30.4.10

Coisa vergonhosa



Sempre que posso falo de livros e da importância da leitura aqui no Casa. E agora vejam um dado triste divulgado hoje pelo Ministério da Cultura através de levantamento: no Brasil há 420 municípios onde simplesmente não existem bibliotecas públicas municipais.
O estado que menos possui bibliotecas é o Maranhão com 61 municípios; São Paulo, 50 e Minas Gerais, 46. Vejam só: São Paulo, o estado mais rico da Federação.

No Paraná, 26 municípios não contam com bibliotecas públicas. Entre os conhecidos da gente, e alguns até da região: Juranda, Jardim Olinda, Atalaia, Guaratuba, Borrazópolis, Ivatuba, Xambrê, Porto Rico, Presidente Castelo Branco e... Sabáudia, entre outros.
Veja os dados completos aqui.

Gratidão

Jabor

O blog Sandálias do Pirata fala sobre o escroto-mor Arnaldo Jabor e sua admiração por Carlos Lacerda. Clica aí:

MAIS UMA DO MANÉ!

Discernimento

De leitor da folha de sampa, desta sexta-feira cavernosa:
"Acabo de ler que Lula foi eleito um dos líderes mais influentes do mundo segundo a revista 'Time'.
O presidente do Brasil tem sido elogiado sistematicamente fora do Brasil. No entanto, aqui dentro ele é depreciado pela grande imprensa, apesar de aprovado pela população. É um fenômeno difícil de entender.
Não se trata de enaltecer a figura do presidente, mas sim de reconhecer o valor que ele tem."

29.4.10

Enquanto isso, na Barão de Limeira...


O diretor editorial da Folha de S. Paulo, Otavio Frias Filho, ameaça de suicidar após saber que a revista Time escolheu Lula- o analfabeto, bêbado, corrupto, incompetente e estuprador- o líder mais influente do mundo.
(Ripado do Esquerdopata)

O operário nordestino

O Presidente Lula foi eleito nesta quinta-feira (29) pela revista americana “Time” como o líder mais influente do mundo. Ele encabeça o ranking de 25 nomes e é seguido por J.T Wang, presidente da empresa de computadores pessoais Acer; do chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, almirante Mike Mullen; do presidente do Estados Unidos, Barack Obama (4º lugar) e da presidente da Câmara de Representantes dos EUA, Nancy Pelosi (5º).
A lista mostra os 100 nomes de pessoas mais influentes do mundo em diversas áreas –líderes da esfera pública e privada, heróis, artistas, entre outros.

Nóis merece?

A TV maringaense na hora do almoço é uma lástima. Num canal, um sujeito parvo fica batendo na mesa com um sapato. Você vai pra outro e dá de cara com um velhote pra lá de esquisito dando porrada na mesa com um vassoura. Sem contar outras bobagens em programas similares.

Colorido












Depois das pulseirinhas, vem aí mais uma moda que vai render lendas urbanas, sacanagem e muitas notícias na imprensa: o esmalte fosco.

Evolução

Aqui não

É muito fácil denegrir a imagem de pessoas e movimentos sociais escondido atrás de um teclado e do anonimato. Por isso, antes que trolls disfarçados de democratas, venham dizer que o Casa censura comentários, vale afirmar que discussões saudáveis, sem agressões, com condutas civilizadas e idéias lúcidas são bem-vindas. No caso de um basbaque que se intitula Serra Serra Serrador aconselhamos a jogar sua isca em outras plagas a partir de agora.
Publiquei seu comentário em resposta (?) ao Wilson Alves Walter na postagem "Futebol ?" apenas para os noqueiros saberem como age essa gente desqualificada. Reparem na virulência e falta de referências ao que ele escreve. Assim são os trolls.

Guerra elitista

"A oposição irá para a campanha na vergonhosa condição de fingir que não é oposição, que concorda com o que sempre atacou, que quer melhorar o que tentou, a todo o custo, destruir. Os eternos adeptos da ideia de que o Brasil não pode, não dá conta e não consegue, agora, empunham o discurso de que o Brasil pode mais".
O artigo é de Arlete Sampaio. Eu recomendo a leitura. Clica aí:
A ideologia da direita é o medo

Vigilância 24 horas

Até isso a folha releva a fim de cutucar a candidata do PT. "Notícia" importantíssima na edição de hoje, no caderno Brasil:
Dilma Rousseff costuma trocar nomes de cidades e pessoas em discursos de improviso. Ontem, o deslize ocorreu numa entrevista produzida por sua assessoria. Ela se referiu ao presidente em 1909 como sendo, "eu acho", Arthur Bernardes. Na verdade, Affonso Penna foi o presidente até junho, quando morreu. Nilo Peçanha assumiu. Bernardes só ocuparia o cargo em 1922. Dilma não se manifestou.

Aí o noqueiro pergunta: errou o nome de um presidente. Isso é tão importante que ela tenha que voltar a falar sobre o assunto, dar coletiva, se manifestar a respeito?
Então eu tô doido.

Era marolinha mesmo

O sistema de reservas on-line do restaurante Noma, em sampa, requer paciência e teimosia. O sistema entra em colapso à partir de meia-noite (quando começam os acessos) devido ao grande número de pessoas tentando reservas.
As reservas por telefone para até cinco pessoas estão fechadas. Os pedidos de mesa precisam ser feitos com pelo menos três meses de antecedência. Até 9 de agosto, quando o Noma reabre após as três semanas de férias de verão, o restaurante está lotado.

28.4.10

Água

Flamengo e Corinthians estão jogando nesse momento.
Ronaldo, o Fenômeno, está boiando em campo.

Partida decisiva

Classificados

Futebol?



Se o noqueiro acha que alguns torcedores brasileiros são verdadeiros trogloditas e vândalos, olhe só
o que a polícia achou com os torcedores italianos antes do jogo Roma X Lazio.

27.4.10

Longe

Não procede a informação que o site do RIGON passará a se chamar RIGOFF.

Cartunzinho

26.4.10

Gary Larson

TV

- O SBT vai passar Férias Frustradas, hoje à tarde (14h15). Pra mim, uma das comédias mais inteligentes e engraçadas já produzidas. Chavy Chase arrebenta com sua mania de sabichão e a cara de panaca.

- Sandy foi eleita a artista mais sexy do Brasil em enquete do site de música Vagalume. A cantora recebeu 50.220 votos de um total de 931.245 contabilizados na pesquisa.

- Vendo os gols do chocho Campeonato Paranaense pela RPC, agora à pouco. O locutor narrando os gols e resultados com um rock horrível, de gosto pra lá de duvidoso, como fundo musical. Ridículo. Alguém tem que chacoalhar a cabeça do pessoal da capital.

