30.6.11

Adeus PV

Questões como aborto, legalização da maconha e casamento gay foram algumas das divergências determinantes para que Marina Silva deixe o PV. Houve desgaste ocasionado por suas convicções religiosas que contrariam pensamentos do Partido Verde,
Adepta à prática religiosa do jejum, Marina gerou desconforto em membros da legenda que não concordavam com a abstinência alimentar, alegando irresponsabilidade, já que ela apresentava saúde instável.
Ela deve fundar um partido próprio e articula vir novamente candidata à Presidência da República em 2014.

6 comentários:

Wilsoleaks Alves disse...

Marina Silva, sem espaço no PT, alçou vôo para o PV, vôo de galinha, diga-se de passagem, não que eu a esteja mal comparando com alguma destas Mirians tão propaladas atualmente, mas pela brevidade de sua estada no Partido Verde.
De concreto, apenas, que seu sucessor o Carlos Minc foi infinitamente mais competente que Marina e que na ideologia do PV não se encaixa teologia.

Anônimo disse...

Vladimir Palmeira não aceita volta de Delúbio Soares ao PT e deixa o partido
Plantão Publicada em 28/06/2011 às 19h25m

O Globo (opais@oglobo.com.br)


RIO - Em carta entregue nesta segunda-feira ao presidente do Diretório Municipal do PT do Rio de Janeiro, Vladimir Palmeira comunicou o seu desligamento do partido. Ele cita a volta de Delúbio Soares - expulso em 2005 por envolvimento no escândalo do mensalão - como o motivo principal de sua saída. " (...) a volta ao partido de Delúbio Soares, justamente expulso no ano de 2005, me impede de continuar nele. Pela questão moral, pela questão política, pela questão orgânica. Pela questão moral porque é evidente que houve corrupção: Não se pode acreditar que um empresário qualquer começasse a distribuir dinheiro grátis para o partido (...)", diz trecho da carta.

ESPECIAL: Políticos notáveis deixaram o PT em meio aos escândalos e crises

Vladimir lutou contra o regime militar e foi preso em duas ocasiões. Em setembro de 1969, ele foi trocado pelo embaixador americano, Charles Elbrick, sequestrado pelo grupo guerrilheiro de esquerda MR-8, com mais quatorze presos políticos.

Vladimir Palmeira é um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores e foi eleito deputado federal constituinte. Em 1993, foi líder da bancada do PT na Câmara.

Ivan disse...

Essa opção preferencial pelos delinquentes é tão gritante que até o octagenário entreguista está sendo reconhecido e elogiado. Se minarem as consultorias para financiar déficits dos partidos, as cuecas de "alguém" já no diário oficial, terão que ser leiloadas.
Quanto a traíra Blablarina, a inocente útil, já cumpriu seu papel de levara as eleições para o segundo turno e só ela ainda se julga importante. À esquerda e à direita, os cemitérios de reputações só que aumentam. O sistema nos oferece agora opções mais nítidas: delinquentes de direita e os da esquerda. Para o conluio, tanto faz.

Pastor André disse...

Foi para o 2º turno pois o Lula apelou e ficava 24 horas fazendo campanha para a Dilmanta, o que é ilegal pois ele era o presidente e devia cumprir com suas obrigações de presidente, ato ilegal que FHC não fez, ai é que se mede o carater de ima pessoa, esse lilica por exmplo é um sujeito totalmente sem moral e ética.

Wilsoleaks Alves disse...

Que é isso pastor André!?
Você não pode culpar o PT de usar a imagem do Presidente Lula se até o Zé Serra usou desse expediente para tentar ganhar uns votinhos.
Só acho estranho ninguém querer usar a imagem de FHC...
Estranho, porém compreensível, afinal, ninguém entra numa eleição para perder.

wal disse...

fhc não fez pq é merda, e marina depois que fez serviço sujo pro psdb foi descartada