13.6.10

Em frente

A cama tava boa e perdi a hora nesse domingo frio e calculista. Olho pela janela e vejo o céu limpinho e o sol preguiçoso, magnífico. Minha vontade era de pegar a bicicleta que está abandonada lá nos fundos, encher os pneus e sair pedalando até o Borba Gato, ver gente, conversar, tomar um cervejinha. Mas, não. Não é o momento.É preciso ter paciência e perseverança. E esperar.
Dia 30 completo 48 anos. Há uns dois meses eu pensava "Bom... quem sabe até o meu aniversário eu esteja bom e dè pra fazer uma festa, convidar umas 30 pessoas, com muito rango e cerveja". Não deu. Melhorei bastante, é certo, mas ainda não dá pra isso.
Agora, em minha mente, o tempo para júbilo vai ser lá pra outubro, na primavera. O clima ameno, a grama do quintal verde, já precisando ser aparada, as árvores cheias de flores e as cadelas correndo e pulando a minha volta.
Parece estar longe, mas eu já me acostumei. Aceito com calma tudo o que acontece (ou o que não acontece), vivo os dias um a um e agradeço a Deus todas as noites por isso. Aceito a rotina naturalmente. Não posso fazer nada para mudar. Tenho que esperar.
Minha sorte é que adoro ler; devoro livros, viajo dentro deles desde os nove anos. Já vi e vivi de tudo graças a eles. Tem também o videogame, que parece ser coisa de criança, mas me ajuda a passar o tempo, exercitar os neurônios e raciocinar.
Juro que não consigo imaginar outra pessoa, já batendo nos cinquentinha, que seja viciado em gibis (principalmente Disney dos anos 50/60), adore desenhos animados e que fique pendurado horas tentando passar uma única fase de um game de ação e estratégia.
Certa vez perguntaram para o jornalista Heródoto Barbeiro qual era a "invenção do século" na opinião dele. Internet, respondeu sem titubear e explicou o por quê. Eu concordo. Pra mim ela tem sido um elo com o mundo, tudo o que acontece lá fora chega aqui em tempo real, fazendo com que eu não me sinta tão solitário. Noves fora o Casa, que tem me ajudado muito a passar o tempo. Com o blog fico conhecendo várias pessoas (como você) sem nunca tê-las visto. Algumas parece que conheço há anos devido à palavras amigas e confortantes. Tenho comigo que irei conhecer pessoalmente cada uma delas. Um dia. Tenho que esperar.

Bom... o que eu queria escrever desde o início (e era somente isso, mas viajei na maionese)é que tenho uma boa notícia: a tal melena (ver no Google) parece ter desaparecido. Dá até medo de comemorar, mas acho que a responsável pela minha anemia entregou os pontos.
Um bom domingo a todos e aproveitem bem o dia.

8 comentários:

wandergleidson disse...

ola lukas blz??
acompanho seu blog a mais de 2 anos e fico feliz de ver que a cada dia esta fase ruim esta passando e vc cada dia mais animado e confiante,adoro ler seus cartuns,todo domingo eu me divirto com eles,acho mto legal seu trabalho,e espero que vc em outubro como voce disse esteja festando,se divertindo,churrasqueando e tomando umas beer hehehehe
que deus te ajude sempre
abraço!!

Wilson Alves disse...

Lukinha, quando você estiver bom eu não serei um dos trinta amigos que estarão contigo comemorando, mas serei, com certeza, um dos que estarão com um sorrisão estampado de orelha a orelha.
Você, Lukas, e sua casa do Noca fazem parte daquelas coisas que fazem da internet algo bastante bom, interessante e importante.

FAZOCA disse...

Louvado seja Deus! Eu estou me convidando para sua festa em outubro...

Wilson Alves disse...

Fala sério Lukas...
Tem horas que nem eu me aguento, com esses caras que pululam aqui na Casinha, e quase caio da cadeira de tanto rir.
Uma coisa é certa, o pessoal da oposição, reacionários e direitistas, não servem pra governar, no entanto, em matéria de humor são campeões.
Se vivêssemos num regime monárquico essa turma jamais ficaria desempregada, seriam os bobos da corte.

Carlos AF De Giovanni disse...

Tabém quero participar desse currasco em outubro!
Como diz um amigo meu: eu levo o sal!.. rsrs... brincadeirinha, levarei o que precisar para fazer parte desta 'vitória final' dessa grande guerra que você trava.
Mas, sei, nos encontraremos antes de outubro também. Estou certo!
E, como você mesmo descreve: "Em frente".
Grande abraço!

Lidineide A. S. disse...

Que post maravilhoso, mostrando que a importância da vida está nas pequenas coisas, nos pequenos grandes momentos.
Me emocionei.
Que bom que a situação está melhorando.
Que Deus continue derramando Graças sobre você e Isa.
Um grande abraço e esteja em paz.

leo guerra disse...

A admirável paciência.

Melhoras

(:

Anônimo disse...

"Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos [..] Quero ver crescer nossa voz no que falta sonhar...." (Beto Guedes)

Querido Lukas,

Estou certa de sua recuperação será a boa nova da primavera. Estarei torcendo e pedindo a Deus por isso.

Grande abraço,
Tânia