30.10.10

Oi

Olá, não sei escrever em blog mas vamos lá: o Marcos, Lukas, está no quarto desde sexta. Está bem. Vendo tv, lendo, dormindo, dormindo e dormindo. Está tudo bem. Estou liberando os comentários e contando para ele como todos estão na torcida para que ele volte logo.
Agradeço muito a todos.

27.10.10

Isa diz:

Olá , o Marcos, Lukas, está bem. A cirurgia terminou ás 20:00 horas.
Vai para o quarto provavelmente na sexta-feira. O médico disse que foi tudo como esperado, nada de anormal.
Vou contar como vocês todos estão sendo amigos e agradeço as orações.
Deus tem ouvido e atendido.

Fui!

Amigos... não tô com um pingo de pressa, mas, tenho que ir pro hospital. Muito tenso. Me deu até ânsia de vômito. A Isa deverá colocar alguma coisa por aqui, caso necessário. Os comentários eu libero quando voltar pra casa. Se tudo correr bem, dentro de 10 ou 15 dias eu tô de volta.
Paz a todos.

Joguinho legal

Gravity Duck é um game bem maneiro pra você passar muuuuuito tempo. O objetivo (pelo menos até onde joguei) é coletar ovos nas fases. Às vezes fica meio complicado.

Jogue agora

26.10.10

Idéia genial

Vou estar internado no dia da eleição e não poderei votar. Mas resolvi o problema: pedi a um amigo, que vai votar na Dilma, para digitar 26 na urna. Vai votar por mim e por ele. Eu sou um gênio.

Medo

Tensão total e o melhor da anestesia geral. Tá chegando a hora. Não adianta chorar; a nega tá lá drento.
Minha cirurgia será amanhã, quarta-feira. O horário foi antecipado para o meio-dia. Que hora mais besta pra perder a voz, não? Enquanto o normal seria estar à mesa, batendo um rango...

Comprei Casa Grande & Senzala em 2006, e nunca li. Vai ser o momento ideal. 718 páginas vão me ajudar a passar o tempo durante os prováveis 10 dias no hospital. Também vou levar as biografias do Bukowski e do Kerouac. Vai que fico internado por mais tempo.

Hoje vou tirar a tarde para cortar o cabelo e, à noitinha, bater papo com os chegados lá do Borba Gato. Jantar: costela de porco e macarrão ao molho de tomate caipira colhidos aqui no quintal. E cerveja.
A previsão é de dois a três meses sem engolir nada, mesmo água.

Combinei com a Isa. Ela vai postar por aqui de vez em quando para manter informados os noqueiros que, tenho certeza, vão orar e torcer por esse bloguista e cartuneiro.

Alguém aí não teria um PSP pra emprestar?

Inté.
A gente se fala.
(risos)

O céu e o inferno

Um homem, seu cavalo e seu cão caminhavam por uma estrada.

Depois de muito caminhar, se deu conta de que ele, seu cavalo e seu cão haviam morrido.
Mesmo já estando a par da nova situação, o homem e os animais continuavam em frente e tinham muita sede.

Numa curva do caminho, avistaram um portão magnífico, todo de mármore, que conduzia a uma fonte feita com blocos de ouro de onde jorrava água cristalina.
O caminhante dirigiu-se ao homem que, numa guarita, guardava a entrada.

-Bom dia, ele disse.

-Bom dia, respondeu o homem.

-Que lugar é este, tão lindo?
-Aqui é o Céu.
-Que bom que nós chegamos ao céu, estamos com muita sede, disse o homem.
-O senhor pode entrar e beber água à vontade, Mas só o senhor. Aqui não permitimos a entrada de animais, disse o guarda.

O homem ficou muito desapontado e partiu com os animais. Mais à frente encontrou um outro homem deitado à sombra de uma árvore, ao lado de uma velha porteira.


-Bom dia, disse o caminhante. Estamos com muita sede, eu, meu cavalo e meu cachorro.
-Há uma fonte naquelas pedras, disse o homem. Podem beber a vontade.
O homem, o cavalo e o cachorro foram até a fonte e mataram a sede.

-Muito obrigado -ele disse ao sair. A propósito, qual é o nome deste lugar?
-Céu, respondeu o homem.
-Céu? Mas o homem na guarita ao lado do portão de mármore disse que lá era o céu!
-Aquilo não é o céu, aquilo é o inferno.


O caminhante ficou perplexo.
-Mas então, disse ele, essa informação falsa deve causar grandes confusões a todos que lá se dirigem.

-De forma alguma- respondeu o homem.

Na verdade, eles nos fazem um grande favor.

