28.9.08

Lagarto sedento

Fui dar uma pedada e cheguei da rua há pouco. Parei a bike no asfalto e tinha uns 12 pardais agitados, pulando na calçada em frente ao portão, subindo no muro, maior zona.
Achei esquisito a docilidade dos bichos.
Daí eu olhei na calçada: Um baita lagarto passando. Entrou na grama do terreno ao lado do barraco e se enfiou nas madeiras de uma construção. Com certeza procurava água. Enchi uma cumbuca e levei lá pra ele, perto das madeiras. Tomara que beba, o filho da mãe.
Muito bonito. Acho que uns 40 centímetros, preto, mesclado com manchas amarelas.

4 comentários:

Henry disse...

Huahuahuahua!!!
Lukas pode parecer história de pescador mas é real o relato que lhe vou fazer!!!
Aqui na margem do rio Jordão quase na Foz com Rio Iguaçu onde trabalho, há um lagarto tão folgado que espera o horário do almoço para fazer uma boquinha livre. Acontece que há muito lambaris e quando vamos lá na margem normalmente pescamos alguns lambaris para se divertir e depois soltamos, porém o danado do animal começou comendo aqueles que caiam do anzol e ficam pulando sobre a grama antes de voltar para a água. Agora basta alguém chegar lá é o viçoso animal sai debaixo da pedra à espera que pescamos para sastifazer sua gula! Interessante que se comporta como uma cãozinho à espera da recompensa e não tem medo de se aproximar da gente. Agora no inverno ele não sai da toca, mas começando a aquecer á partir de outubro vai ser fácil fotografá-lo para eu enviar-lhe a prova!

Tee disse...

Henry, filma isso! adorariamos ver a sena, deve ser ilario ver o senvergonha intereceiro

Anônimo disse...

É um lagarto ou um jacaré?

henry disse...

Boa idéia tee! Vou gravar!!!

kkakkakaka! é lagarto amigo anônimo!

A água destes lados é muito fria pra jacaré! No primeiro planalto e no baixo iguaçu até que pode-se encontrar o jacaré de papo amarelo, mas aqui a altitude e o clima frio não ajuda! Pra se ter uma idéia utilizamos um robô idêntico ao Nautilus (jacque Cousteu) para fazer filmagens e manutenções nas barragens pois a água fica muito gelada no inverno. Os mergulhadores não suportam mais que 8 minutos dentro d'agua devido risco de hipotermia.