente não precisa mais.
O vejo atravessando o canteiro da Nildo Ribeiro com um monte de sacos de lixo na mão, amontoando aquilo que um dia foi nosso. E eu viro a página do livro do Mao; um caminhão passa buzinando. O sol brilha lá fora e esquenta a avenida desta sexta-feira chata.

Floripa

Essa é a praia de Matadeiro, entre Armação ( ao ladinho) e Pântano do Sul. Três das melhores praias do sul da ilha de Floripa, em minha opinião. Na terça-feira, 27, zarpamos pra lá, Isa e eu. Os pescadores montavam suas armadilhas na Armação para pegar baleias e depois as abatiam no Matadeiro, daí o nome das duas praias.
A praia do Matadeiro é relativamente tranquila, com acesso somente a pé- cerca de 200 metros, depois de atravessar o rio que vem da Lagoa do Peri. Coisa mais legal você chapinhar ou andar pelo riozinho e se ver naquele local, louco pra chegar no boteco e bater papo com os caras. O Pântano é outra coisa linda. Praia de pescadores na qual você faz amizade com todo mundo. E tem gente que ainda vai pra Camboriú. (Ou Camburiu, como ainda querem alguns colunistas sociais da terrinha).

Lixeiro

Do Barros, na rádio dos primo, há pouco:
"Não haverá privatização em Maringá de nada em minha gestão. Terceirizar é outra coisa (...) Nós vamos terceirizar o lixo. Quando um servidor público faz concurso pra coletor de lixo ele vai ter força pra correr atrás de um caminhão quando tiver 65 anos? Já vai estar aposentado e o município vai continuar pagando a ele".
(Jacomino Pires)

Hem? Eu? Acuma?

O prefeito Barros disse, em "entrevista especial" (o que é isso?) à CBN local, que o prefeito não tem obrigação de saber tudo o que ocorre dentro do Paço. Compras e serviços burocráticos passam ao largo do prefeito Barros. Isso é até normal dado ao tamanho da máquina administrativa, secretarias e afins. Agora, quando o Lula disse que não sabia o que estava acontecendo em seu governo, o PP- partido ao qual o prefeito pertencia- caiu de pau e seus integrantes tiveram orgasmos múltiplos quando a Veja, Folha, Estadão e Época publicavam notícias e acusações até hoje não comprovadas.
(Jacomino Pires-Do Conselho Enganorial)

Exploração

Employer, em inglês, significa empregador, patrão, empresário. Em português, quando o peão tá procurando trabalho, emprego significa Implore. Caso consiga o trampo, o patrão significa Explorer.

Edith Dias

Hoje, às 5 e meia da matina, tava eu com minha bike indo à padaria quando quase atropelo um mulherão. Desviei e vi que era a vereadora Edith Dias. Parei a bicicleta e recebi um beijinho no rosto (ahhhh..... que perfume). Ela estava indo participar de uma caminhada até à igreja do Borba Gato, onde se realiza um missa às sextas-feiras da Quaresma que começa às 6 da manhã.
Ano passado eu participei e caminhamos juntos. É um evento muito interessante.
Bão...
Aí eu desci da bike e fomos conversando. " Então, agora eu sou tua vizinha", falou. Perguntei à ela como está a Secretaria de Esportes. "Ah, Lukas... aquilo lá eu tiro de letra", disse, animada.
Eu dou uma pegada no pé da vereadora, mas, vou ser sincero: a conheço já vai pra uns 25 anos e, pessoalmente, sempre a achei bacaninha.

Canteiros

Ex-detentos de uma penitenciária são contratados para trabalhar em projeto de revitalização dos canteiros centrais de uma cidade. Um mês depois, o responsável pela obra passa pelo local pra dar uma olhada e ver a quantas andam o trabalho. Ele olha as mudas bem cuidadas, robustas e verdinhas. Chama um ex-presidiário num canto e fala, desconsolado: "Maconha não, Tião Jamanta... maconha não."
(Jacomino Pires)

Humor

Creio na morte, única amante absolutamente fiel.
Creio na estupidez humana, única força com que se pode contar sempre.
E creio no humor, única forma de encarar a primeira e suportar a segunda.
(Seilaquem)

Requião

Eu não havia lido. É o discurso de posse do governador Roberto Requião em primeiro de janeiro. Parece ser um papo de um autêntico esquerdista. O tempo dirá. Eu recomendo a leitura.
http://www.aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=25322

22.2.07

Ah, os adultos...

Estava vindo há pouco lá do Borba Gato e passei pelo Jardim Iguaçu. Passei por dois garotinhos que também estavam pedalando. Falei oi e eles disseram oi, também. Aí eu olhei pro céu e vi o arco-íris, e parei a bike pra curtir. Coisa mais linda do mundo e que tinha passado desapercebido por eles. Me virei pra trás e dei sinal para os dois, chamando pra virem até mim. Eles voltaram com as bicicletas. Perguntei os nomes: Alessandro e João. Disse que morava ali perto e entabulamos papo.
Aí eu mostrei o arco-iris pra eles e expliquei como ele era formado. Falamos de chuvas , de bicicletas, de videogames e de qual jogos a gente gostava. Aí chegou a mãe de um deles com um nenem no colo dizendo que o pai estava chamando. Uma moça nova. Eu fiquei meio acanhado e falei que estava descrevendo sobre isso aí que eu coloquei acima, do arco-iris e de video games e que a gente estava tentando contar as cores dele. Dei tchau pros garotos e saí pedalando prum lado e eles para outro. Parei mais um tantinho, na beira do asfalto e fiquei olhando pro arco-iris que já ia se dissipando, e pensei em como o mundo está mudado.
A gente tem que tomar cuidado quando faz amizade com crianças.

Trotando

Momento em que um veterano de Zootecnia aplica um trote violento em um calouro da UEM. Em sua mão direita, livros enviados pelos pais que moram em Paranavaí, e que serão vendidos no sebo perto da universidade, cuja grana será gasta em cerveja na festa da república logo mais à noite.

Encoxamento e pisação no pé

Comentário de um noqueirinho, todo suado, ao vir da escola, ao meio-dia, e descer de uma circular com cerca de 90 passageiros: " Deviam mudar o nome para 'Passe Deus me livre!' ".

Go home!

Da Falha de Sampa:
Quarenta imigrantes brasileiros foram detidos no último domingo no Texas, quando entravam ilegalmente nos Estados Unidos. Eles já estavam a 120 quilômetros da fronteira com o México, na pequena cidade de Falfurrias, de 6.000 habitantes.
Em um posto de controle, os cães farejadores da Patrulha de Fronteira sentiram o cheiro das pessoas que viajavam sentadas no chão da carroceria fechada de um caminhão sem janelas.
O motorista do caminhão é cidadão americano e será julgado por tráfico de pessoas. Há um mês, o caminhoneiro Tyrone Williams foi condenado à prisão perpétua, depois que 19 imigrantes morreram em seu caminhão quando tentavam entrar nos EUA, em 2003.
(Jacomino Pires)

Langos americanos

Na falta de assunto, vamos publicar algumas leis esdrúxulas que vigoram nos Estados Unidos; esse berço de civilidade, avanço tecnológico e inteligência. (As leis não vigoram em todo o país e são de autoria dos nobres pares de cada cidade ou Estado) .
-Em Willowdale, o homem não pode falar palavrões durante a relação sexual com sua mulher.
-Não é permitido pescar montado no lombo de uma girafa.
-Em Bozeman (Montana), é proibido transar no próprio jardim quando se está nu.
-No Nebraska é proibido espirrar em público.
-Em White Clouds, (Kansas) uma lei determina que é ilegal fugir da prisão.
-Em San Antonio (Texas), os macacos não têm o direito de andar de ônibus.
-Em Alexandria (Minnesota), os homens estão proibidos de transar com suas mulheres com o hálito cheirando a alho, cebola ou sardinha.
-Também no estado de Minnesota , na cidade de Brainerd, uma lei antiga proíbe os homens de usarem barba.
-Em Natchez, no Mississippi, os elefantes não podem beber cerveja.
-Um juiz nova-iorquino admitiu que, em um cinema, se duas mulheres falarem sobre o desfecho provável do filme, é permitido se virar para trás e fazer uma careta para elas.
- Na Carolina do Sul o leite é a bebida oficial. É proibido beber água nos bares.
-Em Nevada não se pode andar de camelo nas estradas.
E mais leis desse povo que quer dominar o mundo:
-Não é permitido tirar fotos de coelhos nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril.
-É proibido armar arapucas para passarinhos nos cemitérios.
-É proibido armar uma ratoeira sem licença.
-Em Connorsville, é proibido aos homens atirar com armas de fogo quando suas parceiras atingem o orgasmo.
-Em Pittsburgh, é formalmente proibido dormir dentro de uma geladeira.
-Não se pode dar um tapinha amigável nas costas de um amigo
-Uma lei proíbe as mulheres solteiras, viúvas ou divorciadas de pular de pára-quedas aos domingos.
-Não se deve dormir sob um secador de cabelos no salão de beleza.
-Espreguiçar-se sobre os degraus de uma padaria é uma infração grave.

