7.10.10

Enrolação

De leitor da folha de sampa desta quinta-feira cavernosa:
Quer dizer que o PV vai demorar 14 dias para declarar apoio a Dilma ou a Serra? E vai precisar de uma convenção para isso? E mesmo depois da convenção o apoio de Marina Silva poderá ser diferente do de seu partido? Essa convenção não definirá o apoio a um dos candidatos? Bom. Ainda bem que Marina não passou para o segundo turno.
Um partido que não consegue definir imediatamente após a eleição o seu apoio a um dos candidatos -depois de seis meses de campanha, em que sabia que não passaria para o segundo turno- mostra que não tem coordenação e competência para governar o país. Ou então está ganhando tempo para negociar o apoio, o que também não cheira bem.

4 comentários:

andre disse...

o PV é um partido sério. coisa q o PT nunca conseguiu ser. e nao vamos falar sobre oq nao cheira bem, qdo temos o PT no meio da conversa né...

Anônimo disse...

Claro, o PV sempre foi um partido sério. O que não é sério é o Brasil do Lula. Talvez o fosse antes, o de FHC. É impressionante como os metafísicos que votaram em Marina não se dão conta do preconceito que destilam contra o povo brasileiro. Leiam Franciso Latorre, no blog do Azenha www.viomundo.com.br. Isso talvez os ajude a, finalmente, transpor a fase infantil de buscar a perfeição em tudo. Ontem ouvi um argumento bizarro: um amigo meu, também metafísico, disse que o duro de votar em Dilma é que o PT vai ficar mais oito anos no poder, já que em 14 e Lula na certa. Nas entrelinhas, vi uma criança querendo dividir o doce com o Serra.

Ivan disse...

Partidos? Parece que surgem ou são criados para nos decepcionar.
Um outro dado que deve ser levado em conta é o número de filiados. Aquém, mas muito aquém dos votos que logrou ganhar determinada candidatura. Daí que, convenção de meia dúzia não tem o condão de sugestionar milhões.
Um conselho para quem estiver em dúvida. Analisem a proliferação de e-mails falsos que circulam na internet, verifiquem que candidatura esses e-mails buscam beneficiar e votem em quem eles buscam, com mentiras, prejudicar.

Wilson Alves disse...

Pilatos não pode mais lavar as mãos com sabonete verde. Lamentável que Marina e o PSOL estejam pensando. Os que morrem de fome, de pancada, os que foram torturados e mortos, esses não tiveram esse confortável tempo para optar. A reação, desde a Comuna de Paris, desde os Espartaquístas, sempre matou mais rápido, enquanto gente do “Bem” pensava...

Votem em Dilma – ou regridam às privatizações selvagens , à perda de Petrobrás, ao comando do latifúndio, dos ruralistas, dos banqueiros, dos banqueiros, de todas as forças retrógradas do país, incluindo os torturadores.

(ALDIR BLANC MENDES)