31.1.07

Pra pensar

Quem não usar os olhos para ver, terá de usá-los para chorar (Foerster)

Na onda do rádio

O veículo rádio é o meio mais rápido de noticiar fatos (eu adoro rádio) mas a gente não pode confiar muito. No afã de trazer os fatos quase em tempo real cometem-se alguns erros.
Agora pela manhã uma rádio FM noticiou que um rapaz de 17 anos morreu eletrocutado ao desligar um betoneira; uma outra informou que ele foi ligar uma torneira, e, finalmente, outra trouxe que o jovem foi desligar uma chave elétrica dentro de uma empresa.
E agora?

Barros se ferra

A Band diminuiu o tempo do apresentador (?) Gilberto Barros em sua grade de programação. A emissora vai lhe propor apenas um programa semanal em lugar dos quatro anteriores.
(O noqueiro achou que quem se ferrou era outro, né ?)

Foi



Sydney Sheldon, um dos escritores mais produtivos da literatura americana contemporânea, morreu nesta terça-feira, aos 89 anos, devido a complicações causadas por uma pneumonia, anunciaram fontes próximas à sua família.
Entre suas obras estão títulos como "A ira dos anjos", "O outro lado da meia-noite" e "Se houver amanhã", e outras que foram adaptados para o cinema e a televisão.
Eu nunca li nada do cara, mas teve muita gente que leu. Sheldon vendeu cerca de 300 milhôes de livros em todo o mundo.

30.1.07

Gandhi

Hoje faz 58 anos que morreu assassinado em Nova Délhi, Mohandras Gandhi. "E u sei que hoje em dia irrito todo mundo. Como posso acreditar que somente eu tenho razão e que todos os outros estão errados? (...) devem dizer-me francamente que eu sou velho e que não sirvo a ninguém e que não devo me intrometer no seu caminho. Se me falarem assim abertamente eu não serei mais o estorvo do mundo" , disse o Mahatma antes de morrer, baleado por três tiros. Na foto, Gandhi tecendo suas roupas.

Vai sair andando

O corpo do cantor James Brown, morto aos 73 anos no Natal do ano passado, ainda não foi enterrado. Mais de um mês após a morte e depois de funerais em três cidades, o caixão vem sendo mantido numa sala climatizada, na casa do cantor na Carolina do Sul (EUA).
Uma disputa legal pela casa é o principal motivo do adiamento do enterro. Seis filhos de Brown, reconhecidos em seu testamento, e oito de seus netos estão processando três empresários do cantor, também beneficiados pelo espólio, com a propriedade e os direitos sobre o catálogo do músico.
(Folha de Sampa)

29.1.07

Coluna do Verde da terça-feira





Coluna do Francês

Le Cagadè de Barrò
La désirait plus encore Novo Centrô, HUÔ, buracôs en la rues, mendigôs, camelôs, gigolôs, qui l'avait convaincue de l'indispensable mission consistant à réussir là où Requión, avait échoué in Conjunto Guaiapô.
La Sacanagè
J'ai eu l'honneur de voir toutes les cartes a esse babaca que veio do Amazonas établies par les survivants de la première implantation daquele monte de lixo em frente à minha casa qui reconstituèrent pour la future flotte uma sujeira do caraiô, univers de tribus indiennes. Pour raconter la venue de la lixô cheio de moscas. l'Empire, l'imagination de l'écrivain déroule - Une merde!
Sè Fudè
Délicieusement, il convient de le dire - une nouvelle, un feuilleton qui n'est pas lá na rodoviária velha com aquele monte de biscate en reste au regard de l'histoire: le cadre de l'action est quasiment reconstitué avec crack, maconha e folha de cheque roubadô.
Athenticité lá na catedral com aquele monte de ladrão en sorte que le lecteur en arrive à avoir une impression de réalité, par exemple, dans les dialogues de l'héroïne avec l'empereur Silvo Barros II e o povão que está se fudendô.
(amanhã tem mais)

Censura

"Estes, os que atravancam meu caminho... Eles passarão, eu passarinho!"
(Mario Quintana)

Tiros

Ademir Rogério de Proença, 26, morador do Conjunto Requião, foi morto a tiros numa festa de casamento na noite de sábado. Em Sarandi, pra variar, um rapaz, também foi morto na bala. Ambos tinham passagem pela polícia. Falar nisso, a passagem agora foi só ida.
(Jacomino Pires)

Pernalonga

Sou fã do Pernalonga, uma das melhores animações que existem, em minha opinião. Esse é um dos meus preferidos. A parte em que o Perna se transforma em "gênio da lâmpada" merece ser vista várias vezes. Clica aí, velhinho:
http://www.youtube.com/watch?v=YjSMhpTdRRA

28.1.07

Data

Se estivesse vivo, o romancista russo Dostoievsky estaria completando hoje 185 anos.

27.1.07

Pulando corda

Acho que já indiquei esse vídeo, sei lá. Talvez demore um pouco pra carregar, mas é legal. Comercial do XBOX 360.
http://www.yourdailymedia.com/media/1132660678

Coisa feia

Em O Diário deste sábado:
A Polícia Militar de Santo Antônio da Platina libertou Albertino Paulino da Silva, 60 anos, que vivia em um sítio sob condições desumanas, dentro de um chiqueiro. Ele estava cheio de feridas, coberto por fezes e com dezenas de bichos de pé. Depois de receber tratamento médico, ele foi encaminhado a um asilo na própria cidade. Segundo seu relato aos policiais, ele era mantido na casa há sete anos e apanhava quando não tinha condições de trabalhar.
E a gente fica reclamando quando a conexão à Internet está lenta, que a cerva do boteco não tá gelada...

26.1.07

Cartunzinho

Meus furtos- parte 4

De quando eu fui em cana por causa de um pacote de calabresa:
Eu saí com o pacote de calabresa embaixo da camisa;a gente ia usar pra fazer pizza. O vigia do Musamar mandou eu parar e jogou cassetete entre minhas pernas. Caí, me esfolei todo, perdi o chinelo, tentei argumentar com o gerente, um japonês filho de quenga e com os policiais- uns filhos da puta que estudavam na minha sala do Colégio Paraná- mas, mesmo assim, me levaram pro corró na avenida Paraná.
Eu já tinha 18 anos mas falei que tinha 17 (eu nunca carrego documentos). Me largaram no corró, eu e mais quatro caras. Uma escuridão total. Deu lá por 2 da manhã e os policiais prenderam um puta e me pediram pra ajudar a segurar a mulher. Ela estava completamente maluca. Aí eu pensei: se eu ajudar, posso ficar com moral e eles me soltam. Ela gritava: " seus comedor de aborto, seus comedor de aborto!!" E eu grudado nela com mais três policiais. Levamos a biscate pra uma cela "especial" onde ela ficou chingando por um tempão. E eu pensava: já que eu ajudei eles vão me soltar. Doido pra voltar pra casa, sem saber o que ia contar pra mãe e à mana.
De repente um cara começou a cuspir em mim. Me lembro que ele fazia bochecho e cuspia. Tudo escuro, e eu não podia falar nada, com medo de levar porrada. E ele cuspia e cuspia. E eu descalço, com a camisa e calça rasgadas e sem saber o que falar em casa. Meu Deus.
Aí deu cerca de 5 horas e começaram a chamar o povo pra soltura. Deu 7 horas e tio Lukas estava sozinho na cela. Deu o maior desespero e comecei a bater na porta da cela pedindo pra me soltarem, agarrava nas grades da janela que dava pro pátio das viaturas e gritava que nem condenado pra me soltarem.
Passou um pouco e me libertaram graças ao amigo Kendi, que hoje está no Japão. Minha mãe havia ligado pra ele perguntado se eu estava dormindo em sua casa. Maior vergonha. Ele ficou tão decepcionado comigo que nem me esperou pra levar pra casa (ele tinha um Maverick). Abriram o portãozinho...
Aí eu saí correndo pela avenida Paraná, descalço, com a calça e camisa esfoladas devido ao tombo, com aquele monte de pessoas passando por mim, circular lotada, pessoas indo pro serviço, pras escolas. Me lembro que fechei os olhos, me almadiçoei e imprequei em mim todas as maldições que lembrava enquanto cruzava por aquele povo abençoado por Deus, indo pros seus afazeres. Aquilo era gente. Eu não. Eu me senti outra coisa que não gente. Quando cheguei no asfalto da UEM, que liga à Vila Esperança, sentei no meio-fio e chorei feito um condenado. Eu era um bicho.