Brasil zil zil zil

José Mohamed Janene (PP-Pr) conseguiu aposentadoria de R$12.847 mensais. A gente fica desanimado ao saber disso. Leia aí a história do homem e veja se não dá nos nervos:
http://www.terra.com.br/istoe/1862/brasil/1862_prof_mensalao.htm

Presos em greve

Da Folha de Sampa desta quinta-feira:
Presos de 80 das 144 unidades prisionais do Estado de São Paulo iniciaram na manhã desta quarta-feira um protesto que eles mesmos chamaram de greve branca. Com o movimento, os presos não saíram para audiências em fóruns e para o trabalho. Eles, no entanto, mantiveram os serviços essenciais de cozinha e de lavanderia.
(Jacomino Pires)

Quinta-feira de cinzas

Notinhas do carnaval
*Aos 60 anos, a cantora Beth Carvalho decidiu que não vai mais entrar na Mangueira.
*O repórter Beija-flor está comemorando a vitória da escola de samba do Rio, de sua propriedade.
*Deve haver fusão no ano que vem entre Salgueiro e Bacalhau do Batata.
* Já o Galo da Madrugada deve fazer confusão com a Adap em "2010 - o ano em que faremos contrato".
*Traficantes do Rio devem formar no próximo ano a escola de samba "Mocidade Dependente".

21.2.07

Hotéis e Tintim


Em 1978 eu tinha 16 anos e voltava pedalando uma bicicleta velha, às 11 e meia da noite, vindo do meu primeiro emprego, como carregador de malas no Hotel X, perto da igrejona. Certa vez, morrendo de sono, fechei os olhos e quando dei por mim estava entrando num terreno vazio cheio de terra e capim. Bati no meio-fio e caí com tudo, sem me machucar, apenas me sujando. Dei risada, apesar do susto. Não me feri, assim como meu herói da época... Ele nunca se machuca.
Muitos anos depois, e também hoje, eu sei que, aliado ao sono depois de tanto trabalho, eu me sentia o Tintim, personagem do belga Hergé. Eu fechava os olhos e me via na pele dele. Eu vinha pedalando e criando situações como a que o personagem dos quadrinhos se metia. Qualquer poste ou cão era um inimigo pra mim. Vinha um carro e eu já imaginava que era um gangster querendo atacar.
Eu era o Tintim!
No Hotel X, como em qualquer outro, um mensageiro não deve puxar papo com os hóspedes. Você deve apenas subir com malas que pesam três vezes mais do que seu pobre corpo mirrado por três lances de escadas, abrir a porta, ofegando, e torcer pro filho da puta lhe dar ao menos uma gorjetinha. E quando você vai saindo escuta o filho da puta do porteiro sádico batendo a campahinha no balcão que é pra você descer rápido, porque tem mais malas, frasqueiras e pastas e malas que você tem que levar deitadas pra não amassar as camisas e que pesam quatro vezes mais do que seu esqueleto fraquinho de dar dó e que precisam porque precisam estar lá na porcaria do apartamento em menos de 2 minutos que é pra essa raça tomar banho e dormir, nem sem antes ligar na portaria pedindo um sabonete Phebo que o hotel cobra 5 vezes mais do que o preço normal. E daí você tem que subir novamente as escadas já ouvindo a campainha avisando que você tem que descer logo que é pra ir na rodoviária comprar uma passagem prum hóspede. E vai no sobe e desce, das 3 às 11 da noite, com direito a uma hora de jantar às 5 da tarde! E aí, meu caro mensageiro, você que se foda e vá comer onde quiser, mesmo o hotel tendo um baita restaurante, jogando comida fora. E aí você vai tomar uma vaca preta na sorveteria Imperial, porque você tem apenas 16 anos e é doido por essas guloseimas depois de passar fome dos 10 aos 14. E depois volta pra ouvir a campanhia; e subir e descer, e subir e descer aquelas escadas bonitas, carpete vermelho, carregando malas enormes e aquelas mulheres com suas bundas enormes à sua frente. Aquilo me incentivava, acho.
Mas, vamos dar um tempo nessa parte. É papo grande pra outra hora. Vamos de Tintim.
Era um domingo tranquilo, oito da noite, e chega uma casal com um rapaz da minha idade. Fui abrir a porta do carro e eles desceram. Eram de São Paulo. Quando olhei na mão do carinha eu vi o álbum: "Tintim e o Loto Azul".
O Único álbum que eu havia lido e relido do personagem era "As 7 bolas de cristal", que existia no acervo da biblioteca municipal. Li umas trocentas vezes na época em que matava aula (isso é outro papo pra outro post futuro).
Subindo com as malas do casal eu perdi o medo de não poder conversar com hóspedes e perguntei onde ele tinha comprado aquilo. Aí ele me disse que em São Paulo tinha em qualquer livraria (vejam como Maringá já era atrasada em 1978). Aí eu disse, quase chorando, que era fã do Tintim. Sabem o que o rapaz fez? Abriu o álbum na última página e descartou um cupom onde estavam mais de 25 títulos e me deu. "É só pedir pelo Correio. Toma. Marca os que você quer que eles mandam".
A campainha estava tocando novamente lá embaixo, me chamando pra mais malas. Eu quase não ouvi. Sentei na escada e fiquei lendo aquele monte de nomes das histórias do Tintim que estavam à minha disposição. Eu ganhava uma gorjetinha boa e dinheiro não seria problema pra adquirir, devargazinho, todos eles.
A campainha repicou nervosa outra vez. Me levantei e fui quase flutuando lá pra baixo e já querendo mandar o porteiro praquele lugar. E pensando:
"Eu sou Tintim, seu merda!! E você quem é? Um panacão, burro, que só sabe escravizar a gente com essa campainha juntamente com o dono dessa porra e a amante dele"!
(Mas eu não falei, porque eu precisava do trampo)

20.2.07

Gente pobre

A polícia informou que o açougueiro Pablo dos Santos Teixeira, 30, preso nesta terça-feira suspeito de ter matado a facadas uma vizinha de 4 anos, em sua casa, no Jardim Record, em Taboão da Serra (Grande São Paulo), confessou o crime.
O corpo de menina foi encontrado dentro de um balde, no banheiro da casa de Teixeira, por um tio dela, segundo a polícia.
(Vamos aguardar pra ver se esse caso irá comover as pessoas e repercurtir na mídia).

Até o talo

"A coelhinha da Playboy Anna Nicole Smith, 39, desejava ser enterrada nas Bahamas". (Folha Online)
Depois de um monte de homem ter enterrado em tudo quanto é lugar, quando ela estava na ativa, o lugar agora é o que menos importa. (Jacomino Pires- do Conselho Fuditorial)

Trabalho infantil

Tenho um amigo que possui uma Pet Shop no Borba Gato. Seu filho, de 13 anos, estuda de manhã no colégio próximo à loja e o ajuda na parte da tarde. Atende o balcão e faz entregas com a bicicleta nas proximidades.
Tio Lukas é amiguinho dele. É muito bacaninha, atencioso, educado,e tá sempre na missa de domingo. Bão... veio um fiscal da prefeitura e notificou o Zé Luiz para que ele dispensasse o filho por se tratar de trabalho infantil.
"O que que eles querem? É meu filho e não vai sair daqui não. A loja é minha. Deixa o pau torá. Aqui em frente o que passa de moleque da idade dele tomando "tubão" em plena luz do dia não tá escrito. Porque o Conselho Tutelar não vê isso?", pergunta.

Orkut e os brasileiros

Os planos do Google iam muito bem, mas então ocorre uma coisa que eles não esperavam: o Orkut caiu nas mãos de uma raça denominada Brasileiros. Os brasileiros são um povo que vivem num escroto pais onde todos sambam, jogam futebol, comem arroz com feijão e vivem num eterno Carnaval . Os brasileiros partindo de sua educação exemplar com o pressuposto de que: "tudo que é de graça eu faço o que eu quiser", quebraram todas as regras.
No final, a conexão já não existia mais, já que os brasileiros , como um vírus, tomaram o Orkut, chamando outros brasileros sem qualquer ligação. Ignorando a língua das comunidades já criadas, os brasileiros confudiram e afugentaram todos os seres de outros paises. Hoje o Orkut é habitado basicamente por 101% de brasileiros, divididos entre: nerds, aparecidos, gays, spammers, flooders, internetês e fakes.
O orkut se tranformou num lugar onde não importa a comunidade que você vá: há sempre algum tópico de alguma gata super gostosa pedindo pra você olhar as fotos.exe dela. Onde a maior diversão é colecionar scraps e olhar as fotos dos decotes das miguxas.
(Dudu)

Galvão Bueno

Pra quem quer pegar mais nojo do Galvão Bueno... vai que é suuuuuaaaaaa noqueiro:
http://desciclo.pedia.ws/wiki/Galv%C3%A3o_Bueno

11 homens cercam mulher na madrugada

Um belo texto da escritora e jornalista Marilene Felinto.