- E no SBT, o enfadonho e previsível Jornal da Massa. Totalmente tendencioso e bairrista, apresentado por um sujeito estranho e comentado por três múmias. Um deles, de nome estranho, parece um robozinho. Botox puro.

25.4.10

Nocadinhas

* Hoje passei grande parte da manhã assistindo desenhos animados da Hannah-Barbera no Youtube. Shazan; Space Ghost; Frankenstein Jr., Mightor; Cavaleiros da Arábia; Dino Boy; Moby Dick... Me lembro que não perdia um nos anos 70/80. Pura diversão. Tempo bom...
* Novamente encarei o caldo de frango, desta vez com pão. Não desceu legal, não. Fui só de caldo mesmo. O cardápio para amanhã é caldo de carne ou frango (opcional), feijão e beterraba. Tudo batido no liquidificador pra dar "sustança".
* Hoje à tarde tomei um copão de suco de couve, limão galego e açúcar. Muito bom.
* E não é que agora à noite eu fui falar com um pessoal que estava aqui em casa e a voz deu ar da graça? Bem fraca, mas saiu. Deu até medo.
* Na verdade a minha voz ficou totalmente sumida por uns seis dias. Há uns três dias comecei a sussurar de maneira quase ininteligível. Hoje tive essa surpresa. Vamos ver.
* A drª Claudia disse que a voz deve voltar ao normal no início de maio. Coisas da radioterapia.
* Tomei meio copinho (de licor) de cerveja pra matar a saudade. Que cheiro delicioso. Desceu redondo, apesar de ser Antarctica, mas não vou abusar. Melhor deixar pra depois.
* Alguns amigos já falam dos rangos que irão fazer pra mim: Cuzcuz; Yakisoba; macarrão com frango caipira e sashimi (em cinco casas diferentes). A Isa vai caprichar num sushi, coisa que ela manja legal. O Nelson do bar vai mandar ver um sarapatel. Ufa!
* Locamos e assistimos A Órfã, hoje à tarde. Medonho e com final inesperado. A mulher perde o bebê durante o parto. Ela e o marido já tem dois filhos- a caçula é surda- muda. Não contentes, o casal vai a um orfanato e adota uma garota de 9 anos que vai mostrar não ser tão garota assim. Eu recomendo.
* Hoje ganhamos o filme A Culpa é do Fidel!, uma produção Ítalo- francesa. Ele conta a história de Ana , uma menina de nove anos mimada pelo conforto da classe média parisiense que tem que se adaptar à nova realidade "igualitária" que os pais, simpáticos ao socilaismo, instituem. Depois eu conto.

Grande padre Luiz

Padre Luiz Knupp veio nos visitar no comecinho da noite. Ele era padre da igreja Nossa Senhora de Guadalupe e foi o mentor da construção da nova sede. Não dá nem pra falar o quanto eu gosto desse cara. Na verdade, eu voltei à Igreja depois de quase 20 anos afastado, depois que o conheci. Vamos nos popular: "ele não existe". Atualmente dirige a paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Marialva.

Os filhotes


A TV Globo surgiu no auge da ditadura militar, quando assinou um acordo com a Time-Life para instaurar seu canal de televisão no Brasil, que rapidamente se tornou o órgão oficial da ditadura militar. Gozando do monopólio de fato e das graças do regime mais brutal que o país conheceu, fundado no terrorismo de Estado, conquistou a audiência que lhe permitiu consolidar-se economicamente.
Leia mais

Não dá pra entender

Hoje tem Santos e Santo André, no primeiro jogo da decisão do Paulistão 2010. É um jogaço? Não sei, porque manjo lhufas de futebol, mas que vai ser bonito e vibrante, ísso é batata. Afinal é uma decisão. Futebol bem jogado, ainda mais numa final, é o que há pra se ver numa tarde modorrenta de domingo. Mesmo com a vantagem numérica (SANTOS contra apenas UM santo) vou torcer pro Santandré.
Agora, uma coisa que não dá pra entender: No Paraná, o Coritiba já é campeão de forma antecipada de um campeonato que há muito tempo perdeu a graça para nós, maringaeses. Aí vem a RPC - transmitir Atlético X Irati, uma baba que não interessa a quase ninguém. Acho até que a transmissão de Inter X Grêmio teria mais audiência.

Guerra contra a Democracia

O vídeo é longo, mas é muito interessante e didático. Vale à pena assistir com atenção.

The War on Democracy 2007 legendado from olho.cósmico on Vimeo.

24.4.10

Relatório

Pro noqueiro que está enchendo o pandu normalmente, parece bobagem uma coisa dessas. Mas pra mim foi muito importante: depois de pouco mais de um mês sem me alimentar, agora há pouco consegui tomar uma boa quantidade de caldo de frango que a Isa fez pra mim. Frango bem cozido na pressão. Tava com medo de engasgar, tossir e não descer legal, ou nem descerl. Que nada. Foi uma maravilha. Delícia sentir, depois de tanto tempo, um sabor familiar e tão gostoso, morninho, cheiroso e temperadinho. Noto também que meu apetite está voltando, senti o sabor do alimento. Coisa que a radioterapia eliminou por todo esse tempo de tratamento.
Amanhã vou tentar comer com pequenos bocados de pão, bem devagar. Pra mim é uma conquista, já que estava tendo dificuldade até pra tomar água. Continuando assim, penso que daqui uns 15 dias já vou conseguir comer coisas sólidas. Se Deu quiser.

Casório

Eu tinha esse casamento pra ir hoje, mas fiquei meio indisposto na parte da tarde. Espero que os noivos compreendam. Fica aqui meus votos de plena felicidade e que só a morte os separe.

No Twitter até três da matina....

José Serra durante a posse do ministro Cesar Peluso como presidente do Supremo Tribunal Federal ocorrido ontem, sexta. Vontade de uma caminha.
(Via Onipresente)

Sábado no sebo


Hoje de manhã tio Lukas foi ao Sebomania, perto do Avenida Center. Quatro livros, um pequeno guia de conversação em inglês e dois DVDs. 52 pilas, arredondados para 50. Comprei dois livros da coleção Clássicos Juvenis, em estado de zero por cincão cada um: O Corsário Negro, de Emilio Salgari e Os Trabalhadores do Mar, do grande Victor Hugo. Esse último eu li quando tinha 20 e poucos anos e me lembro que o final é bem triste. Lembro que até chorei.
Emilio Salgari é um italiano, cujas obras giram em torno de piratas, navios, ilhas misteriosas e navegações. Ambos os livros são leves, cheios de fantasias, romantismo e aventuras, bom pra fugir de textos pesados e massudos. Compramos também Banco, sequencia de Papillon, de Henri Charrière. Isa e eu lemos há muuuuuito tempo. Literatura envolvente e tensa em algumas passagens.
Comprei também os DVDs Cemitério Maldito, de Stephen King- um clássico. E achei, finalmente, Monster- Desejo assassino, um puta dum filme. Vítima de abusos durante a infância, Aileen tornou-se prostituta ainda na adolescência. Ela está prestes a acabar com a própria vida quando conhece Selby, uma jovem lésbica com quem acaba se envolvendo. Certa noite, depois de ser agredida por um cliente, Aileen acaba matando o sujeito. O incidente desencadeia uma série de outros assassinatos. Baseado em fatos reais.