Confusão

Dizem que o prefeito Silvio Barros ficou emputiferado por que João Ivo assumiu a Metropolitana. " O governador não devia fazer isso. A rádio Metropolitana FM é do meu irmão, o Ricardo".
(Risos)

Pra aprender

Lembra do Vovô viu a uva, naquelas lições de gramática em livros escolares dos anos 60?Agora deve mudar. Vai ser Silvio vai ver o Ivo.

Censura

Na Folha de Sampa, desta sexta:
O presidente da China, Hu Jintao, ordenou controles mais rígidos sobre a internet, a fim de "purificar" a rede e usar novas tecnologias para controlar as opiniões on-line. O país monitora e censura vários sites. Funcionários entram em salas de bate-papo para vigiar opiniões dos usuários. Em reunião do governo, Hu Jintao disse que a internet afeta a cultura nacional, a segurança e a estabilidade do país. "Ela deve alimentar espíritos e moldar mentes", disse. Apesar da censura, o número de usuários não pára de crescer. Hoje eles são 137 milhões, 10% da população. Mantido o ritmo, em dois anos a China pode ter mais usuários do que os EUA, hoje com 210 milhões de internautas.
Por isso que o Brasil é legal, apesar dos pesares. A gente pode chamar o presidente de cachaceiro, o prefeito da cidade da gente de arrogante e xaropão, os deputados de safados, as deputadas de ***** e ninguém fala porra nenhuma. Olhaí, até palavrão a gente pode usar que não dá porra nenhuma.
(Jacomino Pires- do Conselho Editorial)

25.1.07

Toscorama deve voltar

Hoje bati um papinho rápido com o Andye Iore no MSN. Questionei seu papel nos blogs, em especial, no Factorama e agora no Toscorama. Ele disse que volta a publicar no meio do ano. Fomos unânimes em afirmar que os blogs de Maringá estão meio paradões, sem postagens diárias, com raras exceções. Parece que o pessoal tá meio desanimado. Volta logo, Anderson!

Gente nossa

Pra quem precisa de altos serviços em matéria de criação e desenhos é só entrar no site de um grande amigo meu: www.bertolladesigner.com.br

Hackers, Crakers e o Carakers!!

É foda a gente ter que dar explicações pra esses "picão de sítio". Chupado de um site da rede, vamos explicar agora a diferança entre hacker e craker. Os hackers e crackers são indíviduos da sociedade moderna, e possuem conhecimentos avançados na área tecnológica e de informática, mas a diferença básica entre eles é que os hackers somente constróem coisas para o bem e os crackers destróem.
Existe uma ética hacker. Equivocadamente é usado referindo-se a pessoas relativamente sem habilidade em programação e sem ética. Criminosos que quebram a segurança de sistemas, agindo ilegalmente e fora da ética hacker. O problema quando os crackers e script kiddies são referidos como hackers pela imprensa, por falta de conhecimento, e com isto gerando uma discussão sem fim.
Nesse sentido, os hackers seriam as pessoas que criaram a Internet, fizeram do sistema operacional Unix o que ele é hoje, mantêm a Usenet, fazem a World Wide Web funcionar, e mantém a cultura de desenvolvimento livre conhecida atualmente.
E vamos parar aqui por que é foda tentar explicar coisas mínimas para langos.

Cruzeirão

Maravilha a raposa...
Com uma vitória por 6 a 5 nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal, o Cruzeiro bateu o São Paulo nesta quinta-feira, no Pacaembu, e conquistou pela primeira vez em sua história o título da Copa São Paulo de juniores.
Agora é torcer pra o Cruzeiro manter essa molecada pro Campeonato Mineiro e o Brasileirão.

Explicando

Jornais, rádios, TVs e a própria polícia noticiaram hoje a prisão de um hacker em Curitiba e que estava lesando uma empresa de Maringá. Tudo errado. Quem utiliza a rede pra prejudicar os usuários é chamado de Craker. O hacker é o cara "do bem". Na verdade, os dois, o hacker e o cracker, são experts em computadores, pessoas que tem domínio e habilidade quando o assunto é programações e sistemas.
Um hacker é um programador inteligente. Um bom "hack" é uma solução inteligente a um problema de programação e "hacking" é o ato de a criar. Um cracker é sim, aquele que todo mundo acha que é o hacker. É alguém que penetra o sistema de computação de outra pessoa, normalmente numa rede; quebra palavras-chave ou licenças em programas de computadores; e de outras maneiras possíveis quebra intencionalmente a segurança de sistemas.
Zefinimos?

Nova Câmara

Formação acadêmica da nova Câmara será de alto nível
No quesito formação acadêmica, a futura Câmara, segundo levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), será das mais instruídas da história nacional: 413 (80,5%) dos 513 deputados têm curso superior completo. Dos outros 100, 37 (7,2%) têm curso superior incompleto; 51 (10%) cursaram o ensino médio; e 12 (2,3%) têm apenas o ensino fundamental.
De acordo com Antônio Augusto Queiroz, diretor do Diap, a nova Câmara "não vai dever em nada aos parlamentos dos países mais desenvolvidos culturalmente.
Vamos ver se grau de instrução influi no carater e honestidade das pessoas.
(Agência Câmara)

24.1.07

Mao

Hoje dei sorte em minha garimpada em sebos. Achei um livro sobre Mao Tse-Tung cujo conteúdo é bem didático e fácil de se ler. Nada daquela coisa rebuscada tentando fazer do cara um monstro- o que na verdade ele foi mesmo. Uma leitura maneira, cheia de curiosidades sobre a vida do ditador, da infância à morte. O livro tem 160 páginas e apresenta tópicos bem curtos e cativantes.

Nóis na fita

Olha as espécies em extinção: o sobrinho Jonathan (sim, a baleias também usam bonés); mano Beto e tio Lukas, em momento massa no sítio em Erechim. Esse chinelo que estou usando era do Beto e perdi no rio, no dia seguinte a essa foto.
Desulpem aí a falta do fundinho cor-de-rosa.