Foram ao todo onze homens para uma única mulher, numa única madrugada. "Você pensa que essas coisas nunca vão acontecer com você", a frase típica da mentalidade estreita das classes favorecidas, incapazes de entender que a vida são os acidentes, os imprevistos do meio do caminho. Não é necessário muita filosofia. Uma simples frase de letra de música de John Lennon diz: “a vida é o que lhe acontece enquanto você está ocupado fazendo outras coisas”.
Foram onze homens ao todo numa única madrugada. O carro pifou de repente, às duas da manhã na rua deserta, do bairro de classe média. A mulher teve um arrepio de horror: é agora que vou ser estuprada. O carro não respondia, acusando o defeito insondável.
São Paulo, gigantesca, ganhava dimensões assustadoras no eco silencioso da madrugada. O carro, pedaços e partes de lata, ferro e fluidos incompreensíveis, não respondeu. A mulher desceu, só. Nessas horas, dependendo da mulher que se é, não haverá um homem a seu lado. O dela estava longe, no estrangeiro. Isso dava a exata noção de sua pior solidão. Quando olhava ao redor procurando sinal de vida, sentiu um início de desespero.
O carro, mudo, tinha virado um poste de concreto, um pedaço de asfalto, matéria inanimada que antes, funcionando, não parecia — o carro antes parecida gente, um homem grande, que a trazia de volta para casa a salvo. Dele dependia sua segurança pessoal, sua integridade física, sua vida. Era um desses casos de defeituosa inserção da tecnologia no domínio global da vida: o crescimento das grandes cidades, a escravização do homem pela máquina, a desorganização social. Ela seria estuprada em plena rua na madrugada.
Mas logo reagiu. Afinal, sempre tinha sido assim. Diante dos supostos perigos noturnos ela tinha, desde menina, desenvolvido fortalezas internas. Sua vida real, na época, era tão ruim que ela não temia sombras ocultas no escuro. Sempre enfrentou com desassombro os fantasmas que povoavam a infância. Aprendeu cedo a achar aquilo tudo mentira, pura mentira. Aprendeu cedo a achar que nada podia ser pior do que a própria vida real e as próprias pessoas.
Os primeiros homens para quem acenou por ajuda vinham numa motocicleta. Ela não viu que havia um terceiro a segui-los de carro. Pararam, um deles meio bêbado. Tentaram o tranco, sem violência. Os três seguintes estavam juntos num carro de luxo, que ela avistou de longe. Pararam. Um deles até ofereceu o celular, se ela quisesse pedir ajuda.
Os outros três eram feirantes já montando barracas para a feira do dia. Um deles, negro, fingiu-se de aleijado, saltitando numa perna só, ao perceber que ela vinha pedir ajuda. Ela riu. Os três empurraram o carro ao longo do trecho final.
Os últimos foram o porteiro e o zelador, que terminaram de acomodar o carro na garagem. Sentindo-se uma rainha, ela reprimiu o desejo de beijar na boca todos aqueles homens, gentis servos da noite. Afinal, arre! Como dizia um poeta, ela estava farta de semideuses. Havia, enfim, gente nesse mundo até possível.

O foco

Outra, de leitor da Falha de São Paulo:
"Todos apontam a educação como a melhor forma de conter a violência. Porém Cristovam Buarque, candidato a presidente que colocou a educação no centro de sua campanha, teve pouco mais de 2% dos votos."

Violência velada

Trecho de carta de leitor da Folha de Sampa desta terça:
O que é pobreza no século 21? O conceito se reduz à baixa renda? Pobres são os trabalhadores e as trabalhadoras que vivem com baixos salários? E os que moram apartados da sociedade em condomínios de alto luxo, sem vida cívica? A arquitetura do medo empobrece todos os seres humanos. Lembremos que, durante a ECO-92, os militantes e os intelectuais que participaram de encontros e reuniões foram protegidos pelo Exército brasileiro. O Exército, de forma direta, apontava suas armas para os que residem nas favelas. Não é um crime hediondo apontar armas para os lares de seres humanos?
A existência de bóias-frias não é uma violência terrível? Quantos morreram no ano próximo passado por exaustão, trabalho intenso e pesado? São obrigados a cortar oito toneladas de cana por dia, são 8.700 golpes de podão. Não é um crime hediondo? Não é uma violência ser obrigado a viver de coletar resíduos sólidos nas ruas, os restos da sociedade de consumo, em uma sociedade que vive em democracia plena?
Há uma violência invisível, uma violência simbólica, e a disjunção entre o simbólico e real não é absoluta.

Meus sais!

Hoje não tem programa do Pinga Fogo. O Beija-Flor está em Nilópolis, pulando carnaval.

19.2.07

A Helena tá uma fera

Com licença, eu vou falar
Vi no jornal nacional da Globo mais uma passeata em favor ao menino João. Já não aguento mais tanta demagogia, tanta passeata para redução da maioridade penal, tanta bobagem sendo dita: Todas feitas por anti-pobres que se esquecem que é por causa dessa discriminação contra os pobres que o país chegou onde chegou.
Esquecem que é por culpa do egoísmo das classes média e alta, preocupadíssimas com o próprio bem-estar e eternamente empenhadas numa busca frenética por dinheiro, que os pobres desse país estão sendo empurrados para a miséria, fazendo nascer dentro de cada um a revolta, que, mais dia menos dia, descamba para a criminalidade.
Responsabilizar os outros é fácil... Difícil é assumir sua parcela de culpa...Os burgueses, falsos burgueses, pretensos burgueses e reles candidatos a burgueses deste país só conhecem uma causa: A própria...E o resto que se dane. Só sabem lutar por eles mesmos, exigindo direitos que negam aos outros...pois bem...agora vão pagar caro por isso...Aliás, já estão pagando...E o preço, além de ser alto, está se tornando cada dia mais insuportável...
O preço é a violência incontida de quem não suporta mais viver na miséria, de quem não tem o que comer, de quem não tem uma casa pra morar, de quem não tem um pedaço de terra de onde possa tirar o sustento da família...A violência dos que vivem espremidos em condições sub-humanas dentro de barracos paupérrimos, perigosamente construídos nas encostas dos morros...A violência que começou a germinar nas favelas continua crescendo inexoravelmente...A violência que teve origem nos guetos “made in brazil”, onde humilhados e ofendidos tentam desesperadamente sobreviver, recebendo da sociedade somente desprezo e mofa...
Por tudo isso, agora, ao sabor do acaso, brasileiros, principalmente os das classes mais abastadas, direta ou indiretamente responsáveis por essa comoção social que choca o Brasil, estão sendo roubados, assaltados, seqüestrados, torturados, baleados e mortos... Por balas perdidas ou achadas...Tudo absolutamente previsto...será que esqueceram que a toda ação corresponde uma reação, igual e em sentido contrário? Então por que a surpresa? Por que estão achando ruim?
Foram incapazes de tirar algumas migalhas do muito que possuem para tentar minimizar o sofrimento dos que vivem abandonados na mais extrema pobreza...
Tudo bem, mas terão que pagar o pato... A dívida social exige ser saldada... De nada adiantará fazer planos para combater a criminalidade, se continuamos na mesma pisada de sempre: O lucro crescente dos exploradores fazendo crescer a miséria dos explorados...Essa situação insuportável assemelha-se em tudo por tudo a um barril de pólvora...Se a temperatura vai sempre subindo, um dia ele acabará por explodir... Pois explodiu...
Um caos implantado por nossos ilustres governantes, todos eles com diplomas de cursos superiores, nascidos no seio de tradicionais famílias, ricos, poliglotas e com uma vasta experiência em administração pública...Na verdade canalhas de paletó...Por outro lado, o que tem feito a população, além de reclamar?.....Passeatas a favor da paz...Manifestações públicas contra a violência...Verdadeiros espetáculos circenses onde somente palhaços desfilam...Nenhum daqueles participantes concorda em entregar um só centavo dos seus ganhos para ajudar a dar de comer a uma família de desempregados, de onde muitas vezes saem os marginais que os aterrorizam...
Ahh! mas claro, ainda falam mal dos programas sociais do governo como cotas nas universidades, Bolsa-Família, PróUni.... Mas gastam o que podem e o que não podem com carros novos, viagens, festas e tudo que os cartões de crédito e os cheques sem fundos podem comprar...Roupas brancas, faixas, cartazes e camisetas do ‘sou da paz’, camisas, enfeites e adereços para comemorar a seleção brasileira de futebol...
Milhões e milhões gastos com seguranças particulares, condomínios fechados, circuitos internos de tv, cercas eletrificadas e carros blindados... Tudo absolutamente inútil...Nesse cabo de guerra em que vivemos, de tanto ser puxada, a corda partiu e quando ela rebenta, nem sempre um dos lados consegue ficar de pé...Na maioria das vezes os dois desabam...
É isso que estamos vendo agora... Esses indivíduos deveriam ter a hombridade de investigar e identificar antes, um por um, todos os ladrões que estiveram governando nosso país há 500 anos... Esses são os verdadeiros responsáveis pela situação calamitosa que hoje nos encontramos...O que a história tem demonstrado, lamentavelmente, é que o Brasil sempre teve o azar de eleger presidente terrivelmente experientes, cultos e ricos, para infelicidade nossa...
(Helena Sthephanowitz é mantenedora do blog Os Amigos do presidente Lula)

