29.11.06

Padre Luiz

Hoje tem missa especial na Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, perto do Borba Gato: aniversário do padre Luiz Gonçalves Knupp, que está deixando a paróquia para assumir a reitoria do Seminário de Londrina, à partir de janeiro de 2007. De minha parte, vou sentir muitas saudades do cara. Muita mesmo.
Tio Lukas sempre foi um católico fervoroso, mas se afastou da Igreja por cerca de 16 anos,
voltando à ela graças ao Luiz Knupp, nascido em Mandaguari, feito eu. Em 2003 fui na missa.
Pensem num padre que nos abraçou um dia, na recepção da igreja e disse : "ÔÕÔ, meus pentelhinhos!".
Gostei do cara na hora.
Um ano depois ele nos casou; a mim e a Isa (éramos casados apenas no Civil, desde 1993), numa cerimônia que contou com 12 pessoas. "Esse é o melhor casamento que já celebrei. Eu estou cansado de fazer parte de teatro" (Ele se referia àquele pessoal que enfeita a igreja de flores, velas, nego filmando e festa pra 200 pessoas e dali um ano estão se separando.
Padre Luiz vai fazer falta.

3 comentários:

mamocos disse...

Conheço o cara e assino em baixo do que vc disse sobre ele. Pessoa, deveras, especial o "grande" Knupp

Anônimo disse...

Concordo. O homem é gente boa. Tenho medo da obra da igreja parar sem a presença do Pe. Luiz.

Elvio disse...

São raros, Lukas, como tb são raras as pessoas de boa índole e algum caráter hj. Minha ligação com a Igreja Católica, que já foi muito forte na juventude, também afrouxou nas últimas três décadas (nossa, coisa de ancião mesmo!). Outro padre porreta é o Robles, daquela igreja ali ao lado do SESC/SENAC. Mudando de batina pra Sabáudia, saudade de vc, cara. Abração.