4.5.07

Ferro na boneca

Da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de Sampa desta sexta-feira:
Se depender do presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), Arnaldo Jabor vai ter bem mais que um processo na Justiça, movido pelo parlamento, para responder: o petista está incentivando deputados a entrarem com processos individuais, em seus Estados, contra o cineasta. Num comentário na rádio CBN, Jabor chamou os parlamentares de "canalhas" por gastarem gasolina, paga com dinheiro público, "indo para os seus redutos eleitorais, ou indo para o hotel com suas amantes, ou seus amantes.

2 comentários:

Dali disse...

Se necessário, podemos iniciar uma lista de apoio à livre expressão levantando uma bandeira com o nome do Jabor!!!
Precisamos de um sujeito como ele para expressar sentimentos alheios até! Eu que o diga!!

MOSCA DA SOPA disse...

É IMPRESSIONANTE...
ESSE BLOG, PASSOU A APOIAR AS ATITUDES DOS DEPUTADOS, PRINCIPALMENTE DO ARLINDO "CANALHA", QUE ESTÃO GASTANDO TUDO O QUE PODEM EM NOME DO PARLAMENTO, GASOLINA, AMANTES, DÓLARES, CUECAS, AVIÕES, ETC...
GOSTARIA DE SABER A OPINIÃO DO BLOGGER SE O PRESIDENTE DA CÂMARA FOSSE O SEVERINO CAVALCANTI...
QUÁ...