Porque lá ficam aqueles que são capazes de abandonar seus melhores amigos...

Jogo estranho

De Fernado Barros e Silva, na folha desta terça-feira:

Este foi um segundo turno estranho. Digo "foi" porque há a sensação de que, além de estranho, já acabou. Por exaustão. Por carência de ideias. Por excesso de chatice. Pelas falsas polêmicas...
Acabou, antes de mais nada, porque Dilma Rousseff deve ser eleita no domingo, a não ser que José Serra produza em cinco dias o milagre que não foi capaz de fazer desde que se lançou, em abril.

Tem-se, hoje, a impressão de que o tucano não encontrou o tom da campanha e esgotou suas armas. Quais foram elas? Um capacete na cabeça e um crucifixo na mão.

A insistência no tema do aborto, com o trololó religioso que durou semanas, e a valorização estridente da agressão de que foi vítima no Rio são sintomas de um candidato sem foco, desesperadamente em busca de algo em que se agarrar.

Só isso explica, também, o acesso populista do tucano austero, que promete elevar o salário mínimo a R$ 600, aumentar em 10% o valor da aposentadoria e pagar 13º para os beneficiários do Bolsa Família. Serra quis parecer o Lula do Lula.

Mobilizando a agenda conservadora ou mimetizando a pauta petista, o tucano apostou sempre e tão somente em si mesmo, na sua capacidade de fazer, mandar, decidir.

Pode soar estranho, porque se trata de um personagem doente de tão racional, mas Serra é um candidato com forte traço messiânico.

Mas o que ou quem ele quer salvar? Os pobres? A democracia? Os valores da família? A nossa fé? Apesar de ser mais aparelhado do que sua adversária, o tucano se desvirtuou no processo eleitoral, sem, no entanto, conseguir romper o encanto do lulismo nem propor uma discussão séria do país, que fosse além da sua obsessão pessoal.

Parece mais fácil (é essa a inclinação da maioria) atribuir a provável derrota tucana aos "erros" do candidato, e não às dificuldades objetivas de enfrentar a escolhida de Lula na conjuntura atual. Serra colaborou para que as pessoas cometessem essa injustiça com ele.

A Turma do Bem

A filósofa Marilena Chaui denunciou nesta segunda-feira (25) uma possível articulação para tentar relacionar o PT e a candidatura de Dilma Rousseff a atos de violência.
Ela afirmou, diante de um público de quase duas mil pessoas, que soube de uma possível ação violenta que seria montada para incriminar o PT durante comício do candidato José Serra (PSDB) no dia 29.
Segundo Marilena, a promessa dos participantes da suposta armação seria de "tirar sangue" durante o comício.
As cenas seriam usadas sem que a campanha petista tivesse tempo de responder.
Para exemplificar o caso, ela disse que se trata de um novo caso Abílio Diniz. Em 1989, o sequestro do empresário foi usado para culpar o PT e o desmentido só ocorreu após a eleição de Fernando Collor de Melo.

Escolha

"Serra, candidato do egoísmo dos ricos e da classe média emergente, já deixou claro que não tem nenhum caráter, escrúpulo, ética ou moral. Sua campanha é suja, eleitoreira, enganadora e hipócrita".

Leia o texto de Miguel do Rosário no sempre ótimo

25.10.10

Carta ao FHC


[...] Segundo você, o seu governo foi um exemplo de rigor fiscal. Meu Deus: um governo que elevou a dívida pública do Brasil de uns 60 bilhões de reais em 1994 para mais de 850 bilhões de dólares quando entregou o governo ao Lula, oito anos depois, é um exemplo de rigor fiscal? Gostaria de saber que economista poderia sustentar esta tese. Isto é um dos casos mais sérios de irresponsabilidade fiscal em toda a história da humanidade.
Leia tudo até o talo:
http://theotoniodossantos.blogspot.com/

24.10.10

Rir pra não chorar

(Crique para ampriar)

Sujeito maneiro

O grande jornalista e meu chegado, Marcelo Bulgarelli, fez UMA camiseta do seu blog e esnoba nas noites maringaenses.

23.10.10

Cartunzinho

Ironia total

De leitor da folha online:

Temos que exterminar os pobres, negros e nordestinos. Temos que acabar com o Bolsa Família; Temos que acabar com o Minha Casa Minha Vida; Temos que vender o pré sal, a CEF, o Banco do Brasil, o BNDES, a Petrobrás e todo o resto (Verônica Serra cuidará disso).
Temos que deixar claro que o mundo é dos ricos, a elite tem direitos, os pobres tem obrigações, são escravos.
Viva a concentração de renda, viva os pedágios, viva a tortura, viva a nossa imprensa fiel, viva o PSDB, viva SERRA. 13

Rigon na área

O jornalista José Angelo Rigon, o popular Zé, deve chegar hoje de Brasília. Vai passar uma semana por aqui, matando saudades dos amigos e falando da vida nababesca que leva por lá
. Antero Rocha já prometeu um churrascão em sua casa, no Borba Gato, pra receber nosso amigo.