Sebos

Eu não sabia ler, mas me lembro bem das cores das ilustrações, lembro que o papel não era bom, mas as cores eram muito, muito vivas e fortes. Eu devia ter uns cinco a seis anos de idade, eu me lembro que era um dia de chuva, e essa cena eu não esqueço. Minha mãe pegou os livros e a chuva era muito forte, uma tempestade. Aí acabou a luz, e ela colocou os livros na sala, eu e meu irmão, e ela acendeu uma vela e ficou lendo pra gente, até o medo da chuva passar. E eu me lembro, dela, da voz dela, dos livros, da vela queimando e do medo da chuva passando.
O livro de onde tirei o trecho acima se chama “Cartografia Sentimental de Sebos e Livros”, no caso, reproduzindo a lembrança do proprietário de um dos sebos de Belo Horizonte. (...)
Frequentadores de sebos são em geral pessoas esquisitas ou, no mínimo, tomadas por esquisitas. Afinal, que graça pode haver em se ficar dentro de uma loja “com cheiro de livro velho”, horas e horas, procurando por livros que em geral não estão em nenhuma lista de mais vendidos ou serviram de tema para algum filme hollywoodiano? Provavelmente nenhuma, para a maior parte das pessoas que conheço.


(...) É engraçado pensar hoje que, se tivesse dependido da educação formal que recebi, o normal teria sido desenvolver, desde a mais longínqua infância, o mais sincero ódio aos livros. Aliás, esse mesmo que os adolescentes costumam revelar, ao serem “obrigados” a ler qualquer coisa para o vestibular ou propósito equivalente.
(...) Não, eu não gosto de ir ao restaurante mais legal da cidade e ficar falando alto sobre quantos livros tenho, quanto de espaço eles ocupam em minha casa. Nem gosto de ficar desfilando pelas ruas com nenhum deles debaixo do braço. Ou qualquer idiotice do gênero. Gosto de ler meus livros, de deixá-los no quarto em que durmo, de saber que outros existem nos sebos que conheço; que minha vida, a melhor parte dela, está dentro de um monte de páginas e capas coloridas. De saber que se o mundo das coisas “reais”, onde existem as pessoas que nunca acharam que valesse a pena ler um livro, me parece tão interessante de ser vivido, a isso só devo atribuir aos livros que li e ao tempo que frequentei os sebos de minha cidade.

Fabio Viana Ribeiro- Professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Maringá´- UEM



23.4.10

Filmaço




Os Gritos do Silêncio
é baseado numa história real e começa em agosto de 1973. Um jornalista americano e seu parceiro cambojano são movidos pelo propósito de levar ao mundo as notícias sobre a guerra que ambos os governos negavam que estivesse acontecendo.
O jornalista volta aos EUA e é aclamado por seu trabalho. O assistente cambojano, que o ajuda a fugir graças a um ardil, cai prisioneiro do Khmer Vermelho. Sozinho, esfomeado, ele está disposto a escapar de qualquer maneira dos "campos assassinos" (Killing Fields é o nome original do livro).
Cinco anos depois, Schanberg, o jornalista, são e salvo nos EUA, não consegue esquecer o homem que lhe salvou a vida.
O livro foi adaptado para o cinema em 1984. Assisti duas vezes e o considero um dos melhores filmes que já vi. Há uma semana achei o livro em um sebo e estou lendo. Hoje, de forma despretenciosa, procurei no Youtube e o filme tá lá, dublado e dividido em 12 partes. Eu recomendo.

Cartunzinho

Dilma e Serra

De leitor da folha, desta sexta-feira. Por motivos óbvios, a carta não foi publicada na edição impressa.

"Dilma é terrorista por ter combatido a ditadura militar, esta sim, que matou milhares no Brasil, sendo muitos desaparecidos até hoje?
Se hoje vivemos num país livre é por causa de pessoas como ela, e mesmo o Serra, que combateram os militares da maneira que acharam melhor. Agora, chamar alguém de despreparada uma pessoa que chefiou a Casa Civil do governo mais bem sucedido da história do Brasil em termos econômicos e sociais, é ridículo e desespero.
Do PAC ao Bolsa Família, do Luz para Todos ao Prouni, entre muitas outras ações bem sucedidas, tudo passa pela Casa Civil. Dilma é a gerente do governo Lula e tão ou mais preparada que qualquer outro candidato. Serra foi ministro de FHC, um dos piores governos que o Brasil teve em termos sociais e econômicos, e é governador de SP, onde temos pedágios abusivos e educação de péssima qualidade, e o PSDB já governa São Paulo há 15 anos."

Rápido aí!

Milhares de games

Há algum tempo falei de um site que vende milhares de jogos de diversas plataformas a preços baixos. Confesso que também fiquei com um pé atrás antes de encomendar, pois o pagamento é feito de forma antecipada. Receoso, pedi 11 jogos do Play 1 e do 2, e um emulador com os três jogos do Donkey Kong, do SNES. Paguei R$58,00, incluindo o frete.
Chegaram quatro dias depois em uma embalagem lacrada e segura. Todos rodam normalmente e nenhum deu pau. Por isso eu recomendo. Veja a lista de todos o jogos em
www.pontogames10.blogspot.com

22.4.10

Seu Barriga



O Programa do ratinho desta quinta foi inteiramente dedicado ao ator Edgar Vivar, que interpreta o sr. Barriga e Nhonho, do seriado Chaves. O cara é muito bem humorado e simpático. A produção montou a vila de forma perfeita com os ajudantes fantasiados de personagens do programa do Chaves. Valentina ajudou muito traduzindo algumas falas de Vivar e o auditório estava tomado apenas por Chavesmaniacos.
Muito legal. Amanhã é a vez de Carlos Villagrán, o Quico, dar as caras (com buchechas e tudo) no programa. É incrível como algo iniciado em 1971 e que deixou de ser gravado há tempos, ainda desperta interesse e alegria a milhões de pessoas no mundo todo- tio Lukas incluído. Eu não enjoo e sempre acho graça do humor singelo e despretencioso.
Pena, aliás, coisa criminosa, é que no horário, oSBT local corta o seriado para colocar porcarias de baixa qualidade produzidas aqui na cidade.

