27.2.10

Relatório feito nas coxas

A semana terminou de forma negativa no meu tratamento. O aparelho de radioterapia do HC quebrou e não tive sessões por três dias. Na segunda também não devo ter. Pra quem vai encarar 37 terapias, quatro dias fazem muita falta. Tava marcando o final pro dia 31 de março, mas agora já era.
Duro tá sendo o tédio e a rotina. Decorei o nome de todas as modalidades da Olimpiadas de Inverno. Ainda bem que amanhã é o último dia. Até o tal de "Curling" eu tô assistindo. Um jogo estranho que lembra a boxa. É interessante e requer muita técnica.
De manhã assisto o desenho do Chaves, receitas num programa da Band (cada coisa gostosa- jurei que quando sarar vou fazer pelo menos a metade delas). Programas da hora do almoço eu dou umas zapeadas. Sessão da tarde é impossível de ver pois só dá filme com adolescente, criança, cachorro, macaco, golfinho. Coisa medonha. Tem um mundaréu de filmes pra ver mas eu não tenho saco de ficar sentado por mais de 10 minutos assistindo. Tenho jogado bastante videogame. Ontem finalemnte consegui zerar Silent Hill 4. Medonho e o mais difícil da série. Hoje comecei a jogar o 3. Daqui uns 8 meses eu termino.

Tenho tomado bastante caldo de carne (músculo) com feijão batido. Uma delícia. Hoje eu fui de vitamina de banana; duas caneconas de caldo; dois ovos; um caqui e um copão de suco de melancia. Agora à noite vai ter sopa de agrião e depois pudim que a Isa fez. Diminuí a alimentação através da sonda. Prefiro usar o nutriente dissolvido em sucos e vitaminas.
Tenho penado muito com uma espécie de gosma que a todo instante sobe pra boca. Até à noite, quando tô dormindo, o treco ataca. Estranho que parece que vem do esôfago, sei lá. É estranho que sinto subindo do lado oposto ao do tumor. E não é todo dia. Só sei que é consequencia da radioterapia. Cargarejo com camomila tem ajudado bastante.
Ah... apartir do último dia 22 fui proibido de fazer a barba. Gilete e aparelho nem pensar. Só bem depois que acabar o tratamento. O Walter Fernandes veio no barraco hoje e reparou de longe. Tô ridículo. Mais pra frente faço uma foto e coloco no blog.

É isso aí. Vou parando por aqui porque tá começando a Supernanny
Inté.

4 comentários:

Anônimo disse...

Isso mesmo alimente-se bem e viva tranquilo, alimento seu corpo para enfraquecer a doença.Deus não está de mãos atadas ele pode te curar, peça isso a ele com fé e verá a recompensa.

Fique com Deus.

Fã do blog.

Joao Sborchia disse...

Fico impressionado com os seus relatos sobre o tratamento. Continue assim cara, com essa forca, pois muito em breve voce sai dessa. Se nao viu ainda da uma olhada nesse cara. É OUTRO LUTADOR COMO VOCE!
Joao Sborchia, Inglaterra.

http://www.nelsoncontraocancer.blogspot.com/

Carlos AF De Giovanni disse...

Tenho acompanhado seus relatos! Bagunçados ou nas coxas, não importa! Importante é manter seus amigos e fãs com informações sobre você e sua luta!!
Assim, ficamos mais "próximos" de você e com mais força para torcermos, rezarmos, ajudarmos de alguma forma!
A luta continua, Companheiro! E, tenho certeza, você será Vencedor!!
Grande abraço.

polivocidade disse...

Impossível ler e não ficar na torcida para que você se restabeleça o mais breve possível. A vida se manifesta de várias maneiras. Mas, no ser humano, ela se manifesta sobretudo no sorriso, no humor. Não é por acaso que é mais forte aquele que ri de si mesmo. E vence qualquer batalha.

Muita torcida e visitas diárias ao Casa do Noca de nossa parte, companheiro!

Abraço!