15.9.10

Quer ser presidente

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, ameaçou interromper, nesta quarta-feira, entrevista à rede CNT. No intervalo do primeiro para o segundo bloco, o tucano reclamou, irritado, da insistência em perguntas sobre pesquisas de opinião e quebra de sigilo fiscal de pessoas ligadas ao PSDB. Dizendo-se sufocado, ele chegou a tirar o microfone de lapela a pretexto de buscar uma coca-cola sem gelo fora do estúdio.

"Não vou dar essa entrevista, você me desculpa", disse Serra, repetindo que, se a pauta se restringia às perguntas do primeiro bloco, a entrevista estava concluída. "Faz de conta que eu não vim."


5 comentários:

Wilson Alves disse...

"Eu me preparei a vida inteira para ser presidente"
(José Serra)

Minino véio!
Já pensou se o candidato das elites não tivesse se preparado?

Anônimo disse...

falta pouco para a alpinista
acabar a escalada e fincar a bandeira:


dilma passou por aqui...

serrinha facil de ser vencida... sete

Ivan disse...

Chega a dar pena Lukas. Veja com que picardia Paulo Henrique Amorim se expressa no final de um de seus posts de hoje.

Daqui a 17 dias, o Farol e o Zé Baixaria passarão a ser, como diria o Manuel Bandeira, “poetas municipais”.

Anônimo disse...

Bem, nao dá mesmo isso ser Presidente ... se já temos uma mídia golpista c/ ele atuando "só" em SP, imagine se chegasse á Presidencia.

Vixe!

Inté,
Murilo

Canrobert disse...

"Eu me preparei a vida inteira para ser presidente”
(José Serra)

“Eu estou preparado para assumir o lugar de Fernando Alonso na Ferrari”
(Canrobert)