José Sarro

Mais um vídeo zoando com o careca.

A rapeize e o Serra

Juventude "cabeça"- o futuro do Brasil- mostra porque vai votar no Serra.

22.10.10

Cartunzinho

Especialista

O médico amigo que atendeu José Serra, Dr. Jacob Kligerman, é oncologista (especialista em câncer).
Quem atende traumas cranianos são neurologistas.
Logo... é mais um fato que comprova que tudo foi uma armação de marketing.
O Rojas pelo menos se cortou. O Serra quando entrou na VAN deveria ter pedido para alguém dar um cacetada de leve na cabeça dele, para disfarçar um pouco, ficar pelo menos uma vermelhidão.
(Do Zé Augusto)

21.10.10

20.10.10

Terra de ninguém

Passei por volta das cinco da tarde no Jardim Beth. Um caminhão cheio de toras estava deixando o local. Ali tem um córrego com mata ciliar de eucaliptos. O corte é ilegal, segundo o Jorge Villa Lobos. Liguei pra ele ao chegar em casa. Na pressa, não fiz fotos. Mas a coisa tá uma vergonha por ali.
Meteram fogo nesse local na época da "seca", em setembro. Cantei a bola para uns amigos:
Gente que vive de especulação imobiliária deve ter mandado incendiar o local aproveitando o grande número de áreas "pegando fogo" naquele período. Ali já existem algumas casas.
O IAP deverá investigar o caso.

Capacetes




18.10.10

Cartunzinho

Nóis no Irã

O Casa tem sido acessado de várias partes do mundo. México, Austrália, Tailândia, Índia, Rússia, Alaska, entre outros países. Há três dias alguém do Irã se rendeu às tranqueiras do Ocidente e caiu aqui. Seria essa uma prova de liberdade de pensamento naquele país?

Bobaginhas

* Recebi uma notícia muuuuito legal agora de manhã. Minha cirurgia marcada para o próximo dia 26 foi transferida. Para o dia 27.
Um dia a mais pra poder falar bobagens. Devo aproveitar, né?

* Ontem à tardinha liguei para um empresário- anunciante na coluna do jornal. Disse a ele que estava ligando para algumas pessoas que eu gostaria que ouvissem minha voz pela última vez. Ele não sabia da operação. Ficou transtornado mas feliz por eu ter me lembrado dele. Gente fina.

* A semana vai ser puxada a partir de amanhã: exame de sangue, cardiologista, anestesista, dr. Joaquim (cirurgião) e a nutricionista.

* Por falar (ai!) em nutri: engordeci 7 quilos em pouco mais de um mês. Estou prontinho pro abate. Até o dia 27 devo estar com uns 68 kg. Hmmmmm... tesouro.

* Selecionei alguns livros pra ler lá no hospital. Quero reler a biografia do Bukowski e do Kerouak. Vou levar também Papillon e 5 gibis do Tex. 10 dias numa cama vai ser fodau.

* E levo uma prancheta para desenhar, caso surja idéias. E também para me comunicar com as pessoas.

* Queria levar o Playstation, uma TV de 29', dois barris de chopp, o computador e as minhas duas cadelas. Mas o médico disse que não será possível. Sacanagem.

* Gostaria que, após a cirurgia, eu me tranformasse no Rip van Winkle. Não pra dormir 20 anos feito ele. Uns dois meses tava bom.

* O Casa vai dar um tempo nesse período. Vou deixar duas colunas prontas pro jornal. Vai ser um repeteco mesclado com cartun inéditos. Poucos, claro, que minha cabecinha não tá lá aquelas coisas.

* Criei um novo blog mas ainda não postei nada por lá. É a Rádia do Noca. Vou colocar músicas e informações de rock, MPB, Dance, Eletrônica e Hip Hop dos anos 80. Bobagem pura. Só pra passar tempo.

17.10.10

Rock nacional

Anos 80. Momentos bons do rock nacional como nunca havia se visto antes, e que não mais se repetiram. Uma enxurrada de bandas geniais mandaram ver legal. Fico feliz em ter curtido essa época.
HOJERIZA

AGENTSS

AZUL 29

MAGAZINE

Cartunzinho

Cartunzinho

14.10.10

Coisa medonha

O jornalista Tony Chastinet fez um levantamento minucioso sobre a origem de um dos e-mails caluniosos que circulam contra a candidata Dilma Rousseff (PT). Não precisou de dinheiro, nem de ferramentas especiais. Usou basicamente o “Google”.

