24.5.10

Yes, sir!

A elite brasileira aceita com impávida resignação o papel reservado ao País há quase um século, de súdito do Império. (...) Para citar eventos recentíssimos, me vem à mente a foto de Fernando Henrique Cardoso, postado dois degraus abaixo de Bill Clinton, que lhe apoia as mãos enormes sobre os ombros, em sinal de tolerante proteção e imponência inescapável.

Do jornalista Mino Carta na revista Carta Capital, desta semana.


Leia aqui a íntegra.


8 comentários:

Wilson Alves disse...

Caramba! O Fernando Henrique tá nessa alegria toda só porque o Bill “Pinton” o pegou por trás com suas mãos enormes?!
O que é a subserviência...

Anônimo disse...

antes o bill pinton q o maluco do irã...

Wilson Alves disse...

Não existe relação de subserviência entre o Brasil e país nenhum do mundo. Somos soberanos e como tal reconhecemos as outras Nações.

Henry disse...

Olha a cara de feliz do Fernandinho...kkkkk...com o Bill Pinton pegando-o por trás!!!kkkkkkk!!! Que belo e triste retrato da elitizinha que vive de quatro pelos EUA!!!!

Anônimo disse...

vermelacáiovendilhãodapátria...
Rindo de quê?
só se for do Pinton.

+Brasil disse...

Wilson Alves voce dizer que não existe relação de subserviencia eu concordo, mas a fotografia se refere ao tempo, que o Brasil tirava os sapatos e se precisasse tirava algo mais

Wilson Alves disse...

+Brasil...

Estou plenamente de acordo contigo; só estava respondendo ao anônimo que disse ser melhor arriar as calças pros EUA que pro Irã.
Mas, você está corretíssimo em chamar minha atenção, afinal, o que eu disse poderia ser interpretado como uma defesa da política externa de FHC (eca), o que, definitivamente, não é o caso.

Grande abraço companheiro

Francisco disse...

Será que o Billy Pynton não o confundiu com algum Lewinsky e logo acariciou os ombros do Farol?Parece que esta com segundas intenções,aproveitando que o tucano é submisso aos interesses ianques.