1.10.10

Obscurantismo

Trecho de artigo de Fernado de Barros e Silva, na folha de sampa desta sexta-feira:

[...] O candidato tucano ao governo do Paraná, Beto Richa, vem contando com a mão da Justiça do Estado para barrar a divulgação de pesquisas eleitorais, entre elas duas feitas pelo Datafolha. O nome disso é censura.
Não se sabe se Richa será eleito. Mas, no decorrer da campanha, ele chegou a ser saudado como uma liderança emergente no país. De que tipo de líder estamos falando?
Com sua atitude obscurantista, o filho de José Richa está se revelando um político de província, uma figura tacanha e de pendores autoritários. Se o futuro do PSDB for esse, coitado do PSDB.

5 comentários:

Anônimo disse...

Que engraçado. Prá falar mal dos adversários a "folha de sampa" presta?
Quando fala mal do lula ou dos demais petralhas é a "folhinha", é o pig, e o cacete...
já vi que este blog é um verdadeiro comitê do pt mesmo...

Quarentão disse...

Com relação a política e candidatos, a Folha, desta vez, inovou.
Há muito tempo não escrevia algo que era possível comprovar e/ou sem utilizar "fontes confiáveis" como ex-presidiários e fotomontagens de fichas recebidas por e-mail.
Será que a folha está mudando?

Wilson Alves disse...

Quando bandido denuncia bandido é sempre mais crível que quando bandido denuncia mocinho.
Ou será que alguém já se esqueceu da famosa frase:
“É uma tristeza, no fim da vida, ver que tenho um filho ladrão e outro delator”. (Leda Collor de Mello)

Anônimo disse...

e o povo do parana deu seu aval para o VETO RICHA..mais acho que eu ja vi esse filme antes em maringa... eleição para prefeito sem debate...
por que sera hein?? sete

Anônimo disse...

Ele falou de ma´quina pública.Mais isso é que é uso de máquina pública,pior ainda quando parte da justiça.Tem o dedo do Hermas Brandão.