11.2.07

Cada uma...

O "Neguinho"- apelido- chega no bar do Tuti ontem à tarde, já meio chacal, senta ao balcão e pede, tentando fazer gracinha:
-Me dá um Abelardo Barbosa.
- Quer o quê ?-pergunta o Tuti.
-Uma dose de Abelardo Barbosa.
-Que caraio que é isso? - diz o botequeiro, já emputiferado e com mais gente pra atender.
-Uma dose de velho guerreiro!!- falou o cara, dando risada pra todo mundo.
Aí caiu a ficha do Tuti e de todos à volta.
-O nome da pinga é Velho Barreiro, sua anta- disse o Basílio, frequentador do bar.
Aí o Neguinho ficou sem graça; o Tuti serviu, ele carcou a cachaça, mandou marcar e saiu meio esquisitão do boteco.

2 comentários:

Ismael disse...

Cara. Duvido que isso é verdade. Te conheçoo

lukas disse...

Pior que não é verdade mesmo. Eu apenas viajei. Mas esse tal Neguinho existe, sim. Ele se parece muito com o Beija-flor, lá do pinga fogo. Ele havia parado de beber mas agora tá batendo legal. Sábado passado tiveram que chamar o Samu e ele foi internado após arrebentar a cabeça em um pilar,no bar do Nelson, após cair um tombo de costas.Gente igual não se acha. Eu fico meio constrangido, mas, quando ele pega em minha mão pra cumprimentar ele a beija e diz "Lukas, você é um cara que eu respeito".
Vamos deixar claro que não tem nada de bichice nisso. É que ele gosta muito de mim, mesmo. É um cara bacana e nunca entrou numas com ninguém.