18.2.07

Bebaço

Humor inglês de primeira qualidade. Pára de ver desfile de carnaval e dá uma olhada aí. É de rachar o bico.
http://www.yourdailymedia.com/media/1171810361/Drunk_Tilted_Room_Sketch_

Noca Júnior

O filho mais novo do meu amigo Noca, de Sabáudia, que foi fazer intercâmbio cultural no Leste europeu, mandou esse vídeo mostrando a recepção que teve naquele local. Espia.
http://www.nothingtoxic.com/media/1171799486/Young_Smoking_Russian_Kid_is_Back

Itadakimasu


Hoje tem "Noite Japonesa" aqui no barraco. Léo e Esther vão fazer o sashimi; Isa irá com seus sushis de vários sabores e salada de macarrão de broto de feijão (harussame) . Tio Lukas (moléstia à parte) vai do que ele sabe fazer de melhor da cozinha oriental: Yakissoba. Não tem restaurante em Maringá que faz melhor. Pode fazer igual, mas, melhor, duvido.
(Itadakimasu quer dizer "bom apetite" , em japonês)

Clipinho

Eu também sei fazer isso. Só não faço porque não quero. Espia aí:
http://www.yourdailymedia.com/media/1171637547/Contact_Juggling

17.2.07

Kraftwerk

Uma coisa grandiosa e de arrepiar. Coldplay usando a base de Computer Love (1981), do Kraftwerk. Eu não conhecia e descobri hoje. Desculpa aí se já não é novidade, mas vale a pena ouvir trocentas vezes.
http://www.goear.com/listen.php?v=175e542

Trânsito

Não era fácil colocar um semáforo? Clica e veja que loucura.
http://www.nothingtoxic.com/media/1171604483/Russian_Intersection_from_Hell

16.2.07

Retiro

O meu amigo Noca, de Sabáudia (sócio majoritário do blog) avisa que neste carnaval irá ficar três dias fazendo um retiro-coloco-retiro-coloco-retiro espiritual com sua esposa, dona Ermelinda (sócia majoritária dos bens do Noca).

Brasil zil zil zil!

Duas da Folha de Sampa de hoje:
*O Brasil está no centro da campanha eleitoral mais disputada da história paraguaia. Os candidatos prometem cobrar até sete vezes mais pela energia elétrica excedente que o Paraguai vende ao Brasil.
*O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aceitou mudar a metodologia de remuneração do gás boliviano, em uma decisão que deverá gerar US$ 100 milhões por ano a mais em receitas para o país vizinho.
Como diria o Lazinho "A gente tá virando merda mesmo".

Boa pergunta

Carta publicada na Folha de Sampa desta sexta-feira:
"Enquanto o Congresso Nacional pretende criar penas criminais mais graves, ficamos sabendo que existem 350 mil mandados de prisão a serem cumpridos e um déficit de 90 mil vagas no sistema prisional do país. Pergunto-me então: onde a Justiça irá colocar os novos presos? Que medidas está tomando para prender os 350 mil criminosos já condenados? Quando irá julgar os milhares de processos emperrados em suas gavetas?"
JOEL GERALDO COIMBRA (Maringá, PR)

Languice

Como tem lango nesse mundão de meu Deus. Cai aí:
http://www.yourdailymedia.com/media/1171539166/The_Ceiling_Is_Too_Low

15.2.07

Charlestonbreak

Cabe explicar ao noqueiro a origem do charleston (não confunda com Charlton Heston, ator norte-americano) :
Dança vigorosa popular, caracterizada por movimentos dos braços e projeções laterais rápidas dos pés. Originalmente era dançada pelos negros do sul dos Estados Unidos e recebeu o nome da cidade de Charleston, na Carolina do Sul. Dançavam em pistas de clubes, como o Cotton Club, ao som de uma orquestra formada exclusivamente por negros e freqüentada por uma elite branca.
Isso é apenas um adendo ao comentário do noqueiro, que lembrou muito bem ao afirmar que a dança lembra o break. Parece mesmo, né?

Pena capital

Enquete do Globo Online, já com 10429 votos:
Qual deveria ser a punição para crimes graves como o da morte do menino João Hélio?
A prevista pela lei atual 4.37%
Prisão perpétua 33.50%
Pena de morte 62.12%

Barulho

Eu estava agora cedo na padaria lá no Borba, às cinco e meia da manhã, quando passa um caminhão de combate ao mosquito da dengue. Maior barulheira. Aí eu parei na porta junto ao seu Luiz -que disputa comigo pra ver quem chega mais cedo na padoca- e ele diz, observando o trabalho dos caras: "Pode até não matar os bichos, mas que acorda todo mundo, acorda".

Maioridade penal

O Brasil podia criar lei para a prisão de todos os maiores de 16 anos de mandato.

Charleston

Um clipinho bem massa pra começar essa quinta-feira. Dança aí.
http://gorillamask.net/daftcharleston.shtml

14.2.07

Castelo Rá-tim-bum

Tinha muita coisa legal nesse programa; pena que não estão disponibilizados. Esse ratinho é coisa maravilhosa. Clica aí.
http://www.youtube.com/watch?v=vrJON1wq95c

Rodô

Li no jornal que Guatassara Boeira diz que a prefeitura mantém um guarda para fazer a segurança da rodoviária velha. Ora, se o bagaio tá prestes a desmoronar, conforme um laudo, não estão colocando em risco a vida desse guarda?
(Prof. Firmino)

Photoshop

Desse jeito até tio Lukas fica um gatão. Dá uma olhada aí.
http://www.yourdailymedia.com/media/1171383644/Photoshop_Evolution

Não tem boca pra malandro

Da Folha de Sampa de hoje:
Nos EUA, a maioridade penal varia conforme a legislação estadual. De 50 Estados, apenas 13 fixaram uma idade mínima legal, que varia de 6 a 12 anos. Na maioria dos outros Estados, crianças abaixo de 7 anos não podem ser julgadas. Já adolescentes a partir dos 14 anos são julgados como adultos, e jovens entre 7 e 14 anos podem ou não ser considerados plenamente responsáveis por seus atos, conforme uma análise individual de cada caso. Na maior parte do Reino Unido, os indivíduos são considerados criminalmente responsáveis a partir dos 10 anos de idade -a exceção é a Escócia, onde a responsabilidade começa aos 8 anos.

Heródoto

Boa notícia: o jornalista Heródoto Barbeiro voltou a apresentar o Jornal da CBN- primeira edição- nesta quarta-feira. Ele teve um piripaque no coração há mais de um mês.

Bando

A renca que matou o garotinho lá no Rio de Janeiro. Já estão levando porrada de outros detentos. Olha o zoião dos caras. Não dou muito tempo pra eles cairem nos braços do dema.

13.2.07

Meus sais!

Os alunos da rede municipal de ensino receberam hoje o Kit Scolari contendo, entre outras coisas, 12 cadernos de português.

Com as paia

O nome do novo secretario de Planejamento vai mudar de Enio Verri para Enio Verba.