Aí complica

Rigon

Tio Lukas descobriu o que ocorreu com o Rigon. Ele havia mudado de provedor e agora mudou novamente para outro. Ocorreu que as pessoas que administram seu site cometeram algum erro. Ele terá reunião agora, às 9h30, para resolver a situação. Ele não sabe o que aconteceu, e ainda não foi atrás para "não ter outro princípio de infarto".
Aguardemos, pois.
Atualizado: Zé Rigon voltou com o site por volta de 9h30.

20.4.10

Coma

Acabamos de assistir ao filme Coma, de 1975 -Michael Douglas tinha 31 anos eTom Selleck, da série Magnun, faz um papel secundário e morre já no início. Não dá pra dizer que é suspense do começo ao fim porque nos primeiros 10 minutos são usados muitos termos técnicos e linguagem médica entre os personagens. Dá vontade até de parar.
Daí até os 30, a história começa a engrenar e, depois... suspense puro até o final. Nunca tinha assistido e achei muito bem feito, simples com uma história convincente e bem acima da média. Daqueles que dá vontade de ver novamente.
Me lembro que quando Coma estreeou não se falava em outra coisa. Tipo quando lançaram O Exorcista. Coisa dos anos 70. Hoje só vale para os saudosistas, curiosos e para quem não suporta filmes de suspense banhados a sangue.
O FILME
Coma é adaptação de um livro do escritor Robin Cook. Num grande e famoso hospital, vários pacientes sadios entram repentinamente em coma e desaparecem sem deixar vestígios. Uma médica desconfia da mão e começa a investigar as causas. Seu namorado (Douglas), também cirurgião, não a leva a sério e a moça vai pro olho do furacão, sozinha. O final é brusco, porém não deixa dúvidas de que a casa caiu para a máfia de branco.

Auto-ajudinha

Não há motivo algum pra você se incomodar.

Pode ser que você seja bem-sucedido na vida ou pode ser que você seja mal-sucedido.
Se for bem-sucedido, não há motivo algum para se incomodar.
Se for mal-sucedido, de duas, uma:
Ou você conserva a saúde ou fica doente.
Se você conserva a saúde, não há motivo algum pra se incomodar.
Se ficar doente, de duas, uma:
Ou você sara ou você morre.
Se você sarar, não há motivo algum pra se incomodar.
Se morrer, de duas, uma:
Ou você vai pro inferno ou vai pro céu.
Se for pro céu, não há motivo algum pra se incomodar.
Se for pro inferno, você terá que cumprimentar tantos conhecidos que não terá tempo suficiente pra se incomodar.

Carinha que mora logo ali


Uma das poucas coisas legais que passa na programação diária da TV, Todo Mundo Odeia o Chris, na Record, tem humor inteligente e gags quase que ininterruptas. Claro que o noqueiro já assistiu. Assim como Os Simpsons, o seriado consegue desenvolver duas ou três histórias distintas dentro de um mesmo episódio, que geralmente se entrelaçam no final. E o que é melhor: não tem claque eletrônica!!
Quase sem critério, a emissora passa quatro e até cinco episódios por volta de 16h30. Pena que, de uns dias pra cá, estão repetindo muito. Mesmo assim, tio Lukas não perde um.

Cartunzinho

19.4.10

Vorago


Um jogo de estratégia do tipo aponte/clique, com gráficos pra lá de toscos. Às vezes é necessário combinar objetos a fim de avançar no game. Achei interessante, mas já travei num local. O negócio é fuçar. Clica aí. Demora um pouquinho pra carregar.
Vorago

Cartunzinho

18.4.10

Gente nossa

A dupla maringaense Elton & Thiago lança seu primeiro DVD na terça-feira, véspera de feridão. Thiago é filho do grande Pazini, dono de revistaria no Borba Gato, e grande incentivador do rapaz. O Casa deseja sucesso aos meninos.

Plataforma

O ex-deputado Plinio Arruda Sampaio, pré- candidato à presidência pelo PSOL tem ótimas idéias para melhorar o país e que serão apresentadas durante a campanha. Entre elas, segundo suas próprias palavras:
"Vou atacar o Lula fortemente. Politicamente, ele é um traidor da classe"
Também podem esperar chumbo a petista Dilma Rousseff -a quem ele só se refere como "aquela senhora"-
Vai sobrar também para Marina Silva: "A Marina declarou que direita e esquerda são conceitos ultrapassados. Não existe discurso mais de direita do que esse".
Ele ainda promete críticas a José Serra, colega de exílio no Chile e de estudos nos EUA: "Somos amigos, mas temos divergências políticas. Vou destruir os argumentos dele na campanha"

É de um presidente com discursos proressistas, projetos e pensamentos desses que nós precisamos.

17.4.10

Cadê o ombudsman?

A Folha de São Paulo continua sem ombudsman [a última coluna foi publicada em 21/02/10]. Não há qualquer explicação para a lacuna, que seria tratada com a devida gravidade se alguém ainda levasse o jornal a sério.
Mas, realmente, fará alguma diferença?
Convenhamos, é absurdo imaginar que uma empresa de comunicação de grande porte necessita contratar alguém que lhe aponte os erros mais bizantinos. Todo jornalista mediano, diplomado ou não, sabe perfeitamente reconhecer seus desvios cotidianos.
A Folha finge que não deve satisfações aos leitores, como se os seus tropeços administrativos (e seus desvios ideológicos) tivessem um respaldo transcendente e imutável. É esse despeito hipócrita que destrói a reputação do jornal.
Carlos Eduardo Lins da Silva foi incapaz de impedir exemplos de subjornalismo (a ficha falsa de Dilma Rousseff, o dossiê contra Victor Martins, a planilha de gastos do casal FHC, a tentação sexual de Lula), proselitismo reacionário (a Ditabranda e seus congêneres, o antipetismo botocudo) ou favorecimentos corporativos (a defesa da TV paga). Isso tudo em apenas dois anos de atividade.
(Guilherme Scalzilli)


O cara não aguentou, jogou a toalha e agora o jornal não acha outro pra colocar no lugar. Aliás, acho que nem querem mais saber disso, uma vez que o cargo não estava servindo pra nada mesmo.

