15.8.06

Notebuça

No flagrante, assessora de um nobre par da Câmara finge estar usando o notebook superfaturado.
O que a gente sabe mesmo é que ela é quem está tentando ser superfaturada pelo nobre pau.
"Eu fui catracada, ou melhor, contratada, para passar de fases no jogo de Paciência para o nobre pau, e deixar a última etapa bem aberta para ele (AAAHHHH!!).
Apesar que devo ter muita paciência com o vereador; uma vez que faz dias que ele não levanta a questão, não endurece o discurso, não engrossa as fileiras do partido e tampouco dá uma encabeçada (AAAHH!) num movimento(AAAHHH!)", disse a assessoruda.
(Jacomino Pires- do Conselho Editori-uau!!)

3 comentários:

Anônimo disse...

Caramba, isto é que bom uso dos recursos públicos.
Já que é público, também quero. Diga lá Lukas é só deixar o nome na portaria que depois nos chamam.
Será que não vai ter ninguem FURANDO a fila?

tonho disse...

Rapaz, eu também quero entrar no partido dessa moça.

Anônimo disse...

Que cara de biscate...