Legal

Desciclopedia, uma coisa muito legal da rede em contraponto a Wikipedia.
http://desciclo.pedia.ws/wiki/P%C3%A1gina_principal
(P.s.- meu computador ferrou na pontua;'ao. T[a tudo desorganizado)

Porta de cadeia

Nenhum dos cinco presos pela morte do garoto no Rio de Janeiro conseguiu advogado para os defender do crime. Dois deles acompanharam um dos assassinos mas depois abandonaram o caso.
Vamos ver se tem advogado pra defender esses caras. Com certeza vai ter.
(Jacomino Pires)

Com muito

Olha só como o Henry Viana tá bem. Já adquiriu até praia. O trecho é da Folha de Sampa de hoje.
"(...) O equipamento para tirolesa foi instalado há um ano e dois meses na praia do Francês, que fica na cidade de Marechal Deodoro, Alagoas".
(Prof. Firmino)

Laptop

Esse é um mágico que o vereador pediu a Deus. Tecla aí.
http://www.yourdailymedia.com/media/1171288816/Laptop_Out_Of_Nowhere

Data

Hoje faz um ano que morreu a freira carmelita Lucia dos Santos, aos 98 anos. Ela era a última das 3 crianças pastores que tiveram a visão de N. Sra. de Fátima, em 13 de maio de 1917, na Cova da Iria, Portugal.

11.2.07

Clipinho

Coisa linda produzida por Cao Hamburger: "O menino, a favela e as tampas de panela". Pode até demorar um pouco pra carregar, mas você não vai se arrepender. Pica a porva.
http://www.youtube.com/watch?v=fvdlkgjE8l0

Fedor

O PFL vai mudar o nome da sigla para PD. Como o partido só faz cagada, o Casa sugere que o slogan da nova legenda seja "Alguém PD. Não sei quem fui"
(Prof. Firmino)

Rena$cer

A Igreja Renascer busca sócios para montar as emissoras de rádio e de TV que comprou nas licitações do governo.
O prefeito de Campo Mourão (PR), Nelson Tureck, do PMDB, disse que foi procurado por um bispo da Renascer no ano passado, que propôs sociedade à prefeitura em uma TV na cidade. O negociador seria o deputado estadual bispo Gê, Geraldo Tenuta. "O deputado contou que a igreja ganhou a concessão e queria vendê-la ou ter um sócio. Cheguei a ligar para alguns empresários da região, mas ninguém quis. O negócio também não interessava à prefeitura", disse.

Radical

Papo de dois noqueiros, conversando sobre a banalização dos crimes nos grandes centros.
-Eu acho que a idade penal deveria ser reduzida de 18 anos para 16.
-E eu acho que o brasileiro já deveria sair do berçário algemado.
(Risos moderados. Senão leva porrada!!)

Cada uma...

O "Neguinho"- apelido- chega no bar do Tuti ontem à tarde, já meio chacal, senta ao balcão e pede, tentando fazer gracinha:
-Me dá um Abelardo Barbosa.
- Quer o quê ?-pergunta o Tuti.
-Uma dose de Abelardo Barbosa.
-Que caraio que é isso? - diz o botequeiro, já emputiferado e com mais gente pra atender.
-Uma dose de velho guerreiro!!- falou o cara, dando risada pra todo mundo.
Aí caiu a ficha do Tuti e de todos à volta.
-O nome da pinga é Velho Barreiro, sua anta- disse o Basílio, frequentador do bar.
Aí o Neguinho ficou sem graça; o Tuti serviu, ele carcou a cachaça, mandou marcar e saiu meio esquisitão do boteco.

Os tempos mudaram

De leitor da Folha de Sampa deste domingo:
"O bárbaro crime com o garoto de 6 anos choca o país e traz de volta a discussão sobre a maioridade criminal. Para mim, não deveria haver discussão, e sim bom senso. Os valores mudaram totalmente. Tenho 59 anos e, no meu tempo, um rapaz de 16 anos ainda corria atrás de balão, jogava bolinha de gude; as meninas não saíam de casa após as 22h.
Hoje, um garoto de 14 anos já dirige o carro do pai, tem celular e fica nas baladas, assim como as moças, que já se sentem mulher muito mais cedo. A discussão deveria ser sobre reduzir a responsabilidade para 14, e não para 16 anos."

Mundo animal

Uma mãe austríaca manteve suas filhas presas em um cômodo escuro durante sete anos perto da cidade de Linz, no Estado da Alta Áustria. A mulher tratava as filhas como animais.
A acusada se trancava em casa, arrumada do lado de fora mas descuidada interiormente, com suas três filhas. A mãe fechava as cortinas, tirava todas as lâmpadas elétricas da casa e proibia que elas fossem ao colégio. As três viviam com pouquíssima higiene e mal viam a luz do dia. Elas não tinham mais contatos sociais e brincavam com os ratos que eram abundantes na casa e aos quais davam apelidos As três meninas viviam com pouquíssima higiene e mal viam a luz do dia.
Elas desenvolveram em sua prisão um idioma próprio, difícil de compreender.

Boladas

E depois dizem que esporte é saúde. Chuta aí:
http://www.yourdailymedia.com/media/1171113735/Balls_Hurt

10.2.07

Esses americanos são loucos

A Justiça da Califórnia decidiu ontem que o corpo da coelhinha da "Playboy" Anna Nicole Smith, morta na quinta-feira aos 39 anos, não poderá ser enterrado até 20 de fevereiro, quando uma audiência deve decidir a paternidade de sua filha de cinco meses. Uma necropsia está em andamento para atestar a causa da morte.
Podiam colocar ela ao lado de James Brown, que logo entra numas e ateia fogo ao corpo.

Medidas radicais

De leitor da Folha de São Paulo deste sábado. O noqueiro concorda com o indignado?

"Como cidadão, trabalhador e pagador de impostos, exijo pena de morte, já, para crimes tipicamente bárbaros que viraram rotina, como arrastar criancinhas, queimar veículos com pessoas dentro etc. Outrossim, exijo também a diminuição da maioridade penal para 16 anos e uso imediato de tornozeleira com chip para marginais com benefícios da lei de execuções penais."

Batendo um barro chique

Uma pessoa passa em média 11.862 horas no banheiro durante toda vida, segundo a empresa norte-americana de desentupimento Roto-Rooter. Ou seja, um ano, quatro meses e cinco dias no lavabo, sendo boa parte do tempo no vaso sanitário. Por que então não ter um trono de US$ 5 mil (R$ 11 mil), equipado com videogame, caixas de som e TV de tela plana?
Foi o que se perguntou a mesma companhia de desentupimento antes de criar seu vaso sanitário de luxo equipado com esses e outros itens não tão necessários à sobrevivência num banheiro. A privada será entregue como prêmio ao vencedor de um sorteio on-line promovido pela empresa, apenas disponível para quem mora nos EUA.A Roto-Rooter afirma que sua privada foi projetada para "atender todos os sonhos dos consumidores". Entre os recursos especiais do vaso estão ainda um iPod, um console Xbox, um frigobar e uma bicicleta ergométrica embutida.
(Folha Online)

Pular é para gatos

Se você gosta de rir com a desgraça alheia, clica aí.
http://www.yourdailymedia.com/media/1170948773/Gymnastic_Bloopers

Entrevero animal

Colocando ordem no terreiro. Muito legal. Clica aí.
http://www.nothingtoxic.com/media/1171019205/Crazy_Roosters_Break_Up_a_Rabbit_Fight

9.2.07

Belchior

Em 1987, quando comecei a publicar, quadrinizei parte desta música de Belchior e Jorge Mello. Eu estava no maior baixo astral na época e fiz uma história que rendeu uns 60 quadros. A música é Rock-romance de um robô goliardo. Preparados pra letra? Vamos lá... (Vamo ler porque demorou um tempão pra eu copiar do encarte do LP).

Alô rapaziada! Alô, gente fina! Alô, moçada! Eu sei que vocês estão com a vida que pediram a Deus... e ele deu. Muito que bem! Por isso espero tudo de vocês.
Mas não confiem em mim: eu não existo! Sou apenas um personagem que diz isto.
E não me chame irresponsável. Para que levar a vida assim tão a serio? A vida é, mesmo, uma aventura da qual não sairemos vivos. Ah! Tudo já é outra viagem!
Abra com meu velho canivete seu jovem coração de lata; entre no barco eletrônico da emoção barata. Vamos dar um balanço cibernético nas horas!
Pulsars/quasars/buracos negros/astros/Guerra e Paz/amor nas super-estrelas.
Robô goliardo deste tempo, narro a minha vida começando pelo fim.
É bem melhor assim.
Vou contar pra vocês a vida que eu inventei pra mim.
------------------------------------------------------------------------------------------------
O som do alto-falante rolava e me dava um toque.
E Chuck Berry, berrando
em sua guitarra era um choque.
Cometas Halley passando,
astros no pó de Woodstock, cabeças, pedras rolantes,
Jim, Jimi, john, Janis Joplin;
E a moçada do subúrbio
cinemas, topetes, motos
Rock'n roll
----------------------------------------------------------------------------------------------
E digo mais: até parece que foi ontem! Tinha roubado o carro do meu pai, brigado com o cara do bairro vizinho por causa de uma garota. Estava saindo do chuveiro, novinho em folha- um artista diante do espelho! Pondo brilhantina no cabelo e mercúrio cromo num corte de gilete do meu rosto. Vesti o blusão de couro, liguei a motocicleta...