Para saber mais sobre:
blog Escrevinhador, de Rodrigo Vianna

12.10.10

Mineiro chileno

Mineiro-chileno: uma nova etnia criada nas profundezas

Fosse a Dilma falar isso....



Cartunzinho

11.10.10

Miguel vai fundo

Miguel do Rosário, do pra lá de bom Óleo do Diabo , escreve sobre o modus operandi da candidatura Dilma e a maneira errada nas abordagens de temas no horário eleitoral neste segundo turno. Pra mim, o melhor texto escrito até agora sobre o tema.
P.s.: Atenção, trollers: vão com calma aí.

Policial espaçoso

video

Tudo de novo

9.10.10

Sábado Rock

Anos 80. Época de ouro do Pop/rock. Não se produz mais coisa tão genial. Fone de ouvido é aconselhável.

Sisters of Mercy

Public Image (PIL)

The Smiths

The Cars

Siouxsie and the Banshees

Cartunzinho

8.10.10

Eleitores devem ficar espertos

De leitor da folha de sampa online:

Depois de criarem todo aquele reboliço por quebra de sigilo que não deu certo, agora vão começar novamente com essa história de aborto. E vão esquecer novamente de discutir programas de governo.

Alguém tem que esclarecer a população que seja qual for o partido que ganhar a eleição o novo presidente não vai fechar o Congresso e passar a escrever as leis do país. Quem legisla nesse país são os deputados, e se o aborto for ou não adotado vai passar pelos deputados eleitos, inclusive o Tiririca.

Felizes

Marido: na maioria das vezes, totalmente desnecessário

7.10.10

Tardinha

Depois de um dia chuvoso, o pôr do sol visto lá do Borba Gato foi desse jeito

Eletroclash

Som maneiro, derivado da música eletrônica. A dupla é de Nova Iorque. Aconselho fone de ouvido. E mais: comentários sobre política nessa postagem serão excluidos.

Chapadão

O pseudo-humorista tem que fazer isso para manter seu empreguinho na Globo.

Cartunzinho

Enrolação

De leitor da folha de sampa desta quinta-feira cavernosa:
Quer dizer que o PV vai demorar 14 dias para declarar apoio a Dilma ou a Serra? E vai precisar de uma convenção para isso? E mesmo depois da convenção o apoio de Marina Silva poderá ser diferente do de seu partido? Essa convenção não definirá o apoio a um dos candidatos? Bom. Ainda bem que Marina não passou para o segundo turno.
Um partido que não consegue definir imediatamente após a eleição o seu apoio a um dos candidatos -depois de seis meses de campanha, em que sabia que não passaria para o segundo turno- mostra que não tem coordenação e competência para governar o país. Ou então está ganhando tempo para negociar o apoio, o que também não cheira bem.

5.10.10

Um voto só

No Distrito Federal quatro candidatas a depútada conseguiram apenas um voto durante o pleito: o delas mesmas. Marisa de Sousa Requia (PDT), Roberta Chaves (PDT), Iraci Claro (PSB) e Nerineuma Godoy (PT do B).

"Só eu que votei em mim. Não tenho família aqui sou natural do Rio Grande do Norte, e meus amigos não quiseram votar em mim", disse Marisa Requia.
"Nem horário na televisão eu tive. Apareceu minha foto, mas não pude falar, assim como muitos outros", completa.
"Depois que me candidatei, eu desisti porque percebi que eu não ia ganhar. Vi outros candidatos com muita coisa na rua. Tem que ter muito dinheiro para ganhar", disse a candidata Roberta Chaves. (Do Blog do Tamanduá)

Cara de pau

Um curtinha do Chaplin. Um dos melhores desse gênio.

Cartunzinho

4.10.10

Foi um prazer

Últimos momentos da vida de um ex-cãozinho

Cartunzinho

Relatório : Sem chance

Quando foi descoberto o tumor na garganta, a minha primeira providência foi, por sugestão médica, fazer uma gastrostomia- uma sonda no estômago para alimentação enteral. Ela foi colocada no dia 5 de janeiro. A opção seria a cirurgia ou sessões de rádio e quimioterapia. Optei pelas últimas.
Parecia que aquele tubinho saindo da minha barriga, mais as sessões de R&Q seriam a salvação. Coisa de principiante, de quem nunca imaginou passar por tal situação. Foi tão rápida a descoberta da doença e tão demoradas e
De lá pra cá foram: 3 raios x do pulmão; 4 tomografias; 1 colonoscopia; recebimento e 3 bolsas de sangue; 2 utrasons; 5 endoscopias; 1 biópsia; 3 sessões de quimioterapia e 38 de raioterapia; 1 nasolaringoscopia; 1 pet-Scan; 14 exames de sangue; 2 laringoscopias. Noves fora uns 30 tipos de remédios como forma de combater os efeitos colaterais. Tudo isso aí é o que eu me lembro agora. Deve ter mais coisa. Mas já tá bom, né?

