9.8.10

Os pobres também voam

Depois de a TAM começar a vender passagens aéreas em lojas das Casas Bahia, chegou a vez da companhia aérea Azul partir também para a tática de conquistar consumidores das classes C e D. O locais de vendas serão supermercados de São Paulo, Campinas, ABC, Vale do Paraíba e Baixada Santista.
As passagens poderão ser compradas em 6 ou 12 vezes, com parcela mínima de R$ 20 pagas no cartão. Correntistas do Bradesco e Itaú poderão dividir o preço das passagens em até 48 vezes.

Um comentário:

Wilson Alves disse...

É verdade Lukas...

Hoje o pobre pode voar de avião.

À época de FHC o pobre só voava quando o barraco explodia.