Queria sair voando pra pegar meu broto... Entrar na sessão das cinco, tomar um sorvete lá na lanchonete, dar um rolê por aí.
Ia pondo o pé na rua quando a minha velha saltou de lá, muito cheia de si, me chamando PLAYBOY! REBELDE! TRANSVIADO! Como se fosse dona do mundo. E foi logo dizendo:
-Pra você ver a vida como é! A gente cria um bicho desses, educa, dá do bom e do melhor, casa e comida, roupa lavada, amor, carinho, mesada... e esse aventureiro termina deixando a escola! Fugindo de casa! Maldizendo a família! Querendo ser cantor de rock!
------------------------------------------------------------------------------------------------
Caí na estrada tirana: (a juventude é um dom)
garotas, sonhos, mil transas, como dar bandeira é bom!
Olhando a cidade grande ,cheia de fúria e de som;
querendo ser uma estrela, de sexo, laser e neon...
Cidade grande é uma droga mas o roque dá o tom.
------------------------------------------------------------------------------------------------Qual é o preço de um homem? E eu? Pago quanto para ser feliz? Cidade-morena-boca-de-ouro-de-tolo... luminosos/fliperamas/ondas hertezianas/mil escrituras/canções- OUTROS SONS! vídeogames/novelas/televisão... informática-cibernética-política-eletrônica-acústica/grandes populações/revoluções...-------------------------------------------------------------------------------------------------Assaltantes/bêbados/abandonados/indios/nordestinos/retirantes/prostitutas/pivetes/punks/pobres/suicidas/solitários...(de onde eles vêm?) viciados/velhos/vagabundos......
Sacos de plástico, latas amassadas, copos de papel esquecidos depois dos jogos e das feras. Miseráveis! sempre sem pão e daqui a pouco sem circo. Coisa ante cuja visão dá vontade de morrer.
E a glória? E a honra de seres humanos que Deus criou e pôs um pouquinho só abaixo de seus anjos?
Mas esses senhores não querem nada! Não querem perder tempo com essa porcaria que se chama gente!
------------------------------------------------------------------------------------------------Eu não sou cachorro não, pra viver assim tão humilhado.
------------------------------------------------------------------------------------------------
São mil milhões de habitantes deste parque industrial: negros,mulheres, menores- filhos da crise geral- iguais pela mesma bomba que vai cair no quintal.
Ídolo e Deus dos esgotos a musa urbana me fez. Meu sucesso é saber disso e bater tudo pra vocês.
------------------------------------------------------------------------------------------------

É isso aí, rapaziada! É isso aí, gente fina! Talvez a gente pudesse dizer adeus de outro jeito. Mas eu sou um antropófágo urbano, um canibal delicado na selva da cidade. Mais dia menos dia... eu como você. E você como eu!
Ora, ora! Sempre houve um lugarzinho a mais para alguém debaixo dos meus lençois.



É nóis- 2

Mais do livro Viagem ao norte do Brasil (1613) desta vez tratando da solidariedade do índios Tupinambás, em contraponto à preguiça tratada pelo autor.
"Vivem pacificamente com os outros, dividem com eles o resultado de sua pescaria, caçada e lavoura, e não comem às escondidas. Um dia a aldeia Januarã só tinha farinha para comer. Apareceu um rapaz trazendo uma perdiz morta há pouco; sua mãe depenou-a ao fogo e a deitou num pilão, redunzindo-a a pó, e juntado-lhe folhas de mandioa e fez bolinhos e mandou distribuí-los pela aldeia.
(...) Apareceram em minha casa muitos selvagens esfaimados, vindos da pescaria, onde somente apanharam um caranguejo, que assaram sobre carvões, e pedindo-me farinha, o comeram todos, fazendo roda, cada um com o seu pedacinho: eram doze ou treze.
É muito grande a liberalidade entre eles, e desconhecida a avareza".

Frango ao uisque

Ótima prá fazer em dias de festa.
Ingredientes:
- 01 garrafa de uisque (do bom, claro!)
- 01 frango de aproximadamente 02 quilos
- sal, pimenta e cheiro verde a gosto
- 350 ml de azeite de oliva extra virgem
- nozes moídas

Modo de preparar:

- pegue o frango
- beba um copo de uisque
- envolver o frango e temperá-lo com sal, pimenta e cheiro verde a
gosto.
- massageá-lo com azeite.
- Pré-aquecer o forno por aproximadamente 10 minutos.
- Sirva-se de uma boa dose (caprichada) de uisque enquanto aguarda.
- Use as nozes moidas como "tira gosto".
- Colocar o frango em uma assadeira grande.
- Sirva-se de mais duas doses de uisque.
- Axustar o terbostato na marca 3, e debois de uns vinch binutos,
botar para assassinar. - digu: assar a ave.
- Derrubar uma dose de uisque debois de beia hora,
- formar abaertura e gontrolar a assadura do frango.
- Tentar zentar na gadeira, servir-se de oooooooootra dose sarada
de uisque.
- Cozer(?), costurar(?), cozinhar, sei lá, voda-se o vrango.
- Deixáááá o filho da buta do pato no vorno por umas 4 horas.
- Tentar retirar o vrango do vorno -- num vai guemar a mão, garaio!
- Mandar mais uma boa dose de uisque pra dentro . . de você, é claro.
-Tentar novamente tirar o sacana do vrango do vorno, porque na
primeira teenndadiiiva dããão deeeeuuuuuu.
- Begar o vrango que gaiu no jão e enjugar o filho da puta com o
bano de jão e cologá-lo numa pandeja ou qualquer outra borra, bois avinal você
nem gosssssssssta muito dessa bosta mesmo...

Cada uma

Papo no boteco ontem à tardinha, entre dois pedreiros e tio Lukas:
- Hoje meu irmão caiu da escada, de costas, e quebrou o obelisco. Teve que enfaixar. A gente tava lá na obra e ele caiu.
-Quebrou o quê?- perguntei.
-O obelisco- falou, colocando a mão atrás do ombro pra indicar o local da fratura.
Com certeza ele quis dizer omoplata. Mas eu fiquei quietinho, mamando minha latinha e conversando com esse pessoal de quem gosto muito.

Previsão de tempo

A profissão mais maneirinha é a de meteorologista e radialistas que fazem e divulgam a previsão do tempo. Olha só as frases convencionais utilizadas:
"Tempo nublado sujeito a chuvas esparsas e pancadas isoladas". "Tempo claro, com um pouco de nebulosidade no decorrer do dia, com possibilidades de chuva no fim do período e prováveis pancadas de chuva". "Tempo instável. Pode chover hoje ou amanhã, ou talvez depois de amanhã. Ou, quem sabe, domingo, depois da janta. À noite deve ter lua".
Ah, vão tomar banho!!!
(Prof. Firmino)

Você é o que eles querem que você seja

Depois do "Você é o que você veste" vem o "Você é o que você fala", como afirma uma propaganda ridícula de curso de inglês.
Para mim, eu sou o que eu faço; os modos como falo e trato as pessoas. Eu sou o que as pessoas pensam de mim pelo modo como me dirijo a elas e como as trato. Eu sou o que eu faço por elas. Eu sou o que elas representam e fazem por mim.

Nojo

Não sei o noqueiro, mas eu tenho nojo do Arnaldo Jabor, Lucia Hippolito e Mirian Leitão. O primeiro é um vendido pra direitona e um cineasta medíocre e frustrado. As outras duas estão na profissão errada.

O fim está próximo

O Casa não é disso, mas o Conselho Editorial resolveu publicar, dado à natureza do fato medonho.
Um rapaz de 22 anos foi preso suspeito de ter degolado a mãe de 51 anos, no apartamento em que os dois moravam, em Guarulhos (Grande São Paulo). Para esconder o corpo, ele retirou e fritou os órgãos para deixá-los parecidos com restos de comida e esquartejou o restante. Os pedaços ele jogou um a um, em um córrego, durante oito dias.
De acordo com o delegado responsável pelo caso, William Grande, depois de separar os pedaços do corpo, o suspeito os lavava e os embalava em jornal e plástico. Em seguida, ele os escondida junto ao corpo, com a ajuda de uma jaqueta, e os jogava no córrego enquanto passeava com seus cães, dois poodles.

Meus sais!

Não bastasse a malícia, agora os cariocas também têm milícia.

