19.6.10

Saramago

Hoje de manhã não aguentei e fomos, Isa e eu, ao sebo Multimania, perto do AV Center. Eu não estava muito a fim de gastar (sábado passado torrei 52 pilas em 6 DVDs) por isso sapeei só um pouquinho. Comprei dois gibis do Tex e Luta Incerta, do grande John Steinbeck.

E já tem gente procurando livros de José Saramago. Em meia-hora ouvimos pelo menos duas pessoas pedindo "alguma coisa" do escritor português, falecido ontem. Na saída, o dono de sebo, nos ofereceu O Evangelho segundo Jesus Cristo. Dissemos que já tínhamos em casa e ele falou que não sabia da morte. "Nem vi TV ontem. Por isso estão procurando", concluiu.

A morte do escritor, com certeza, vai alavancar as vendas de sua obra. É legal saber que ele viveu tanto tempo, lúcido, escrevendo e conquistando milhões de leitores no mundo todo

De saramago li apenas Ensaio sobre a Cegueira- duas vezes. Li praticamente em dois dias. Descobri um texto diferente de tudo que já havia lido. Sem pontos de interrogação e poucos diálogos. A sensação foi quase a mesma quando descobri On the Road, do Kerouac, no início dos anos 80.

"Mais uma página e eu paro, juro. Só mais uma e então eu vou almoçar. Peraí; só até a página 50, aí eu vou comer. Não precisa gritar; não me espera, não. Depois eu esquento a comida, e eu não tô assim com tante fome. Nossa, já passei da metade. Péra lá. Agora apareceu um cachorro que lambe o pranto da mulher do médico. É, o 'cão das lágrimas'. Nossa, quase na 230. Amanhã eu termino. Não saia daí. Amanhã eu termino. Puxa... como um cara consegue colocar um 'cão das lágrimas' numa história dessas? É coisa de gente iluminada, mesmo".

Mais do que um drama angustiante, Ensaio é um belo dum tabefe na cara de cada um de nós.
Assim como Kerouac, Steinbeck e tantos outros que já passaram por esse vale de lágrimas, Saramago será eterno.

7 comentários:

Anônimo disse...

O evangelho segundo jesus cristo também é muito bom.

Anônimo disse...

Lukas, a vontade de ler um livro sem fechá-lo aconteceu comigo poucas vezes, uma delas foi com Steinbeck com "A Pérola", o livro curto mais sensacional que já li e a outra com Saramago em "Reminiscências da morte", que ganhei de presente no Natal passado. São dois grandes escritores, e seus livros merecem ser lidos mais de uma vez.

João Francisco de Oliveira

Lukas... disse...

Olá, José francisco. Tenho seis livros do Steinbeck, incluindio A Pérola. Só que nunca li!! Assim como ainda não li Ao Deus Desconhecido. Ambos estão na fila aqui na estante. Já leu Boêmios Errantes e A Rua das Ilusões Perdidas, do Steinbeck? Também são livros "finos" que eu acabo de ler e quero voltar pro começo. Já li os dois umas cinco vezes nos últimos 12 anos, sem exagero.
A Rua... tem lá no sebo da Joubert. Vi hoje. Conservado e por 5 pilas.
A Isa comprou O Evangelho há alguns anos, mas nunca li. Vou fazê-lo assim que tiver tempo (risos).

Anônimo disse...

Saramago, o detestado por Der Göbbels + Rolha de Sumpaulo + Olhar Tucano (ex-veja) + todo o PIG ...

Vou reler alguns de seus livros, dez ou outra, qdo sentir q a burrice bate ás portas.

Inté,
Murilo

Anônimo disse...

Lukas, procure um outro português que, eu acho, melhor que Saramago: Miguel Torga. Depois me conta.
Abraços
Jorge Henrique

Anônimo disse...

E o Eliel Diniz lançou no blog dele uma campanha para te ajudar, disse que vc está passando dificuldaes financeiras....

Leandro Ricardi disse...

Como assim Saramago...Velho, você com um gibi do TEX, achei que eu era o único loco que fazia isso no Paraná...
- Kit Carson, Jack Tigre e Kit Willer mandam lembranças ao Lukas...