Meus furtos-3

Essa foi coisa feia. Passei a noite no corró por causa de uma pacote de linguiça calabresa. Foi assim, vou contar: Eu estudava no Colégio Paraná e era bancado pela minha mana. Era 1980 e eu tinha 18 anos. Certa tarde passei na república do Zé Moraes, que estudava na minha classe, e começamos a tomar batida de limão com pinga de alambique- eu sempre odiei pinga, mas nesse dia...- As moças que moravam com ele foram pra a UEM e ficamos batendo papo e tomando batida. De repente bateu uma fome, os dois sem um puto no bolso e com vontade de comer pizza. Zarpamos pro Musamar Colombo pra conseguir algo. Eram quase 7 da noite e o mercado estava fechando. Não tinha ninguém dentro e eu enfiei um pacote de calabresa embaixo da camiseta e saimos pro estacionamento. O problema é que um segurança flagrou o furto; eu quis dispensar, mas já era tarde.
Quando saí com o Zé e virei a esquina do estacionamento o guarda pediu pra eu parar. Saí correndo e ele jogou o cassetete entre minhas pernas, escorreguei na areia e cai, ralando o joelho e perdendo os chinelos.
Aí veio o japonês, gerente do Musa. Pedi pelo amor de Deus pra ele me liberar dos braços do guarda. Nessas alturas o pacote de calabresa já estava de volta à prateleira.
Aí começou o pior. Chamaram a polícia que veio em dupla num fusquinha. Quando vi não sabia se ria ou chorava. Os dois policiais eram da minha classe no Colégio Paraná. O Aparecido e o Antonio.
O Japonês filho da puta me entregou a eles e contou a história. Entrei no fusca morrendo de vergonha mas com uma esperança que eles me deixassem cair fora, por a gente estudar juntos
Mas qual o quê. Me lembro que quando a gente tava saindo do estacionamento do Musamar rumo ao Casarão Amarelo passamos pelo Zé Moraes, que também estudava na nossa classe. Eu olhei pro cara e quase falei que ele também estava envolvido. Mas aí pensei: deixa um só se fuder. Vai pra casa, Moraes.
-Ô Cido, libera, eu cara. Ô Antonio, deixa eu ir embora. A gente estuda junto, né?
-Não dá. Já registraram a queixa e a gente tem que te levar pra cadeia- falaram com aquele jeitão do pessoal que adorava a ditadura. Aí eu fui e me colocaram no corró com mais quatro caras, na maior escuridão. Eu, triste pra burro, pensando em mais uma decepção que estava dando pra família, com um cara cuspindo na minha cabeça
De como eu levei cuspida na cabeça, de como ajudei a engaiolar uma prostituta drogada e de como saí daquele treco às 8 da manhã, todo sujo e descalço correndo pela avenida Paraná, em direção a minha casa, eu conto outra hora.

Cartão bostal

Passei hoje de manhã pela rodoviária velha em direção ao terminal. Estão tirando as rebarbas de metal em volta da mesma. Parei pra ver o frege e pensei: "Nossa. Sem essa cobertura nas laterais o lugar vai ficar tão feio". E ri comigo mesmo, disfarçando pra ninguém perceber.

Meus furtos- 2

Nos 70's, tinha aí os meus 10, 12 anos e já gostava de desenhar, coisa que ainda tento aprender. Durango que a gente era, sem um pardal pra dar água, me habituei a furtar estojos de canetas Sylvapen no Mercado Moura, localizado na avenida Morangueira. Chegou época em que eu possuia cerca de meia dúzia de caixinhas roubadas do mercado do português, o seu Moura.
O básico era entrar no mercado, mecanizar o estojinho dentro do shorts e passar no caixa perguntando se tinha óleo de soja. A moça, filha do dono dizia que não, claro (na época faltava o produto) e eu caia fora com o objeto desejado embaixo da camiseta.
Chegando em casa punha as canetas em cima do guarda-roupa do meu quarto, dentro de uma velha mala de papelão. Até hoje, de vez em quando, sonho que estou subindo numa cadeira pra pegar canetinhas e morrendo de medo de minha mãe me flagrar. Eu vejo as canetinhas e é um sonho muito legal.
Outra coisa em que eu metia a mão era chocolate. Aprendi com o Marquinhos, meu xará, que foi embora pra Campinas em 81 e é quase certeza que já foi pro pau de tanto usar drogas, ele e o Carlinhos, seu irmão. A mãe dele até comprou um caixão e colocou no quarto deles pra ver se assustava mas acho que não assustou porra nenhuma e eles já foram.
Mas, tá... voltando aos nosso furtos... A gente chegava na Mercantil Rodrigues, também na Morangueira, no Moura ou na Casas Fuganti, dava um rolê e enfiava um pacote de três barras de Galak embaixo da camiseta. Na saída a gente perguntava pra moça do caixa se tinha iogurte de uva. Com a resposta negativa, lógico, a gente caia fora dos mercas e se lambuzava de chocolate.
Gibi eu cansei de furtar nas Casas Fuganti, na avenida São Paulo, ao lado das lojas Genko. Até da banca do Tazima, quando o pai dele era quem tocava a banca que ficava na calçada. Cadarço de Kichute eu tinha coleção, pena que só tinha um tênis velho. Mas o cadarço tava sempre novo. O dono do mercado se tocou e tirou os cadarços, que, a partir de então, ficavam nos caixas.
Certa vez a gente tava descendo a rua Vitória, na Vila Esperança, eu e mais quatro amigos. Pulamos um muro, abrimos a porta de uma Kombi e levamos uns 5 quilos de maçãs cada um. Pior que tinha um monte de cachorros no quintal e não deu nada. Parece que eles sabiam que a gente estava faminto e respeitaram. Comemos maça até o cajú fazer bico e ainda levei pra casa. Falei pra mâe que tinha ganhado.
Por essa época a gente voltava do centro (sei lá o que fomos fazer) e passamos por um caminhão estacionado em frente às Casas Moreira. A lona estava solta e não deu outra. O Neno enfiou a mão e trouxe uma lata de salsichas. Aí abriu a porteira. Só eu eu enchi a camisa com oito latas. Descemos o viaduto da avenida São Paulo correndo, e, quando estávamos na metade do caminho, o vigia saiu correndo atrás da gente. No meu desespero enfiei as latas numa tubulação que saia do prédio da Pneumar e continuei no pique. Paramos perto de nossas casas e comemos tudo, sem deixar de cuspir, já que tava dando nojo.
Outra hora eu publico de quando eu fui detido e passei a noite no corró da avenida Paraná, após ser preso no Musamar, furtando um pacote de calabresa.
Tio Lukas já foi muito mau. E pobre.

O treco não tá bom

Ouvi agora propaganda de uma livraria e papelaria chamando para a volta às aulas. Os endereços das lojas não são citados, apenas o telefone pro cliente ligar. Fiquei sabendo que o empresário, gente muito boa, entrou em colapso financeiro e familiar. Há cerca de três meses a dívida já passava de 1 milhão de reais.