É nóis

O brasileiro tem pra quem puxar. Estou lendo o livro Viagem ao norte do Brasil, escrito pelo francês Yves D'Evreux, em 1613. Eis um trecho:
"São impudicos [os índios Tupinambás], inventores de notícias falsas, mentirosos, levianos e inconstantes, vícios mui comuns a todos os incrédulos e são extremamente preguiçosos, a ponto de não quererem trabalhar, embora vivam na miséria antes do que a opulência por meio do trabalho.
Vou dar um exemplo bem notável da preguiça dos nosso Tupinabás.
Na entrada de uma choupana de uma aldeia encontraram [os franceses] um grande fumeiro cheio de caça, e ao lado dele um índio, donoda casa, deitado numa rede de algodão, que gemia muito como se estivesse doente.
"Está doente, meu compadre", perguntaram os franceses. "Sim", respondeu ele. "Que tendes, quem vos fez mal?"
"Minha mulher- disse ele- Foi para a roça desde pela manhã, e eu ainda não comi". A farinha e a carne está tão perto de vós, porque não vos levantais e comeis?", disseram os franceses.
"Sou preguiçoso, não sei levantar-me".
"Quereis- tornaram os franceses- que vos levemos a farinha e a carne e comeremos convosco?"
"Quero", respondeu ele logo.
Mas tem coisa boa também. O lado hospitaleiro e solidário do brasileiro parece começar por ali. Tio Lukas escreve a respeito ainda hoje.

Uuuiiia!

"Relatório da ONU culpa homem por aquecimento global".
Fizeram um reunião em Paris pra constatar isso. E eu que achava que eram os flatos dos macaquinhos do Bosque 2 que provocavam o derretimento das calotas polares.

Terra de ninguém

Não confunda Maringá Liquida com Maringá liquidada.

8.2.07

Nóis na fita

Deve pintar um novo programa na TV brasileira; uma mistura de política e evangelização:
Me Ajuda Que Eu Te Escondo

Cartunzinho


Verne

Há 178 nascia o escritor francês e romancista Julio Verne. Autor de "2000 mil léguas submarinas", "Volta ao mundo em 80 dias", "Viagem ao centro da terra", entre outras coisas maravilhosas.
Tio Lukas pegou gosto pela leitura graças a esse filho da mãe.

Datanoca

O Instituto Datanoca deu uma datanocada naquela galera que fica na velha rodoviária a fim de saber adonde esse povo vai ficar agora, depois de os empreiteiros amazonenses tomarem conta do local.
*Das 43 biscates que ficam na área, 26 disseram que irão fazer ponto na Praça da Catedral; 8 disseram que vão tomar jeito na vida; 8 vão tentar concorrer com aquelas que ficam no bar da moda, na avenida Tiradentes e uma vai lá pra casa, aquela gostosa.
*Dos cheiradores de cola e fumadores de crack, 80% disseram que irão pra praça da prefeitura e 20% vão se espalhar pela cidade em pontos facultativos.
*100% dos donos de lojas da rodoviária disseram que irão se transformar em traficantes de crack e disputar espaço com os que existem na avenida Tiradentes.
*100% da empregadas nas lojas disseram que vão virar prostituta.
(Serafim do Pinto- Diretor do DataNoca)

Meus sais!

Pedrinho Mattar morreu.

Preços

Os preços dos computadores continuam caindo e, segundo previsão da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), a competitividade e os incentivos fiscais vão permitir novas reduções neste ano. Segundo a entidade, os menores preços atualmente são R$ 1,9 mil para o notebook e R$ 900 para o desktop.
O notebook, no entanto, pode chegar a custar R$ 1,7 mil para o consumidor, ainda neste ano.

Esportes

Perguntar não ofende: bingo é esporte?

Cidadão maringaense

De um "anônimo" comentando no blog do Rigon:
De uma infância pobre, mas feliz, vivida integralmente em Maringá, guardo na memória muitos momentos inesquecíveis. Não há como negar que a antiga rodoviária faz parte da minha história de maringaense por nascimento e amor à este chão.
Hoje, com 48 anos de idade, ao ver a notícia do embargo da antiga rodoviária senti um aperto muito forte no coração. Ali tem um pedacinho da minha vida e de centena de milhares de pessoas que fizeram acontecer a história de Maringá. É muito triste o estado de abandono que se encontra aquele espaço público.
É a história viva agonizando e pedindo socorro. Não dá para disfarçar as lágrimas enquanto escrevo este pequeno texto.Estou também sentindo raiva da minha impotência diante deste fato. Raiva por não poder fazer nada, a não ser manifestar o meu pensamento. Pensamento tão difícil de ser manifestado em uma sociedade onde o que impera é o pensamento único: a lógica do lucro.
O que me dá mais raiva ainda é assistir, impassível, pessoas que nada tem a ver com a história desta cidade incentivando a destruição de uma parte importante da memória de nossas vidas. Muito obrigado pela oportunidade que este espaço me dá para manifestar o que estou sentindo.

7.2.07

Rodô

Fui agora há pouco no boteco e comentei com uns caras sobre a interdição da rodoviária velha. A maioria do pessoal nem estava sabendo. Aí vai a anta aqui explicar (meu Deus- como eu sou idiota) o que a prefeitura tinha feito. A maioria achou que "Tava certo mesmo"- naqulio só dá tranqueira, biscate, bêbado (!) e trambiqueiros. "Tem que fechar aquele negócio. Só tem droga e biscate", disse um pintor de paredes, com um copo de cachaça na mão. Aí eu peguei minha bike e caí fora, de volta pro barraco.
Mas, fiquem calmos. Assim como a rodoviária velha vai ser extinguida, o trem ligando Maringá a Londrina vai voltar em breve, conforme promessa de uns caras aí.

Terra de ninguém

O prédio da velha rodoviária será cercado e demolido. Técnicos apontaram "riscos muito sérios" na obra. Os lojistas já estão debandando do local e constestam o laudo técnico. A prefeitura deve construir tendas na avenida Horácio Racanelo para que os usuários do transporte coletivo possam ficar tranquilões.
Um lojista disse que está ali já há 22 anos e nunca observou nada de errado, e afirmou que vão tentar reverter o processo de demolição. O local está sendo isolado e ninguém pode passar pelo local.
Na minha molambenta opinião, a coisa está sendo feita a toque de caixa, de maneira irregular e ditatorial. Lembre o noqueiro que ali perto derrubaram uma clínica histórica e depois o prédio da CMNP. E a coisa fica pertinho do novo centro. Algo há.
Acho uma sacanagem o que vão fazer com o local. Aquilo deveria ser reestruturado e transformado num centro cultural, com espaço para mostras, salas de debates e até abrigar a biblioteca municipal.
(escrito pelo dono do blog a toque de caixa)

Os trapalhões

É assim que o exército americano quer dominar o Iraque e levar a paz e risos à região. Clica aí.
http://www.nothingtoxic.com/media/1170822987/Best_Way_Ever_to_Raid_a_Building

Big Brodovski

Olha só o "BBB" lá na Rússia. Coisa bem animada. Clica aí
http://www.nothingtoxic.com/media/1170823144/Violent_Fights_on_Russian_Version_of_Big_Brother

Foco

Nunca, em nenhuma administração, ouvi tanta gente ligada à Prefeitura usar a palavra foco. "A partir de agora o foco vai ser tal coisa"; " Esse será o foco da secretaria"; "A campanha tem como foco..."
Acho que deveriam trocar foco por fuck. "O contribuinte é o nosso fuck"; "O servidor municipal é o nosso próximo fuck", "O fuck é a população em geral"...
E vão fuckando nóis.
(Jacomino Pires- do Conselho Fuditorial)

O tempo avua

Hoje faz 28 anos que morreu o médico nazista Joseph Mengele, conhecido como o "anjo da morte".

6.2.07

Filme

Confesso que sou avesso à literatura e ao cinema brasileiro. Nunca li um livro ou fui ao cinema ver filme nacional. Passei no vestibular em 1988 sem ler qualquer obra recomendada pelos entendidos na coisa. Não que eu eu me orgulhe disso, de ter ignorado Iracema, O Guarani, O Alienista. Concordo com os profes que essas obras são indispensáveis (pra que eu não sei). Jorge Amado não leio nem que me paguem.
Mas, vamos ao cinema nacional.
Eu também evito TV (e isso também é outro papo). Mas a mini-série e o filme O Auto da Compadecida é de tirar o chapéu. Já tinha visto o filme na TV e ontem compramos os DVDs com a mínie-série e o filme. Não vou falar que é a melhor coisa do cinema brasileiro porque não tenho parâmetros, mas que eu tenho rachado de dar risada, tenho. Os dois atores, uns coiós de mola, são impagáveis. É coisa pra se ver umas 200 vezes. Eu tô si divertindo.

