5.12.06

Em nome de Deus


Sinceramente, eu não entendo como Deus entra nessa parada. Milhares de pessoas morrendo em seu nome. "Allahu Akbar" (tac, tac, tac!) "Allauh akbar" (Buuummmm!!) "Allauh Akbar" (AAAAHHHH!- tac, tac, tac!)
E dá "Allauh Akbar (Deus é o maior) e tiro e nego se explodindo pra tudo quanto é lado e matando o "inimigo". O meu Deus não me orientaria e nem permitiria nunca que eu fizesse algo parecido.

3 comentários:

Vóis disse...

EU QUERO MAIS É QUE ESSE POVO EXPLODA! E DE PREFERÊNCIA, LEVE ALGUNS AMERICANOS JUNTOS!

NEBE disse...

CONCORDO PLENAMENTE COM O VÓIS!!

Anônimo disse...

Esse deus católico, evangélico, islâmico ou de qualquer outra denominação religiosa é o deus mais imbecil e cruel que conheço. Todos matam e trucidam em nome Dele. Se Ele autorizou, vale tudo. É um absurdo. Que deus maldito é esse? Prefiro ser ateu do que crer numa imbecilidade dessa. Anos atrás, em Franca (SP), um frei distribuiu um decalque para os fiéis de sua igreja com os seguintes dizeres: se fores Testemunha de Jeová, não bata em minha porta. Meu pai, católico antes mesmo de nascer e que frequentava a igreja havia anos, bateu o saco no altar e disse ao frei que não faria aquilo. Nunca mais assistiu uma issa do frei. Sobre o catolicismo, sempre me questiono: como acreditar numa igreja que num passado recente decapitava pessoas ou as queimava vivas em fogueiras? E as cruzadas? Quer algo mais cruel em nome de Deus? A linha entre esse deus e o demônio é tênue demais, tão tênue que a ultrapassam a todo instante e não se dão conta disso.