Ensino

Olhaí: o MEC tenta derrubar a liminar concedida à Uningá para a abertura de curso de medicina na cidade. Cá pra nós... 100 vagas por ano pra um curso de medicina não é uma megalomania e um perigo para a nossa saúde no futuro?
(Jacomino Pires)

Jus ao nome

O servidor público Jorge Aparecido Sossai saiu da prisão.

Dog beer



Uma pequena empresa da Holanda lançou uma cerveja para cachorros.
A Kwispelbier, divulgada como "uma cerveja para o seu melhor amigo", é feita de um extrato especial de carne e malte.
A bebida foi criada pela dona de loja de animais Gerrie Berendsen, que queria que seu animal de estimação pudesse compartilhar de um refresco no final de uma atividade conjunta.
A cerveja é não-alcoólica e é apta para o consumo humano. Mas ela custa quatro vezes mais do que uma Heineken.
"Kwispel" é holandês para "abanar o rabo".
Berendsen, que vive em Zelhem, no leste do país, encomendou a cerveja em uma pequena cervejaria local chamada Schelde.
"Uma vez por ano vamos à Áustria caçar com nosso cães, e, no final do dia ficamos na varanda bebendo cerveja. Achamos que o nosso cachorro também merecia uma", disse Berendsen.

23.1.07

Meus furtos- 1

Era véspera do Dia das Mães. Corria o ano de 1973 e a gente não possuia um grão de arroz pra comer e não havia perspectiva pra conseguir algo que nos enchesse a barriga, aos pais e a nós; três crianças com aquela vontade de bater um rango, seja lá o que fosse. Eu tinha 11 anos e não sabia de nada da vida, coisa com a qual já me habituei.
Era cerca de 10 horas da manhã. Entrei na Loja Yanaka, na Brasil, perto da avenida Paraná. Eu usava um calção feito pela mãe. Pensei nela e em nossa miséria, em toda aquela tristeza, o rosto da mãe, sofrido e desgastado me doeu na alma, carente de alguma coisa que a deixasse feliz. Um pouquinho só, nada do outro mundo pra dona Zica. Fiquei zanzando por ali durante uns 15 minutos, olhando os brinquedos e matutando. De repente...
Não deu outra: Passei a mão num buquê de rosas de plástico e saí correndo, atravessando a Brasil, pulando os trens da antiga ferroviária, cortando os carros da avenida Colombo- que na época era um pista comum- e cheguei na Vila Esperança, na nossa casa, morrendo de medo e tremendo.
Escondi a meia dúzia das rosas bregas no jardim, e, no domingo, dei de presente pra mãe. Não me lembro qual foi a desculpa que arrumei pra justificar a aquisição das rosas de plástico. Na casa tinha uma manilha de barro decorada, e a mãe colocou tudo dentro. Me recordo que a gente se abraçou e choramos, sem falar palavra. Com certeza ela sabia que eu havia furtado aquilo, mas nunca perguntou.
Se fosse necessário faria tudo de novo.

De Paula

Recebi esse e-mail do Roberto de Paula no dia 18. Não me lembro se havia aberto antes. Mesmo assim achei bem sigelo, típico dele, e publico no blog, não por falta de assunto, mas por tê-lo achado muito legal:
Lukas, saí da Câmara, como vc deve estar sabendo. Enviei um e-mail peloteu blog mas acho que não foi. Vou mandar de novo. Mandei para o pessoal que cobre a Câmara. Você não cobre a Câmara, mas eu vou mandar pra vc porque o texto é meu e mando para quem quiser e também porque o considero um amigo, ainda que a gente se vê a cada cinco anos. Um abraço.. De Paula

Fartura

A região do Borba Gato, Iguaçu e Bela Vista (onde moro) é muito massa. Como existem vários terrenos vazios, algumas pessoas plantam milho, mandioca, batata-doce, feijão de vara, feijão andú, pimenta, abóboras de vários tipos, caxi, tomate caipira e quiabo.
Um dos precursores foi o Valdemar, o Dema, mas ele teve um derrame e parou de plantar. Quem ainda nos brinda com essas delícias fresquinhas são o seu Nelson, seu Antonio e o Ceará. Sem contar uma turma amiga que joga semente em terrenos e depois autoriza a colheita. Ontem peguei um caxi e uma abóbora pro jantar. Maravilha.

Teoria do escuro

Por anos, tem-se acreditado que lâmpadas elétricas emitem luz. Porém, informações recentes provaram o contrário. Chamamos hoje as lâmpadas elétricas de "Sugadores de Escuro" (S.E.). A Teoria de Sugadores de Escuro prova a existência do Escuro, que este possui massa, é mais poderoso e pesado que a luz e ainda que o Escuro é mais rápido que a luz!
A base da Teoria do Escuro é a seguinte: lâmpadas elétricas sugam o escuro. Tome-se, por exemplo, o S.E. que há em seu quarto. Há muito menos Escuro perto dele do que em outras partes do ambiente. Maior o Sugador de Escuro, maior sua capacidade de sugar. Sugadores de um estacionamento, por exemplo, tem capacidade muito maior do que o de um quarto. Bem, como todas as coisas, S.E.'s não vivem para sempre. Uma vez cheios, eles não podem mais sugar (isto é provado pela mancha preta que aparece em um Sugador cheio).
Uma vela é um Sugador primitivo. Uma vela nova tem pavio branco. Você notará que, depois do primeiro uso, o pavio se tornará preto em virtude do escuro por ele sugado.
PROVAS:
O Escuro tem massa. Quando o Escuro entra no S.E., a fricção com este gera calor, motivo por que não é recomendável tocar num Sugador em operação. Velas representam um problema especial porque o Escuro necessita deslocar-se para dentro de um pavio solido, ao invés de um vidro transparente. Isto gera uma quantidade muito maior de calor; pode ser perigoso tocar numa vela em operação.
*O Escuro é mais pesado que a luz. Se você nada na superfície de um lago, vê muita luz. A medida que você vai descendo, vai ficando mais e mais escuro. Numa certa profundidade, a escuridão será quase total. Este fato ocorre devido ao Escuro (mais pesado) ir ao fundo enquanto a luz (mais leve) flutua para a superfície.
*O Escuro atrai Escuro. O imenso poder do escuro pode ser utilizado para o bem do homem. Podemos coletar o escuro que submergiu no fundo de rios e lagos e empurrá-lo, sem ser necessário separá-lo da água, para turbinas de usinas que se ligam a Sugadores de Escuro na cidade.
Finalmente, o Escuro é mais rápido que a luz...
*Se você permanecer em um quarto iluminado em frente a porta de um armário fechado e escuro e vagarosamente abrir a porta, você verá que a luz entrará vagarosamente no armário. Mas o Escuro é tão rápido que você não será capaz de vê-lo saindo do armário.
Concluindo, os S.E.'s fazem tudo para que nossas vidas sejam mais fáceis. Portanto, da próxima vez que você olhar para uma lâmpada elétrica, lembre-se de que ela é, de fato, um Sugador de Escuro!
(Humor na Ciência)

Ponto de vista

De leitor da Falha de São Paulo desta terça-feira. Achei boa a análise feita por ele.
"Os analistas econômicos ou praticantes do jornalismo ligeiro comentam os índices de crescimento da China e da Índia e babam. Invejam-nas e praguejam contra o presidente Lula, incapaz de performance igual aqui nos trópicos americanos. A China cresce a 10% ao ano porque, sendo economicamente um país capitalista, politicamente é uma ditadura dura, duríssima, fantasiada de socialista. Lá o partido faz o que quer. Quem não segue, morre.
A Índia, com o seu sistema de castas e sua pobreza infame, pode crescer 20% ao ano que continuará miserável por milênios. Há alguns anos, houve uma discussão entre a oposição e o prefeito de Calcutá. A oposição dizia que, na cidade, havia 2 milhões de pessoas vivendo nas ruas, o alcaide minimizava, dizendo que era 'apenas' 1 milhão."

