26.6.10

Suspeito de assassinato

O goleiro Bruno do Flamengo é suspeito de ter matado a paranaense Alessandra Escobar, 25. Ela ficou grávida do goleiro e se recusou a abortar a criança. A estudante está desaparecida há três semanas e já havia sido ameaçada em 2009
Na época, de acordo com Eliza, Bruno e mais dois amigos foram à casa em que ela estava hospedada e fizeram uma verdadeira sessão de tortura.
"O Bruno admitiu que tinha bebido e fumado maconha a noite toda. Eles começaram a fazer ameaças, dizendo que eu tinha que tirar a criança e tomar Citotec. Ele dizia que, se me matasse e me desovasse no mato, ninguém ia ficar sabendo", disse Eliza.

5 comentários:

Anônimo disse...

Reclamação postada na Folha On Line sobre o aumento de pedágio nas rodovias paulistas (Serra presidente???):

celio de sousa (32) - SAO PAULO/SP(07h52) há 1 hora


De Franca a Sao Paulo são meros 400 KM. Tem 10 praças de pedágios! Que cobram um total de 65 Reais pra ir e mais 65 Reais pra voltar! 130 Reais! O combustivel de um Fiat Palio fica em 80 Reais ida e volta. Chamar isso de assalto seria minimizar a coisa. Pelo preço estorquido que cobram fica proibitivo viajar em meu estado. O interessante é que ninguem reclama...

Luciana disse...

O Bruno é um gatinho e como sou Flamengo acho que ele é inocente, você me entende né Lukas.

Wilson Alves disse...

Luciana...

Ao que me parece, a Alessandra Escobar pensava igualzinho a você.

Anônimo disse...

Alessandra Escobar não é a delegada? A namorada é Eliza...

Wilson Alves disse...

Perfeito Anônimo.
Alessandra Escobar é a delegada e Eliza é a moça que pensaVA tal e qual a Luciana.
Até porque, se tivéssemos uma delegada que pensasse desta forma teríamos muito a lamentar.