Tina "prenha"


Tininha vai fazer 10 anos em junho. Ela teve sua primeira e única cria há uns seis, gerando meia dúzia de filhotes numa cruza indesejada (por nós) com um poodle xarope de uns vizinhos aqui da rua. Alías, qual cachorro dessa raça não é xarope?
Bom... na segunda-feira ela fez um "ninho" bem nas coxas embaixo de um arbusto no quintal e preparou-se para sua terceira ou quarta gravidez psicológica. Desta vez ela está maneira, menos agressiva e vem comendo de forma razoável e nas horas certas. Qualquer coisa a irrita e ela fica meio assombrada, tentando proteger seus filhotes imaginários. Está produzindo um pouco de leite e vive se lambendo. Desta fez também ainda não pegou nem um objeto ou bichinho pra cuidar.
A gravidez psicológica pode ocorrer em mulheres e em animais, como a cadela ou gata. Nos animais ocorre logo após o cio. Sem ter dado uma trepada cruzado, o animal se imagina fecundado e passa por todas as etapas de uma prenhice. A coisa dura, em média, de sete a dez dias.

A Poli, a boxer, tem quase 1o anos, nunca cruzou e já passou por quatro situações semelhantes. Só que com ela a coisa é mais complicada. Ela se deita no pano e o enrola, pega um bichinho de borracha da Tina (normalmente ela nem dá bola pra brinquedinho) e fica com aquilo na boca quase o tempo todo, como se fosse seu filhote. Deita ao lado dele e não tira o olho. Chora de vez em quando, não importa se dia ou noite. Quase não dorme e fica sem comer e tomar água. Nada lhe desperta interesse.
Engraçado que sua cara sofre uma transformação surpreendente. Parece outra, com um jeitão babaca e a boca geralmente semi-aberta. Com ela, a duração da "noiada" é um pouco mais demorada.
Nesses casos, a única saída é, volta e meia, fazer um cafuné. De resto, é ignorar a coisa.

Cara de pau

José Serra, no pomposo lançamento de sua candidatura, semana passada:
“Somos militantes desta transformação, protagonistas mesmo, contribuímos para essa história de progresso e de avanços do nosso país. Nós podemos nos orgulhar disso”, afirmou, escondendo que os oito anos do triste reinado de FHC foram de estagnação econômica, recorde de desemprego, precarização do trabalho e arrocho salarial.
Clique aqui e leia texto completo

16.4.10

A vida não é só o que se vê na Globo

é muito mais. A vida está cheia de gente boa, inteligente, honesta, alegre, produtiva, exemplar, bonita... A música brasileira é muito, mas muito, mais rica do que aquelas coisas que a Globo promove. Por que esse esforço para nos desbrasileirar, diminuir nossa auto-estima, criar “complexos de vira-lata”?
A entrega do Oscar acrescenta alguma coisa na minha vida? E o Zorra Total? E Galvão Bueno, Fátima, Bonner? Big Brother?

Pode até ser que as famílias do pessoal da Globo sejam como as famílias que mostram nas novelas. Eu, nunca conheci nenhuma. Sei que existem mas que são exceções.
Por que a Globo odeia tanto o Brasil? Ela está se tornando cada vez mais chata. Qualquer pessoa que assista a Globo sairá sempre menor do que entrou. Não nos ajuda em nada, não nos acrescenta nada.

Promover escândalos, criar crises, transformar crimes horríveis em novela dentro dos noticiários, omitir as grandes vitórias do nosso país no cenário internacional. Interessa a quem? Isso dá audiência? Credibilidade?

A impressão que dá é que a intenção era fazer uma TV popular para enganar os incautos e fizeram uma TV vulgar que não engana mais ninguém. Até para ser mal caráter, traidor, canalha, é preciso ter talento e inteligência.
(Zeno Oto- Sr.Com)

Bobão

De leitor do Conversa Afiada, sobre Analdo Jabor:

Alguém presta alguma atenção ao que esse cineasta fracassado, que aceitou o triste papel de intelectualóide palhaço e de bobo da côrte da elite esnobe, que a Globo e outro jornalão em declínio lhe ofereceram, diz ou escreve? Ele apenas interpreta o deprimente papel de “clown” a que se prestou e lhe restou, pra divertir a diminuta platéia que ainda perde tempo em ver esse paspalho!

15.4.10

Nocadinhas

- Não sei se é efeito do antibiótico, mas ontem não escrevi nada no blog e hoje também estou apático. Pra se ter uma idéia, para amanhecer ontem, com o sono da madrugada mais as cochiladas durante todo o dia, foram 16 horas e meia dormindo. Eu, hem.

- Ontem, Antonio Roberto de Paula e a Simone, vieram para uma rápida visita. Não eram sete da noite e eu já estava deitado. De Paula me trouxe um livro sobre o grande João Saldanha. Já comecei a ler. Aliás, estou lendo o Velho Testamento, Os Gritos do Silêncio e, agora, o livro do João.

- Quando Saldanha morreu em julho de 1990, eu publicava na extinta Gazeta Maringaense. Escrevi lá, na "cabeça" de uma das colunas que publicava no semanário: "Esta coluna é dedicada ao saudoso João Saldanha". Muita gente estranhou, já que a gente nem se conhecia. Foi a primeira e última vez que dediquei a coluna pra alguém. Sou fã do cara e fiquei triste quando ele se foi.

- O Rigon também tá tomando antibiótico? A última postagem dele no blog, até o momento, foi ontem à tarde, por volta das duas horas.

- Terminei a coluna de domingo. Entrego amanhã cedo. Duro é final de semana sem poder fazer nada. Vou ler bastante. Ler e ver filmes. Vou assistir novamente alguns filmes do Chaplin. Não dá pra enjoar, né?

- Preciso tomar vergonha na cara e dar uma limpada na mesa de trabalho. Tá um vergonha. Tem mais remédio e livros do que outra coisa. Noves fora um monte de papel com anotações e "diálogos" com a Isa. Tem também meus LPs que tirei da estante pra colocar em ordem alfabética já vai pra mais de um mês.

- São cerca de 500 discos, muitos deles raros, que não se acha em CD. Tenho que pôr em ordem também os cartuns do arquivo. Resumindo: o quarto de trabalho tá uma zona só. Pior que não posso alegar falta de tempo.

- Os "grilinhos" continuam a mil na minha cabeça. Dia e noite eles mandam ver. Consequência do tratamento. Eles ficam na ativa 24 horas por dia, tipo Rede Globo. Estou tomando Tebonin, um comprimido à base de Ginkgo Biloba. O médico receitou por três meses. Também é bom pra memória e, num longo prazo, pode enxotar os "bichinhos" do ouvido.

- Sâo 22h20. O relógio do Casa está desregulado. Vai começar agora Conexão Repórter, no SBT cujo tema é a Somália. Parece bom, mas o sono bateu na porta. Fui.