Preço justo

Da Folha de São Paulo (aquela) desta terça-feira:
O governo ampliou a isenção fiscal dada a compra de computadores de mesa (desktops) e notebooks. Serão beneficiados agora os equipamentos que custem até R$ 4.000.
Quem sabe agora a Câmara de Maringá pode renovar aquelas sucatas compradas por quase 12 mil.
(Prof. Firmino)

22.1.07

Cada uma

Hoje, por volta de meio-dia, dei uma força pra dona Iraci, uma senhora de cerca de 60 anos. Ela queria ir na TV Bandeirantes falar com o Pinga Fogo. Nos encontramos no ponto de circular na avenida Brasil. Nunca havia visto antes, mas eu sou pródigo pra essas coisas.
-O senhor sabe onde eu posso falar com o Pinga Fogo, qual circular eu pego?
-Vamos juntos, eu pego a 466 e é caminho. Aí eu ensino pra senhora onde descer.
Curioso que sou, já fui perguntando o que havia ocorrido.
- Eu fui na igreja Universal lá da Getúlio Vargas e falaram que eu tava com o demônio no corpo. Me seguraram pelo cabelo e começaram a bater minha cabeça contra a parede. Tive que ir no Santa Rita [hospital] e levei seis pontos. [Ela mostra a cicatriz no cocoruto]. Procurei um advogado e ele disse que não podia fazer nada pra me ajudar. Você acha? Eu com demônio no corpo? Agora eu vou no Pinga Fogo pra ver se ele me ajuda a processar a igreja.
-A senhora paga dízimo pra igreja? -pergunto
-Não, mas o meu marido paga.
-Quanto?
-180 reais por mês.
-Faz muito tempo?
-10 anos.
-E o marido da senhora faz o quê?
-Ele é aposentado.
Aí eu não falei mais nada e ensinei como ela deveria chegar à TV. Ela desceu com seu corpinho magro e feio, onde diabo algum teria coragem de encarnar, e caminhou, decidida, lá pras bandas da televisão, em busca de ajuda do apresentador.
Quanto a mim, coube descer no ponto, ir pra casa, deixar todos os demônios lá do lado de fora e curtir mais uma tarde abençoada por Deus.

21.1.07

Lei ?

Coisa estranha. Há cerca de um mês a polícia "estourou" dois locais que faziam manutenção de máquinas de apanhar bichinhos de pelúcia. Segundo eles a coisa é proibida, "brinquedos vindos da China, com sonegação de impostos" ... e a mídia repercutiu até o talo. Alguns jornais deram até manchete. Mas, a coisa voltou com tudo logo após essa "mega-operação".
O que tenho visto dá a entender que as polícias apreenderam e agora estão sub-locando as maquininhas. Só na Vila Operária já vi duas delas em operação. No bar da Wanda, na avenida Brasil e na Lanchonete Asa Branca, na avenida Riachuelo, que mantém, também, uma máquina de caça-niquel dentro do depósito de bebidas há mais de um ano. (orientação às autoridades: entrando no bar, ao fundo, do lado direito fica o banheirinho. À esquerda, o local da máquina). Sem contar o tunguete nos fundos de um barzão em frente ao Supermercados Bom Dia, na avenida Brasil, perto da igreja São José.
Eu duvido que a poliça não saiba. Enquanto isso o binguinho do frango assado no boteco do Toninho, lá no Borba Gato, foi pro pau.

20.1.07

A direitona e a vida humana

Sete dias depois do pior acidente na história do metrô de São Paulo, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) ainda não se manifestou sobre as vítimas. Contra o tucano pesa a crítica de ter feito uma contratação que deu autonomia ao Consórcio Via Amarela de se auto-fiscalizar na execução da obra.
O também ex-governador Cláudio Lembo (PFL) não quis comentar o assunto. Segundo sua assessoria, o pefelista está evitando falar do acidente, mas não explicou os motivos. O governador José Serra (PSDB) durante a semana, disse que a forma de contrato não tem relação direta com o acidente.

Parece piada

Essa me foi contada pelo mano que é delega da PC lá em Erechim. Em seu plantão recebeu um rapaz todo arrebentado de porrada e sangrando muito. Ao perguntar à PM, que o havia detido, qual o motivo daquilo, recebeu como resposta o seguinte:
"Foi assim, doutor... nós recebemos uma denúncia do roubo de um aparelho de som, fizemos o cerco, a vítima deu as características do meliante e prendemos esse vagabundo aí. Ele mostrou o controle remoto do aparelho de som e se negou a dizer onde estava o resto. O jeito foi ir pra cima dele pra ele confessar".
Bate daqui e dali, e o rapaz tentando explicar aos PMs onde estava o aparelho de som furtado. Ao recolher da PM o objeto do roubo, o mano descobriu que se tratava de um MP3 player-desses que armazena milhares de músicas e a pessoa usa dentro do bolso da camisa.
"É isso aqui doutor. Só nos entregou o controle remoto. O aparelho de som ele não fala onde escondeu".
É mole?

19.1.07

Terra largada

Hoje de manhã, após entregar o material no jornal e ficar na boa, voltei pra casa, peguei a bike e fui lá no Borba Gato. Bati um papinho com o pessoal da área, coisa que o amazonense deveria fazer de vez em quando. Os moradores estão bravos e decepcionados com esse rapaz aí, que tá na prefeitura.
" Eu nunca vi tanto lixo acumulado em frente de casa. Pior que quero inaugurar o local [um salão de festas pra crianças no térreo do sobrado] e dá até vergonha se essa mosquitaiada invadir o salão". (Dono de um espaço, na avenida Nildo Ribeiro).
" O pessoal da roçada não passa faz tempo e quando passa faz o trabalho nas coxas. Varredor de rua tem uns 8 meses que não vejo um aqui na área" (João Antonio- morador da rua pioneiro sei lá o que, no Jardim Iguaçu)
"Minha casa tá infestada de moscas. Não dá pra fritar um bife que elas invadem a cozinha e a casa inteira. Acho que é esse acúmulo de lixo na região. Sem contar esse mato que faz uns seis meses que não cortam" (Esequiel)
"Lá no Jardim Verônica o mato tá quase um metro entrando na rua. Só não cobriu tudo porque os carros passam e vão alisando o miolo da rua. Parece carreador de sítio" (Pedro)

Pensamento

É certo, límpido e claro que DEUS É FIEL. Mas isso não quer dizer que ele torce pro Corinthians.
(Jacomino Pires)

Ilusão

Chamada de capa de O Diário desta sexta: 'O Ilusionista' estréia hoje em Maringá.
Aí o noqueiro pergunta: "Mas o ilusionista não estreiou em primeiro de janeiro de 2005 ?".