Resultado dos últimos 8 meses:
Em menos de dois meses emagreci 19 quilos- grande parte em função do tumor- que retira proteinas do organismo para se alimentar. Perdi parte da audição. De sons muito agudos eu nem tomo conhecimento. Ganhei centenas de "grilos" que cricrilam na minha cabeça 24 horas por dia. Até me acostumeri. O lado bom é que não fiquei careca e o tumor diminuiu uns 90%. Mas o cara é nervoso, relutante. Tá aqui ainda. Diminuto, mas pode voltar à ativa a qualquer momento.
Não há tempo a perder.

Mas, vamos lá: Fui consultar um outro médico especialista em Londrina, na quarta-feira, para ter uma segunda opinião. "Nem que você procurasse o Sírio Libanês ou qualquer hospital do mundo o parecer seria diferente", disse o doutor, alertando que não existe outra saída sem ser a cirurgia.

Dr. Joaquim ligou agora à pouco. A operação está marcada pro próximo dia 26. Deve ser no hospital São Marcos. A cirurgia irá durar cerca de 8 horas; é passivel de risco, não muito- como qualquer cirurgia. Serão 10 dias de internamento (dois deles na UTI). Serão retirados o tumor, parte da tireóide e alguns pólipos do pescoço. As cordas vocais também vão pro lixo.
Vou ficar mudinho da Silva.
Voltar a falar, depois, vai requerer paciência e muitas sessões de fono. Mas isso será outra etapa.
Pontos na base da língua e, quase certeza, a retirada de parte de tecidos do lado esquerdo do torax para enxerto e reconstituição da laringe. Depois serão cerca de 70 dias sem poder comer e tomar água. A troca de curativo será feita ao menos duas vezs por dia.

Vou ficar com um buraco do tamanho de um gargalo de garrafa no pescoço. Piscina, mar, banhos de imersão, never more. Mesmo o banho comum será afetado.

Enfim, a vida que qualquer um pediu pra poder ir adiante nesse mundão.

Obs. : Não ia escrever sobre isso hoje. Foi um ímpeto e talvez tenha ficado empastelado. Mas é mais ou menos isso o que vai ocorrer. Caso haja novidades, eu falo (risos) outra hora.

Cartunzinho

(Clique para ampriar)

Fumo

Famosos que tomaram na tarraqueta nas eleições do domingo: Mulher Pêra, Mulher Melão, Tati Quebra Barraco, Juca Chaves, Maguila, Symoni, Leandro do KLB, Moacyr Franco, Marcelinho Carioca, Kiko do KLB, Popó, Batoré, Vampeta, Reginaldo Rossi e Gaúcho da Fronteira, entre outros.
Mas, em contrapartida, o povo mais politizado, moradores da "Locomotiva do Brasil" e do estado mais importante e rico do país elegeu o palhaço Tiririca, com 1,356 milhões de votos.

Cartunzinho

3.10.10

Utilidade pública

Essa coisa fofa é o Pingu. Ele desapareceu no Jardim Bela Vista, na rua Marino Paulichi, região do Borba Gato. Quem encontrar deve ligar para 3025-4008 ou 9938-2302.

1.10.10

Cabeçudo

Se você olhou e imaginou outra coisa, sua mente está tomada pelo pecado

Leave them kids alone

video

Debate-XI

Obscurantismo

Trecho de artigo de Fernado de Barros e Silva, na folha de sampa desta sexta-feira:

[...] O candidato tucano ao governo do Paraná, Beto Richa, vem contando com a mão da Justiça do Estado para barrar a divulgação de pesquisas eleitorais, entre elas duas feitas pelo Datafolha. O nome disso é censura.
Não se sabe se Richa será eleito. Mas, no decorrer da campanha, ele chegou a ser saudado como uma liderança emergente no país. De que tipo de líder estamos falando?
Com sua atitude obscurantista, o filho de José Richa está se revelando um político de província, uma figura tacanha e de pendores autoritários. Se o futuro do PSDB for esse, coitado do PSDB.

Cartunzinho