24.8.10

Trânsito na capital

Em seguida você verá os agentes de trânsito (ou da polícia) escondidos atrás dos postes ou nas esquinas, sedentos para te aplicar uma multa pelo mais leve deslize. E não, não confunda isso com obrigar o cidadão a ser civilizado e respeitador das leis. Chame isso de dolo.
Leia mais

9 comentários:

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Também pudera; tendo patrão bandido, qual subordinado que dá coisa boa?

Valei-me meu São Serapião, protetor dos órfãos...

Franzoi disse...

Perai, esse cara já andou em Maringá ? eu sou de maringa, e fico muito em curitiba, e falar a verdade, se voces acham curitiba ruim, vai dirigir em maringa.

Anônimo disse...

Ele falou a verdade. Curitiba é uma bosta.
Tipo aquela da placa em Portugal: "Acabaste de passar uma curva perigosa".

Em Curitiba é mais ou menos isso com a sinalização das ruas.

O tão famoso centro histórico, vigiado por câmeras 24 horas, morre após as 20:00 horas. Só da´nóia vagando por lá. O perigo de ser assaltado é grande.


Mas vai aí uma dica para quem vai para lá de carro. Quem me falou foi um morador de lá, que trabalha com automóveis, e eu verifiquei que é verdade.
Sempre, que você estiver em uma via e vir e faixas verdes transversais consecutivas no asfalto, saiba que a duzentos metros dali tem um radar. São faixas finas e próximas umas das outras, tipo aqueles redutores de velocidade nas estradas.

CÉLIO disse...

olhem ai como vão as liberdades de imprensa, inclusive para humoristas, como o blogueiro...
http://www.youtube.com/watch?v=9oDw1L6i0E0

Anônimo disse...

O Balestra tá certo, os mensaleiros são todos bandidos.

Bruno disse...

O "patrão" em Curitiba é um tucano. Parece que o Balestra (Deus me livre de um advogado que não sabe inteprettar o texto de um blog). Aí vem um babaca citar "mensaleiros". Façam o favor. A

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

VOTO SERRA!
Até as pessoas simples sabem diferenciar a cor duma guerrilheira pinoquenta e d'um nonidáctilo com as vistas turvadas de araque.

Valei-m' meu São... (ah, deixa pralá.)

Patricia disse...

O Dr. Balestra foi ótimo!

Wilson Alves disse...

Existem duas realidades, uma virtual, outra factual. Conviver com uma ou com outra é questão de foro íntimo que nada tem a ver com cultura, mas mais com caráter e sabedoria.
Isto posto, não é difícil entender porque alguém chama Dilma de mentirosa e Lula de aleijado, contudo, declara voto num mentiroso contumaz e num aleijão da moral.