Os tais

Olha só o que eu achei na sessão de cartas de O Diário on Line. É o trecho de e-mail de um maringaense que está trabalhando em Londres, um tal de Rafael Silveira. Corrobora aquilo que eu escrevi sobre a xenofobia gaúcha:
(...) se vc for um dia visitar o Brasil, vá para o Sul. Esqueça o resto, pq o resto é só o que mostram.Vá para o Sul, a melhor área do Brasil. Qdo digo que sou brasileiro, na verdade me considero mais sulista do que brasileiro (...)

18.1.07

Coisa linda

Texto do escritor e jornalista uruguaio, Eduardo Galeano. Quem ler por último é mulher do Ronald. Clica aí.
http://agenciacartamaior.uol.com.br/templates/postMostrar.cfm?blog_id=1&post_id=90

17.1.07

Anos 80

Um dos melhores blogs da rede, na minha opinião. Indicado pra quem tá nos quarentinha, feito eu. Música dos anos 80, com muita informação e curiosidades sobre bandas e cantores. Viaje pelos arquivos do blog que vale à pena. Também é possível ouvir músicas da época.
http://dear80s.blogspot.com/2003_11_01_dear80s_archive.html

Sobre o Sul

Após dar um rolê de cinco dias em Erechim (82 mil habitantes), constatei o seguinte:
* Os gaúchos pensam que o universo gira em torno do Rio Grande do Sul. " Primeiramente eu sou gaúcho; depois eu sou brasileiro", é frase muito dita por aquelas bandas.
* Em Erechim, 99% dos motoristas não usam cinto de segurança.
* Pedir informação pro pessoal é perda de tempo. Eles tratam a gente muito mal. Acho que é por má vontade ou eles são burros mesmo.
* Não existem botecos, desses que a gente vê por aqui, onde o peão toma um lavradão.
* Aos sábados, à partir de uma da manhã, você não encontra um único restaurante ou pizzaria abertos.
* O número de bicicletas é diminuto. Contei três pessoas pedalando, por esporte.
* O transporte urbano é insignificante. Em duas horas, vi 11 ônibus trafegando numa das principais avenidas da cidade. Era hora de rush.
* O maior prédio (são poucos) tem 14 andares.
* O sotaque do povo é horrível. E o pior é que meu mano já pegou o jeito do "tu sabes?". (Meu Deus!).
* Se o noqueiro aprecia mulher bonita... fique em Maringá.
Resumindo: Ultimamente Maringá tá uma porcaria, mas é bem melhor que Erechim.

12.1.07

Fuck of

O juiz federal substituto da 1ª Vara de Guarulhos (SP), Antônio André Muniz Mascarenhas de Souza, determinou que o governo federal fiscalize o uso da língua portuguesa em anúncios publicitários pelo país, em combate ao estrangeirismo.
Expressões como "sale", "off" e "summer", comuns nas peças publicitárias, deverão ser acompanhadas de tradução na língua nacional, com o mesmo destaque da estrangeira. A medida vale para termos em qualquer língua, mas afeta principalmente palavras em inglês, as mais usadas por anunciantes.

De rosca


O corpo do cantor James Brown ainda não foi enterrado, mais de duas semanas após sua morte, aos 73 anos. Não bastassem os quatro velórios que foram realizados, o funeral vem sendo adiado por indecisão da família quanto ao lugar onde será enterrado o corpo e por uma disputa legal por sua herança.
Por enquanto, o corpo de James Brown está em um caixão lacrado em sua casa na Carolina do Sul.

11.1.07

Mas bah, tchê!

Amanhã parto com o sobrinho e a namorada dele para Erechim (foto), no Rio Grande do Sul, visitar o mano Beto, que não vejo há seis anos.
O sobrinho e Ludmila voltam no próximo sábado, de carro. Eu zarpo de volta na terça ou quarta, de ônibus.
Serão cinco dias de forga. O mano Beto é delegado da PC. Quero ver a gauchada mexer com tio Lukas.
Ele tem uma chácara na zona suburbana da cidade. Já falei que quero comer costeleta de carneiro e ganso assado no café da manhã.
O Casa volta na quinta-feira.
(P.s.: para esse post só faltou um fundo cor-de-rosa, tipo diário de adolescente na rede)

O tempo avua

Hoje está fazendo quatro anos que morreu Jorge Luiz Souza Lima. Ator, dançarino, transformista e comediante de teatro, TV e cinema; destacou-se com o personagem Vera Verão no programa A Praça é Nossa, no SBT.

Michael Moore

Chupei do blog do Emir Sader. A carta do cineasta Michael Moore dirigida ao Congresso americano. A coisa é de novembro do ano passado, mas é atual e vale uma lida. Clica aí. Os comentários dos leitores do blog também são interessantes.
http://agenciacartamaior.uol.com.br/templates/postMostrar.cfm?blog_id=1&post_id=78

10.1.07

Empregão

De acordo com um levantamento, a melhor empresa pra se trabalhar nos Estado Unidos é o Google. Olha só a mordomia (noves fora o polpudo salário) : Lavanderia, restaurante à la carte (sem bandejão), sala de massagens, spa com piscina e local pra guardar o cachorro.
Pra saber a história do Google, clica aí.
http://undergoogle.com/blog/2006/04/histria-da-google.html

Bobagem

Saiba quem chegou ou se foi, no mesmo dia de seu nascimento. Clica aí.
http://www.perguntascretinas.com.br/tudo-sobre-data-de-aniversario/

Ainda o YouTube

Duas cartas de leitores da Folha de São Paulo, desta quarta-feira:
"Alguém deveria dizer a Daniela Cicarelli que, quando se quer privacidade, faz-se o que se quer, mas "entre quatro paredes". Nada justifica a ordem de tirar o YouTube do ar, até porque temos lá vídeos sérios e educativos. A Cicarelli, que já representava uma vergonha para o sexo feminino, não tem limites para chamar a atenção, tentando de todas as formas fazer o seu marketing pessoal."

"A infeliz idéia de um certo juiz, de proibir o acesso ao YouTube por brasileiros, é, no mínimo, estapafúrdia. Em vez de multar a madame por atos imorais e cenas de sexo em plena praia, à vista de todos, quer cegar pessoas curiosas e impedir também o acesso de milhares ao site que contém informações e divertimento. Por certo o meritíssimo nunca assistiu a uma minissérie da Rede Globo."

9.1.07

YouTube de volta


Depois de exigir nadar com todos os funcionários do YouTube, a Cicarelli permitiu, finalmente, que o site fosse desbloqueado para acesso dos internautas. Podem entrar ai! Em todos os sentidos.