Filme legal

Consegui achar a trilogia do Homem-Aranha no Youtube, mas não tive paciência em ver, o 1 até que daria pra encarar, mas deixa pra lá. Agora vou começar a assistir Férias Frustradas de Natal, com o Chevy Chase, na minha opinião, um dos caras mais engraçados do cinema. Procurei o FF 1, mas não tem. Pra mim é o melhor.

13.4.10

MSN

Depois de mais de um ano sem acessar o MSN, entrei lá, hoje. Salvo engano, mudou muita coisa, tem mais ferramentas, recursos. Enfim, fiquei meio perdidão no meio dos recursos, apesar de só saber fazer o básico. Me lembro de uma época em que eu conversava com oito ou mais pessoas ao mesmo tempo.Maior confusão. Aí enjoeei do treco. Hoje eu voltei, mas não me atrai como antes. Tô enjoando, de novo.

Credo

O Jornal Hoje da globo acaba de ensinar três receitas pra boi dormir. Esse pessoal não tem o que fazer e pensa que a gente é trouxa. Olha só: quibe sem carne, brigadeiro sem chocolate e pão de queijo sem queijo- que heresia.
O pão de queijo é feito de mandioca , tem menos calorias, é indicado para quem não gosta de queijo ou não tolera lactose. O brigadeiro é feito de batata doce e o quibe é feito com batata comum. Uma nutricionista deu as dicas. Segundo ela, substitui-se os ingredientes sem perder o sabor.
Meus amigos... tem cabimento? Pão de queijo é pão de queijo, quibe sem carne não é quibe e o brigadeiro deveria ser chamado simplesmente de doce de batata doce, pois não?

Tensão

Uma estudante palestina encara os arrogantes soldados israelenses durante uma passeata. Lembra o rapaz na Praça da Paz Celestial, na China, desafiando os tanques do exército. Essa moça é exemplo de luta daquele povo, que vem sendo espesinhado, morto e ultrajado sem que ninguém tome providências.

UFA!

Telli e a também radioterapeuta, Jaqueline


A assistente de enfermagem, Daniela


Os técnicos em radioterapia, Telli e Priscila

Trabalham ainda neste setor do HC: Diego, Kayo e Julia, que me deram uma bela lembrancinha, coisa muito boa de se ler.

Terminou hoje meu tratamento no Hospital do Câncer. Foram 38 sessões diárias de radiação no pescoço, que está todo "bronzeado". A drª Claudia Munhoz me parabenizou pela persistência e me disse algo impressionante: tem gente que desiste no meio do tratamento, talvez por ser algo muito penoso. Mas aí eu pensei: e a pessoa faz o quê para substituir a rádio? Muito estranho.
Bom... agora o próximo passo é descansar a carcaça e voltar lá no próximo dia 20. Nesse período vou tomar antibiótico para tentar sanar uma infecção na garganta. Aquela indefectível gosma produzida dia e noite, que tanto tem me incomoda e a qual já me referi aqui no Casa.
Depois disso volto à drª Adriana (da quimio) para ela dar seu parecer. O apetite e a facilidade em deglutir voltam em pouco tempo. A drª Claudia prevê que , sem forçar a barra, minha voz volte ao normal no comecinho de maio. Parece tempo, mas pra quem já encarou tudo isso até agora...
Disse também que é pra fazer de conta que ainda estou em tratamento, visto que as doses de rádio se acumula no organismo e ainda estão agindo.

Business

Matéria da folha de sampa dessa terça-feira:
Moradores da favela de São João Batista, em Botafogo acreditam que existem interesses comerciais por trás da desocupação das casas anunciada pela prefeitura após a chuva da semana passada(...) De acordo com seus habitantes, [a área] não foi diretamente afetada pela chuva dos últimos dias. Moradores acreditam que os governantes estão interessados em desapropriar a região por ser um terreno estratégico para o mercado imobiliário carioca.

Qualquer semelhança com uma rodoviária velha é mera coincidência.

12.4.10

Observações sobre o bolsa-família

Uma das coisas que me irritam muito é ver gente criticando o bolsa-família enquanto demonstra que não sabe nem do que se trata, como a nova primeira dama de São Paulo fez. Pior, desconhecem tanto a pobreza do país que passam a supor que a vida classe média que têm é igualzinha para pobres/miseráveis.
Leia mais no saite de Cynthia Semíramis.

Filmes

Estamos com um mundaréu de filmes pra ver aqui no barraco. 2ª, 3ª e 4ª temporadas de Agente 86; Vício Maldito; Coração Satânico; Coma, Alien 3; 2ª à 4ª temporadas de Terra de Gigantes; Touro Indomável e outros.
Hoje vamos de Aliens- A Ressureição, de 1986. Ontem assistimos O Assalto, um filme de ação com Gene Hackman. Filmão.

Sem ter nada

Livros

* Que me lembre, existem três livros que peguei pra ler na adolescência e não fui em frente por preguiça. Acho desculpa furada quando alguém diz não ler por não ter paciência ou por falta de tempo. Paciência e preguiça vá lá, mas falta de tempo?

* No início dos anos 1980 eu era um rato de biblioteca. Tracei quase todos os livros que me interessavam. Romances, biografias, diários de viagens, História, e o escambau. Em 84 enchi 3 carteirinha da biblio. Li 96 livros, fora os que emprestei ou comprei durante o ano.

* Ilíada, Dom Quixote e O Conde de Monte Cristo ficaram pra trás. Cervantes eu peguei duas vezes, mas deu 30, 40 páginas, desisti. Com Ilíada foi a mesma coisa, mas não me arrependo. Deveria ter lido, sim, Os Três Mosqueteiros. Mas ainda dá tempo.

* No último sábado fui a um sebo e comprei quatro livros: dois da A. Christie, Os Gritos do Silêncio e o Conde... Mesmo com letras miudicas eu vi que tinha algo estranho com o número de páginas (391). Em casa dei conta da furada. Era a terceira e última parte d'O Conde. O total deve ser mais de 1000. Por isso é que me dava preguiça, pensei. Agora é ir lá trocar.

* Os livros mais longos que possuo e já li mais de uma vez são As Vinhas da Ira (629); Vidas Amargas (642), ambos do John Steinbeck, e Os Miseráveis (516). As Vinhas já li 4 vezes, e Os Miseráveis, 3. São livros envolventes e memoráveis, daqueles que a gente não quer parar nem pra comer.

* Dois livros que foram um "achado" na minha vida: O Apanhador no Campo de Centeio, comprei numa liquidação em Londrina, em 1989, por puro acaso.. Outro foi Fome, do Norueguês Knut Hamsun, encontrado numa feira de livros usados na UEM. Sabia da existência dos dois mas nunca achava. Hoje tá mais fácil comprar graças à Internet.

