23.12.06

Lula

Do presidente Lula, em entrevista coletiva, ontem:
"De vez em quando, aparece um bacana num carrão que joga uma lata de cerveja para fora. Ele tem valor, mas o catador que recolhe o lixo dele não tem nenhum. Quando deixar a Presidência, meu sonho é que a gente tenha instituído outro padrão de relacionamento entre o Estado e a sociedade, e qualquer que seja o presidente, ele vai ter que falar com a sociedade toda.
O palácio do presidente não é feito para essa gente. É feito para rei, rainha, ministro e megaempresários. Eu acho que palácio de presidente tem de ser para todos. Os humildes estão vindo, e eu acho que as pessoas gostam disso."

2 comentários:

Anônimo disse...

Poxa! As Palavras do nosso digníssimo presidente me deixaram emocionado. Então tá, vamos começar a dividir a bufunfa do filho do Lulão (o Lulinha) também. O menino (vai longe) virou um próspero investidor da Telemar. Precisamos aprender com ele como conseguiu em tão pouco tempo acumular essa merreca. Dia desses vou lá no Palácio do Lula perguntar...ah se vou!!! Telemário Petébulo

leoconcunhado disse...

Mas ele se recusa a falar com a Sociedade (repòrter, imprensa... Bem, ele fala com a Gloria Maria... sobre Botox, sobre festa junina, sobre a tv mega gigante na qual ele assistiu a copa, ops, ...). Como assim que o novo presidente vai ter que falar com a sociedade toda? Ah, e os pobres continuarào a catar latinhas, agradecendo ao rico por të-las jogado fora... A não ser que se crie A Bolsa-Latinha....