13.6.10

Queda da pobreza

Acredite se quiser: notícia publicada na folha de sampa deste domingo:
Mantida a tendência de crescimento médio da economia no governo Luiz Inácio Lula da Silva, o Brasil cortará à metade o número de pessoas pobres até 2014.
O total deve cair de 29,9 milhões para cerca de 14,5 milhões, o equivalente a menos de 8% da população.
Nos anos Lula, até a crise de 2009, o número de pobres (pessoas com renda familiar per capita mensal de até R$ 137,00) caiu 43%, de 50 milhões para 29,9 milhões.
A diminuição do número de pobres e a ascensão de 31,9 milhões de brasileiros às classes ABC entre 2003 e 2008 estiveram relacionadas, principalmente, ao aumento do emprego formal e da renda do trabalho, à política de valorização do salário mínimo e aos programas sociais, como o Bolsa Família.

2 comentários:

51 - Telemar disse...

Eu to ficando rico e nem tinha percebido

Viva o lulaaaaa!

Wilson Alves disse...

Pode até ser que o anônimo intitulado 51 - Telemar esteja mesmo ficando rico, contudo, não creio que esteja melhorando de vida.
"Coringa em mãos de tolo, invariavelmente, lhe trás prejuízo".