* Bukowski, Fante e Kerouac fizeram minha cabeça no ínício da década de 80. Com Kerouac, em 1982, deu vontade de largar família, amigos, emprego e cair no mundo, virar mochileiro, curtir a vida, como ele descreve em sua mais importante e conhecida obra, On the Road (Pé na Estrada) de Alías, fiquei sabendo mais tarde que muita gente caiu na estrada após ler o livro. Eu era muito bundão para tal empreitada.

* Os livros de Charles Bukowski exalam álcool, lirismo e bom humor alternado com momentos trágicos na vida de seu alterego Henry Chinaski. Outro que também vivia largado, mudando constantemente de empregos mixurucas e mulheres. Dou muita risada com esse alemão pra lá de maluco.

* Arturo Bandini é o personagem autobiográfico do americano John Fante. Mais comedido em suas ações mas quase sempre também no fio da navalha, Fante conta suas desventuras da infância e juventude, quando tenta a qualquer preço ser um escritor. Fante mistura humor e dor em seus textos simples e maneira pecuiliar de escrever.

* A maioria dos contos e romances dos três são escritos na primeira pessoa, Fante e Buck descrevem, de forma simples e coloquial, as agruras de jovens tentando ser escritores. Interessante é que Fante tem influência de Fome, de Hamsun (1859-1952) e Bukowski herdou o estilo do primeiro. Coisa inerente aos livros e contos dos dois autores: Não existe final feliz em nenhum deles.

* "Eu era um jovem, passando fome, e bebendo e tentando ser escritor. Fazia a maior parte das minhas leituras na Bibliote Pública de Los Angeles, e nada do que eu lia tina a ver comigo ou com as ruas ou com as pessoas que me cercavam. O que escreviam era uma mistura de sutileza, técnica e forma, e era lido, ensinado, ingerido e passado adiante. Por que ninguém dizia algo? Por que ninguém gritava? (...)
Então um dia puxei um livro e o abri, e lá estava. Fiquei parado de pé, por um momento, lendo (...) Aqui estava um homem que não tinha medo da emoção. O começo daquele livro foi um milagre arrebatador e enorme pra mim"- Charles Bukowski, no prefácio de Pergunte ao Pó (1939), de Fante.

* Vieram e foram:
-Jack Kerouac: 1922-1969
- John Fante- 1909-1983
- Charles Bukowski- 1920-1994

Twittando



A candidata à presidência, Dilma Rousseff, estreou seu Twitter neste domingo. Em menos de 24 horas o espaço já conta com quase 10 mil seguidores. De ínício, Dilma escreveu:
  1. Não vou fazer muito discurso por aqui.Quero trocar idéias, ouvir sugestões.Vou me abastecer cq os twiteiros.Vcs saberão por aqui onde estou.
  2. Tbém não vou ficar fingindo que passarei muito tempo na web.Vcs sabem que será impossível.Alguns amigos vão me ajudar.
http://twitter.com/dilmabr

10.4.10

Coceira+remédio= + coceira

Para combater dor na garganta provocada pela radioterapia, foi-me receitado o analgésico Tramal, que contém substância opiácea (hmmm). O treco é potente e eficaz, porém, da primeira vez que tomei tive coceiras no torax, cabeça e braços. Um dos efeitos colaterais. Mas... no problem!
Foi prescrito Polaramine, indicado para alívio de coceiras, pruridos, urticárias, rinite, etc. Evitei tomar e não precisou porque as coceiras pararam, já que uso pouco o Tramal. 12 pilas jogadas fora.
Bom... aí eu fui ver os efeitos colaterais provocados pelo Polaramine. Tá lá na bula: (....) outros efeitos colaterias descritos são azia, dor ao urinar, agitação, coceira, urticária, prurido, erupções na pele, etc, etc.
Pode? Remédio pra coceira provoca coceira. Vai entender.

9.4.10

Adeus à inocência

A mente humana

Isso aconteceu e é a pura verdade. Vai aí:

Depois de um tempo, ontem de manhã fui no Bar do Nelson dar sinal de vida e levar umas tangerinas pra ele. Era por volta das 11 e um cara chegou na ponta do balcão, ao meu lado, e pediu uma pinga com raiz e uma cerva. É um rapaz novo, que esqueci o nome, e que é muito legal. Balancei a cabeça pra ele e ele retribuiu. Apontei minha boca e fiz sinal de negativo, dando a entender que não podia falar. Peguei a caneta e o guardanapo e escrevi:
"Faltam três sessões de radioterapia. Fase final. Os médicos dizem que acontence isso. Logo volta ao normal". Ele leu, pegou a caneta da minha mão e mandou:
" Dói? Você tá tomando remédio?!"
Devolvi:
"Perda total do apetite e não passa nada de sólido na garganta já vai pra mais de 15 dias. Remédio, não, mas tô tomando sem álcool". E ele pegou o papel novamente. Fiquei na minha, esperando até onde ia a coisa.
Escreveu:
"Vai operar?", e devolveu o papel.
Escrevi:
"Talvez não precise. Vou fazer uma tomo daqui um mês pra saber. E você, vai operar?"
Com ar de espanto, encolhendo os ombro, rabiscou que não e continuou com os olhos arregalados.
Escrevi, ele leu, botou a mão na testa e falou, dando risada:
"Puta que pariu! É mesmo, véio".
Tava lá no papel:
"Se você consegue falar, pode mandar ver. Eu ESCUTO, porra!"
*********
Contei essa porque foi mais engraçada, mas pouco antes havia ocorrido algo parecido (por isso eu estava com caneta e guardanapo na mão). O seu Ulisses, morador do Borba, um cara muito inteligente, perdeu a esposa há quase um ano e anda bem baixo astral, esquisito e repetindo as coisas. Disse que o médico lhe receitou antidepressivo mas que não ia tomar.
Perguntou como eu estava e fiz gestos pra ele, apontando a garganta e fazendo sinal de mais ou menos com a mão e a cabeça. Como ele já estava na terceira misturada, não entendeu bem, e reforcei escrevendo no papel. Ele leu, demorou pra sacar o que estava escrito e começou:
"Eu... (apontando pro peito) tenho um amigo (apontou pra mim e deu um tapinha nas minhas costas) que curou com mel de jataí (falou MEEEEL pausadamente seguido de um balançar de mãos no ar e um bzzzz bzzzz).
Balancei a cabeça concordando. Fazer o quê? E ele continuou comigo olhando pra ele, corpo meio mole e voz pastosa:
" Se De-UUUS... quiser (apontando pra cima, emendando um baixo 'e Ele quer'- você (dedão pra mim) vai ficar BO-OOOOM (sinal de positivo).
Peguei o papel e escrevi:
"Seu Ulisses... eu não posso falar, mas tô escutando que é uma beleza. Pode parar de gaguejar e fazer sinal. Fala que eu escuto!"
Ele leu, olhou pra mim e disse, colocando o indicador na cabeça:
"Carai. Olha como é a mente do ser humano. Você não tá falando e eu achando que tinha que fazer o mesmo.
(risos)