Seu Jair

Hoje de manhã bati um papo com seu Jair. Ele cata produtos recicláveis, sendo o forte caixas de papelão, e mora na Vila Operária. Eram 10:40 da manhã. Eu vinha do jornal e caminhava na avenida Brasil, rumo ao terminal. Tio Lukas é meio doido, como já disse aqui e graças a Deus as pessoas compreendem essa falha. Chamei o homem num canto e os três cachorros se amontoaram em volta da gente. Ficamos numa esquina. Uma mulher, funcionária de uma loja, ficou olhando e tentando saber o que eu queria com ele, acho.
- O senhor me desculpa, mas eu sou curioso, disse- Esses cachorros são do senhor há quanto tempo? E eles comem o quê? (Nisso eu já vi que ele era dos meus- me iluminei- olhou pra mim e já começou a falar).
- Peguei tudo na rua, filhote, todo mundo judiando. Eles comem muito bem. Tem uma turma de restaurante que guarda até churrasco pra eles. Eu guardo numa bacia na geladeira e eles têm comida direto. Tem uma japonesa que me dá dois pacotes de ração por semana, mas eles não comem. Aí eu dou prum amigo que reparte com quem tem cachorro que gosta de ração.
Pergunto seu rendimento diário.
- De 10 a 15 reais por dia.
Os cães são fiéis e se amontoam aos nosso pés. Um felpudo (mistura de Yorkshare) pula em cima de um marrom e começa a fazer chamego nele, mais pra chamar nossa atenção. O outro, também marronzinho, fica deitado perto sem dar moral. (A moça da loja olhando).
Uma mulher desce do carro com duas crianças e eles vão em cima, cheirar. As crianças não ficam com medo. Eles vão, olham pros dois meninos, pra nós, pra mãe e voltam pra perto da gente.
-Pode ficar tranquila, eles são bonzinhos, não mordem, diz o catador de recicláveis.
A mulher monta no carro com as crianças sorridentes e parte pra algum lugar.
Aí eu me despeço do seu Jair. Lá na frente, quase chegando na praça Rocha Pombo, ele passa por mim, com os cães andando na calçada. Todos os comerciantes da área já os conhecem e respeitam. Ninguém enxota. O peludão me olha e abana o rabo quase se esfregando em minhas pernas, como se a gente fosse amigo há anos (os cães sabem quando a gente gosta deles).
-Vai com Deus, seu Jair- eu disse, acenando.
-O senhor também- falou, puxando o carrinho cheio de papelão.
E eu segui com a mochila nas costas, no meu caminho, rumo ao terminal, feliz por ter conseguido mais quatro amigos.

5.2.07

Game

É claro que o noqueiro não perde tempo com essas coisas (ele vai lá na biblioteca da família, ler um clássico da literatura universal) mas tio Lukas si diverte. Estou jogando Rule of Rose, do Playstation 2. Muito maluco e rola nos anos 30. A personagem aparece em um orfanato e se depara com uma molecada infernal. Depois ela é "enterrada" pelos monstrinhos e vai parar dentro de um dirigível. Faz amizade com um cão, que a ajuda no decorrer do jogo, dando pistas para o avanço de suas ações. Muito tenebroso e tenso, aos moldes de Silent Hill.
Larga esse Os Miseráveis, de Victor Hugo e vai jogar Rule of Rose, rapaz!!!

Mídia

Ouvido agora na BBC Brasil a respeito das fortes chuvas que ocorrem na Indonésia: "Em Jacarta, as chuvas foram tantas que a água chega a bater na cintura". Aí a gente pergunta: na cintura de quem? De uma criança de 5 anos, de um adulto de 1,86 m ou de uma velhinha encurvada medindo 1,35 m?
(Jacomino Pires)

CBN (rede)

Perguntinha minha ao Milton Young no site da CBN nesta manhã de segunda-feira: " Mônica Bergamo informou que Heródoto Barbeiro teve um piripaque no coração. Gostaria de saber o estado de saúde dele, afinal já faz mais de mês que não o ouço".
Resposta de Milton Young (âncora, atualmente substituindo Barbeiro) : "Ele volta no dia 15 de fevereiro". Curto e grosso, mas, pelo menos, deu um retorno. Coisa de 15 minutos.
Resposta rápida; parece que os caras conhecem a gente. Gosto da CBN (da rede) devido a isso. Dia desses tive um papo legal com o Adalberto Piotto através de e-mail. Questionei algo, ele revidou, eu re-revidei, ele re-re-revidou e o resultado final foi muito bacana.

Modernidade

Depois de implantar canaleta para o tráfego exclusivo de ônibus na avenida Brasil, a prefeitura deverá fazer também uma chapeleta. Destinada aos idosos usuários de chapéu, a via irá melhorar o fluxo dos aposentados, que todo início de mês zanzam pela avenida Tamandaré e proximidades da rodoviária velha, em busca de um aventura amorosa.
(Prof. Firmino- do Conselho Editoriuau!)

Judiação

Ronaldinho Gaúcho, Alex e Robinho estão machucados e foram cortados da seleção. Aí a gente pergunta: os caras já estão machucados e vem o técnico e ainda corta? Sacanagem.

3.2.07

Coluna do Verde ( domingo)







Essa coluna foi feita interinamente pelo incrível Hulk, Duende Verde, Arqueiro Verde e Lanterna Verde.




Boa noite pra quem chegou, boa noite pra quem vai chegar

Passou batido. Ontem fez 10 anos da morte do pernambucano Chico Science, que se foi prematuramente, no auge de sua carreira. Tio Lukas é fã do cara. Vai a letra da música Cidade. Coisa linda.

O Sol nasce e ilumina as pedras evoluídas,
Que cresceram com a força de pedreiros suicidas.
Cavaleiros circulam vigiando as pessoas,
Não importa se são ruins, nem importa se são boas.


E a cidade se apresenta centro das ambições,
Para mendigos ou ricos, e outras armações.
Coletivos, automóveis, motos e metrôs,
Trabalhadores, patrões, policiais, camelôs.


A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o debaixo desce.

A cidade se encontra prostituída,
Por aqueles que a usaram em busca de saída.
Ilusora de pessoas e outros lugares,
A cidade e sua fama vai além dos mares.

No meio da esperteza internacional,
A cidade até que não está tão mal.
E a situação sempre mais ou menos,
Sempre uns com mais e outros com menos.

A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o debaixo desce.

Eu vou fazer uma embolada, um samba, um maracatu
Tudo bem envenenado, bom pra mim e bom pra tú.
Pra gente sair da lama e enfrentar os urubus. (haha)
Eu vou fazer uma embolada, um samba, um maracatu
Tudo bem envenenado, bom pra mim e bom pra tú.
Pra gente sair da lama e enfrentar os urubus.

Num dia de Sol, Recife acordou
Com a mesma fedentina do dia anterior.

Perdão, leitor

A noqueira não acha o Mantega um pão?

Travecão e o namorado

Pro noqueiro começar bem esse sábado. Clica aí e veja a decadência do ser humano.
http://www.nothingtoxic.com/media/1170414382/Fight_Between_a_Transvestite_and_his_Boyfriend

Coluna do Verde (sábado)







2.2.07

Boa

Comentário de um leitor do blog do Mino carta:
Tem gente engraçada neste país. Falam que só num país inculto e analfabeto Lula poderia ser eleito e reeleito. Aí eu me pergunto: o mesmo povo teve um surto de inteligência e cultura ao eleger FHC duas vezes e depois voltou a ser burro? Ou será que o governo FHC foi tão pífio a ponto de em oito anos transformar uma grande nação num esgoto de burrice e ignorância?
Então ficamos combinados assim: Um tucano se elege: o povo é sábio - Um petista se elege: o povo é ignorante. Ou "desinformado", para usar a definição de Merval Pereira, Mirian Leitão, Tasso Jereissati, FHC e outros sábios.

Coluna do Verde (sexta)











1.2.07

Ódio

Vaguinho, neto do professor Firmino, criou o site Eu Odeio a Internet. A página é atualizada a cada 3 minutos, 18 horas por dia. Ódio é isso aí.

Alerta


Gostei dessa

Dito agora por um ouvinte do programa do Geraldo Irineu "Tem gente vendendo a mala por motivo de viagem". Essa eu não conhecia.

Sem notícias

Esse vídeo é muito legal. Maior trapalhada no ar. http://www.yourdailymedia.com/media/1170256947/No_News

Trânsito no Iraque

Descubra qual deles é um carro-bomba. Detona aí: http://www.yourdailymedia.com/media/1170256870/Traffic_In_Iraq