Crumb

Hoje de manhã fui pagar minha conta na Banca do Tazima, disposto a não fazer mais dívidas neste mês;
Zerado o débito, ao invés de correr pro ponto de ônibus, a fim de não perder o transporte pra casa, olhei pro lado esquerdo da prateleira. Maior roubada... quase caí de costas... dei de cara com três álbuns do Robert Crumb: Fritz The Cat (acima) ; Mr. Natural e Bob & Hary- Dois Anti-Herois Americanos. Este último com desenhos de Crumb e texto de Harvey Pekar.
Eu ia levar apenas um álbum, mas o Tazima é gente fina demais. " Leva os três. Paga quando e como você puder, chefe", disse, já marcando na fichinha do tio Lukas.

8.1.07

Isso é Brasil


Por causa da prostituta de luxo, milhões de internautas foram privados do acesso ao site YouTube. A gente tem culpa que a piranha foi dar prum libertino lá numa praia horrorosa da Espanha, e que um babaca filmou e colocou na Web?

7.1.07

Lara Croft


A heroína Lara Croft, uma das personagens mais cativantes dos videogames, ganha uma versão para comemorar os dez anos da série. O jogo Tomb Raider: Anniversary, é uma versão melhorada graficamente do primeiro jogo da série (em minha opinião, o melhor) que vendeu mais de 7 milhões de cópias. Nesta edição, Lara Croft visita a Europa, Peru, Egito e a fantasiosa Atlantis. Tomb Raider: Anniversary será lançado em junho nos EUA e deve chegar aqui lá por setembro.

Detonando o Brasil


“Num país onde vale tudo, qualquer coisa pode acontecer”: é com esse slogan que a Fox Atomic apresenta seu filme rodado no Brasil e que conta a historia de um grupo de turistas americanos que vem passar férias e acabam sendo roubados, mortos e tendo seus orgãos tirados por uma organização criminosa brasileira.
Os criticos americanos condenaram esse filme ridiculo. Leia duas criticas: “Se burrice fosse crime, os idiotas desse filme barato estariam presos.” New York times
“Mais da metade do longa é construído em cima de idéias idiotas” Los Angeles Times
Vi o trailer num site. Além de um acinte, o filme é muito ridículo, com aquela moçada tipo Malhação. A fotografia é um lixo. A lambança estreou em dezembro nos EUA (aquele paraíso). Se algum cinema local ousar passar essa trolha vamos lá protestar, ou, quem sabe, tacar fogo.

YouTube

Comentário no site br-Linux.org:
Duas coisas me assustam nessa história [a censura ao YouTube]: primeiro, como pode um filme feito no exterior [Turistas], por um estrangeiro, causar transtornos legais no Brasil? Qual a base legal para proibição, violação dos direitos autorais? Difamação e calúnia não pode ser, pois o fato aconteceu de verdade. Invasão de privacidade também não, pois eles transaram numa praia pública, não foi dentro de um quarto de motel.
E em segundo lugar: como pode um juiz acatar um pedido desses? Só vejo duas hipóteses possíveis: estupidez ou má-fé. Ou o cara é muito burro e não tem a mínima noção de como funciona o Youtube ou está ganhando algum por fora. Se eu tivesse que apostar, ficaria com a segunda opção.

Cenas do HM

Um amigo, diabético, alcoólatra e fumante contumaz, foi internado no Hospital Municipal em 30 de dezembro após sofrer convulsões que lhe provocaram hematomas no braço esquerdo, devido a um descontrole emocional.
Se debateu muito no chão da sala de sua casa. O pessoal do SAMU chegou em 20 minutos e o levou para o Hospital Municipal. Batemos um papo no boteco nessa manhã. Segundo ele, o atendimento foi excelente (não é a primeira vez que ele é internado).
Dividiu um quarto com um rapaz, dono de uma bicicletaria localizada na avenida Guaipó. A úlcera de seu companheiro de quarto não o impediu de fugir do hospital. O fato ocorreu na manhã de ontem, sábado.
"De manhãzinha ele tirou a roupa que dão lá no hospital pra facilitar a identificação; colocou o calção e a camiseta que era dele, saiu do quarto e foi lá pro portão da entrada de ambulâncias. Quando chegou uma, ele se prontificou a ajudar a carregar a pessoa que estava sendo atendida, pra dentro do hospital. Aí pediu carona pro pessoal do SAMU e os caras deixaram ele na praça da Catedral", disse.
Comentei sobre o furtos que ocorrem no HM. " Não é só material do hospital que eles estão roubando. A moça (atendente) pediu pra gente deixar as janelas fechadas porque estão entrando nos quartos e roubando celular, carteira e dinheiro dos internos", acrescentou, ao lado de uma cerveja e um copinho com raíz amarga. Não tem jeito.

Números da guerra no Iraque

* 52.810 a 58.408 civis iraquianos morreram desde a invasão, em março de 2003
*5.937 policiais e militares iraquianos foram mortos desde junho de 2003
* 3.004 soldados americanos morreram no Iraque
*22.565 soldados americanos foram feridos em ação
* 250 soldados da coalizão morreram em ação, dos quais 127 são britânicos
E o maluco-carniceiro da Casa Branca vai propor o envio de mais 35 mil soldados ao Iraque.

6.1.07

Nissin

Morreu aos 96 anos de um ataque cardíaco, Momofuku Ando, considerado o inventor dos macarrões instantâneos japoneses na década de 50. Ando foi fundador da empresa Nissin Products. Em julho de 2005, a Nissin produziu um macarrão especialmente para ser consumido pelo astronauta japonês Soichi Noguchi, durante uma missão espacial da nave "Discovery".
O noqueiro que nunca chegou em casa de madrugada depois de uma noitada daquelas e não traçou um Miojo, que atire a primeira pedra.

5.1.07

Abóboras

Se o noqueiro não tem o que fazer, clica aí. Passatempo besta que vale mais pela animação. Eu consegui fazer 175 pontos.
http://www.nothingtoxic.com/media/1167963952/Bashing_Pumpkins

São Pedro tem culpa?


A chuva que atinge a região sudeste já matou 24 pessoas. No estado do Ri0, a Baixada Fluminense e a Região dos Lagos foram as mais atingidas. Muitas famílias tiveram que deixar as suas casas.
O governador Sergio Cabral disse que vai comprar uma bota e entrar nos rios Iguaçu e Sarapuí que transbordaram (foto) para participar de um mutirão que será realizado no próximo dia 20, a fim de retirar pneus e garafas PET jogados nos rios.

Serra

De um leitor do blog Amigos do Presidente Lula:
O Serra pode ser tudo o que os seus fãs dizem: sério, inteligente, organizado, tem visão geral do país, etc. etc. Mas lhe falta uma coisa essencial para um presidente da República: inspirar confiança, esperança, otimismo, crença no futuro e nos bons propósitos do candidato na maioria da população brasileira, maioria esta que elege, porque minoria não elege ninguém.
Pra isso só fazendo uma cirurgia plástica e mental, porque ele tem cara de maus bofes, cara de gente compulsivo-obsessivo, cara de depressão, cara de raivoso, cara de quem tem não tem o menor senso de humor; como se tivesse sempre uma nuvem negra pairando sobre a cabeça dele, um ar de mau agouro, de ave agourenta.
Todo mundo fica com uma aparência melhor quando sorri e ri; o Serra não, o sorriso não combina com a cara dele, fica como se fosse uma máscara mal colada, mais um rictus do que um sorriso. Quando me sorri, me lembra aquele personagem do Batman que o Jack Nicholson fazia, que tinha aquele sorriso pregado e pespegado na cara. Qual é mesmo o nome do personagem?