8.4.10

A coisa tá feia

O jornal Valor publicou recentemente matéria que deve ter irritado os filhos de Otávio Frias – os donos da Folha, do Datafolha e do próprio Valor – em parceria com as Organizações Globo. Ela informa que, de 1996 a 2009, a Folha perdeu 43% de seus leitores.
Leia tudo até o talo:
Aqui

Cartunzinho



Do punk ao hip hop

Bufalo Gals, do visionário e espertão britânico, Malcolm Mclaren no álbum "Duck Rock", de 1983. Malcolm criou a célebre banda de punk-rock Sex Pixtols, em 1975. Também foi empresário da banda New York Dolls. Ele morreu hoje, aos 64 anos em decorrência de um câncer. Eu tinha essa bolachona preta (rara) e dei dei presente para um DJ maringaense treinar seus "scratchs".

7.4.10

De novo

Luiz Carlos Azenha, Na Novae:
Funciona assim: a Globo escolhe algumas capas para repercutir, mas esconde outras. Curiosamente e coincidentemente, as capas repercutidas trazem ataques ao governo e ao PT. As capas “esquecidas” podem causar embaraço ao PSDB ou ao DEM.
A reprise de 2006. Agora, como farsa

Cartunzinho

Brrrr!

Vai começar. Alías, já começou com matéria de "especialista" falando sobre os cuidados com a pele, em curta entrevista na RPC. E vem mais: O frio e o cuidado com as crianças e idosos; Uso e venda de aquecedores elétricos; Campos do Jordão; Alimentação no inverno; Problemas com carros a álcool; Cremes e hidratantes para proteger a pele; Receitas de caldos e sopas, etc, etc.

6.4.10

Youtube é o que há



O Youtube é algo formidável e surpreendente. Semana passada procurei algo sobre o filme Conta Comigo. Quase caí da cadeira ao descobrir que tá lá, inteirinho e dublado. O filme, dividido em nove partes, conta a história de quatro garotos no final dos anos 50 que vão tentar localizar o corpo de um rapaz que teria sido atropelado pelo trem. Fala sobre a amizade entre eles e seus problemas familiares. É baseado num conto de Stephen King e passava de vez em quando na Sessão da Tarde. Muuuuito legal.
Ontem, novamente a surpresa. Procurei por Warriors- Os Selvagens da Noite, e o bicho tá lá, inteiro e em 10 partes. Levado às telas em 1979 e com direção de Walter Hill (esse é o cara!) , é um dos melhores filmes de ação entre gangs que já assisti. Pro noqueiro ter idéia, fui cinco vezes ao cinema em menos de 15 dias. Noves fora uma sete que peguei quando foi lançado em vídeo. Foi muito legal matar saudade.
E hoje, fuçando, descobri O Nome da Rosa, também na íntegra e dublagem original. Amanhã eu assisto, que não tenho o que fazer mesmo.

Cartunzinho

5.4.10

Robinho é um bocó

Sexta-feira santa o jogador Robinho e outros do Santos Futebol Clube instigaram companheiros de equipe a não entrar numa casa de amparo a crianças sob a alegação que a entidade era mantida por um Centro Espírita. Jornalistas presentes testemunharam Robinho falando em “casa que tem macumba”.
Leia excelente texto de Laerte Braga: Robinho é um bocó

Look out!

Cuidado com esse pombo

Cuidado com esse garoto

ELE É NINJA

Na cova dos leões

O presidente Lula deu entrevista ontem ao programa Canal Livre, da TV Bandeirantes. Tarde pra caramba. Se, assim feito eu, o noqueiro foi dormir com as galinha e perdeu a apresentação, clique aqui e assista na íntegra.

4.4.10

Bacana

Um vídeo bem maneirinho pra esse final de domingo. Primeira vez que vi achei meio baixo astral.

Cartunzinho pascal

Relatoriozinho

Quarta-feira fiz minha última sessão de quimioterapia. Foi a terceira e nenhuma antes havia provocado tanta "cozideira". Ontem e hoje só tô querendo saber de cama, eu e meus zumbidos no ouvido. Já vai pra 16 dias que não como nada. Sem chance. Falta de apetite total e dificuldade para mastigar e deglutir. Nada me apetece, nem as coisas que mais gosto. É só pensar e repugna. Repito: não fosse a gastrostomia eu tava ferrado. Não iria ter forças nem pra ligar o computador.
A médica disse que é devido à reta final do tratamento de radioterapia (faltam sete). Tem me dado bastante sede, e um pouco de dor, controlada por Tramal, um analgésico opióide, potente pra burro. Se bem que tenho usado pouco. Minha voz também desapareceu já faz uma semana devido ao inchaço interno. Dizem que é normal. Depois volta. Também tenho penado com aftas na língua e gengiva.
Olha a remediaiada que tenho usado:
Tramal, Plasil, Nausedron (terminou hoje), Folifer (complexo vitamínico), Tebonin, Micostatin e pomada RadiaPlex. Tem também Polaramine, mas não comecei a usar e acho que não será preciso.
Três vezes oa dia tenho usado mel com babosa, um remédio natural preparado por uma grande amiga e que, segundo estudos, é indicado para combater o mal. Boa notícia é que parece que minha garganta, apesar do inchaço, está liberada para a passagem de líquidos e comprimidos. Até ontem tudo descia meio torto, raspando nas laterais da gargana provocando acessos de tosse. Parece ter melhorado. No mais, vou levando. Abraço a todos.

3.4.10

Pesquisa

Divulgada agora à noite pela Bandeirantes.

Regras

Do Manual de Redação da Folha:

1. Sempre minimize os investimentos do PAC. Faça de conta que são irrelevantes ou ineficientes.

2. Quando identificar eficiência, aponte ângulos que minimizem a notícia. Por exemplo, problemas ambientais em uma ou outra obra; ou favorecimento aos beneficiários.

3. Se determinado projeto estiver 70% completo, dê realce negativamente aos 30% que faltam para serem completados.

4. Fale genericamente dos atrasos do PAC, mas evite identificar atrasos (muitas vezes normais) de responsabilidade de estados administrados por aliados.

(Onipresente)