Objeto

Artigo interessante na Folha de São Paulo de ontem. Clica aí.
'A cerveja e o assassinato do feminino'
Para assinantes do jornal ou do UOL . (obrigado, Issamu)

Business


Uma empresa dos Estados Unidos, especializada em fabricar bonecos inspirados em pessoas conhecidas, está usando a morte do ex-ditador iraquiano Saddam Hussein para ganhar dinheiro. A Herobuilders, empresa de Connecticut, vende um boneco de Saddam com a corda no pescoço por US$ 24,95.
O boneco, de cerca de 30 cm, pode ser comprado pela internet no site da Herobuilders, onde está exibida a imagem do produto: Saddam Hussein, vestindo uma camiseta branca com a frase "Dope on a rope" [algo como "Idiota na forca"].

Mouse

4.1.07

Zerado

Computador arrumado, voltamos. Mas com a cabeça vazia pra criar, e sem novidades. Tô terminando a coluna do jornal de domingo. Amanhã volto com tudo até o talo!

3.1.07

Fora do Ar!

Estamos falando de um posto avançado, voltamos a postar quando o computador principal estiver arrumado.
Em breve voltaremos!!!!!

2.1.07

Coletiva Cidade Canção

Pergunta formulada pelo enviadão do Casa, durante entrevista coletiva do prefeito, nessa tarde: "Excelentíssimo prefeito, autoridades presentes, nobres colegas de imprensa, meninos e meninas, Eduardos e Mônicas, Eduardos e Clarices, fotógrafos e fotógrafas, senhores assessores, digníssimos...
(Gritos de "Pergunta logo, porra!!!).

"Quando é que o senhor vai cumprir o que prometeu tudo até o talo no eleitor maringaense?"
Diante da pergunta mal-formulada e do constrangimento de todos os presentes, nosso enviadaço especial foi convidado por 26 policiais militares a deixar o recinto.

Garrafinha d'água

Nesta terça-feira mais um soldado americano morreu no Iraque. Já são 3002 desde a invasão, ocorrida em 20 de março de 2003 (cabalismo à parte reparem os números -atentei a isso agora : 20/03/2003, 3002 mortos).
Mas não era sobre isso a postagem. A gente até fica com dó dos caras, lá nos cafundós, longe da família, obecendo ordens de um carniceiro. Mas, quando eu assisto a um vídeo desse tenho vontade de que todos vão pro inferno.
Clica aí:
http://www.youtube.com/watch?v=m9A_vxIOB-I

Perdão, leitor

- Consumir lentilhas na passagem do ano traz bastante dinheiro às pessoas.
- Por que você diz isso?
- Meu pai vende lentilhas e está milionário.
---------------------------------------------------------------------------
- Usar roupa branca no Réveillon atrai dinheiro e prosperidade.
- Por que você diz isso?
- Tenho um irmãoque é dono de uma confecção lá em Cianorte.
---------------------------------------------------------------------------
-Meu primo foi passar o Réveillon na praia com a mulher e os dois filhos e, à meia-noite, foram pular sete ondinhas pra trazer sorte. À meia-noite entraram no mar.
- E daí?
- Daí que pularam seis ondinhas. A sétima era um tsunami!
---------------------------------------------------------------------------
- Na passagem do ano eu coloco três sementes de romã na carteira. Isso ajuda a atrair dinheiro.
- Deixa eu dar uma olhada nessas sementes.
- Não vai dar. Ontem à noite fui assaltado e a levaram com 145 reais dentro.
---------------------------------------------------------------------------
- Na passagem de ano deve-se comer carne de porco, porque eles focinham pra frente, e isso traz sorte e progresso.
- Vai te catar, véio. Se isso trouxesse sorte e progresso nenhum porco morria e eles já estariam dominando o mundo.
---------------------------------------------------------------------------
(Risos moderados, pra não atrapalhar o show de fogos)

Com o pé esquerdo

Comecei mal o ano de 2007: Esqueci R$4,32 em alcatra no caixa do mercado. Era parte do meu almoço. Quando cheguei em casa e abri a mochila reparei o furo; peguei a bike e zarpei para resgatar a carne de bicho morto. Já era. Alguém, naquele rolo de compras, colocou na sacolinha e vai almoçar bem hoje.
Tio Lukas foi de zoião. Fazer o quê, né?

Com o pé direito

Comecei bem o ano de 2007 e a terça-feira:
1) O álbum com os Primeiros Quadrinhos Brasileiros, do italiano naturalizado brasileiro, Angelo Agostini (1843-1910), contando a aventuras de Nhô Quim & Zé Caipora, me foi dado de presente pelo grande jornalista Montezuma Cruz, repórter de O Diário.
São 192 páginas com desenhos primorosos e que conta uma boa parte de como se vivia no Brasil na transição entre o séc. 19 e 20.
Muito humor, crítica social e grandes aventuras. É pra ler e reler.
Obrigado, Monte.
2) Por acaso conheci o noqueiro Nebe, que posta comentários aqui no blog. Ambos estávamos descendo da circular no Borba Gato e ele me reconheceu. Conversamos por cerca de 40 minutos sobre diversos assuntos, principalmente sobre política e blogs, enquanto a chuva não dava trégua. Muito gente fina.

1.1.07

Chuva em Brasília

Momento em que o presidente Luis Inácio Lula da Silva era empoçado.

Mídia x Lula

Trecho do discurso de posse do presidente Lula, nesta tarde:

O povo fez uma escolha consciente. Mais do que um homem, escolheu uma proposta, optou por um lado. Não faltaram os que, do alto de seus preconceitos elitistas, tentaram desqualificar a opção popular como fruto da sedução que poderia exercer sobre ela o que chamavam de "distribuição de migalhas".
Os que assim pensam não conhecem e não entendem este País. Desconhecem o que é um povo sem feitores, capaz de expressar-se livremente. O que distribuímos - e mais do que isso: socializamos - foi cidadania. Este povo constitui a verdadeira opinião pública do país que alguns pretenderam monopolizar.
(Folha de São Paulo, Rede Globo, Estadão, Revista Época e Veja tomaram na tarraqueta!!!!)

Heródoto Barbeiro

O jornalista Heródoto Barbeiro (CBN e TV Cultura) se recupera de um susto tomado dias antes do Natal. Ele foi internado com dores no peito e descobriu uma lesão em uma artéria, que lhe trazia risco de infarto. Passou por cirurgia para colocação de prótese mamária e agora passa bem. Já voltou até a fazer exercícios leves. (MônicaBergamo)

Sou fã do cara. Pra mim é um dos melhores jornalistas do país. Ética e credibilidade chegou ali e parou, sem contar que ele tem muito bom humor.

Anônimos no blog

Mais uma vez, vamos lá: comentários de pessoas "anônimas" não mais serão aceitas no blog. Peço descupas para uma pessoa que fez um comentário legal hoje, mas, como não se identificou, tive que deletar.